Comissão Nacional sobre o Desaparecimento de Pessoas

A Comissão Nacional sobre o Desaparecimento de Pessoas (CONADEP) foi a comissão de notáveis criada pelo presidente da Argentina Raúl Alfonsín a 15 de dezembro de 1983 com o objetivo de pesquisar as graves, reiteradas e planejadas violações aos direitos humanos durante a chamada guerra suja entre 1976 e 1983, levadas a cabo pela ditadura militar conhecida como “Processo de Reorganização Nacional”.

A sua pesquisa, plasmada no livro Nunca Más que fora entregado a Alfonsín a 20 de setembro de 1984, abriu as portas para o juízo às Juntas da ditadura militar.

Foram os seus membros:

1 nomeado pela Câmara de Deputados da Nação

Foram nomeados, além disso, cinco secretários:

Existiam outros integrantes que infelizmente desapareceram na procura:

  • Carlos Henrique G.S
  • Diego Buzanello
  • Dédi Cabrón
  • André Agá

Referências

Ver tambémEditar