Abrir menu principal

Comitê Permanente do Politburo do Partido Comunista da China

O Comitê Permanente do Politburo Central do Partido Comunista da China (CPP) é um comitê composto dos mais altos líderes do Partido Comunista da China. Estima-se que o comitê se reúna uma vez por semana e tome suas decisões por consenso. Cada membro tem uma lista de atividades que abrange uma grande área de preocupação nacional, como a economia, a corrupção, a legislação, a segurança interna, ou propaganda.[1] De acordo com o Constituição do Partido, o secretário-geral do Partido Comunista da China é sempre um membro do CPP.[2]

Atualmente, o Comitê Permanente do Politburo age como o de fato maior e mais poderoso órgão de decisão na China.[3][4] Seus membros são acompanhadas de perto pela imprensa nacional, bem como os observadores políticos no exterior. Historicamente, o papel do CPP tem variado e evoluído. Durante a Revolução Cultural, por exemplo, o CPP tinha pouco poder.

2017 - atualidadeEditar

Em outubro de 2017, o Partido Comunista de China celebrou seu XIX Congresso Nacional. Cinco dos membros do anterior Comitê Permanente se retiraram por ter excedido o límite de 67 anos de idade. Xi Jinping e Li Keqiang seguiram no Comitê.

  1. Xi Jinping (习近平)
  2. Li Keqiang (李克强)
  3. Li Zhanshu (栗战书)
  4. Wang Yang (汪洋)
  5. Wang Huning (王沪宁)
  6. Zhao Leji (赵乐际)
  7. Han Zheng (韩正)

2013-2017Editar

Fotografia Informações Cargos no Partido Cargos no Estado

[5]
Nome Xi Jinping Secretário-Geral do Comitê Permanente Central do PCC
Presidente da Comissão Militar Central do PCC
Presidente da República Popular da China
Presidente da Comissão Militar Central da República Popular da China
Local de nascimento Distrito de Xicheng, Pequim
Distrito eleitoral Shanghai
Membro desde 22 de outubro de 2007

[5]
Nome Li Keqiang Secretário do Partido do Conselho de Estado da República Popular da China Premiê do Conselho de Estado da República Popular da China
Local de nascimento Condado de Dingyuan, Chuzhou, Anhui
Distrito eleitoral Liaoning
Membro desde 22 de outubro de 2007

[5]
Nome Zhang Dejiang Secretário do Partido do Comité Permanente da Assembleia Nacional Popular Presidente do Comité Permanente da Assembleia Nacional Popular
Local de nascimento Condado de Tai'an, Anshan, Liaoning
Distrito eleitoral Zhejiang
Membro desde 15 de novembro de 2012

[5]
Nome Yu Zhengsheng Secretário do Partido do Comité Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês Presidente do Comité Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês
Local de nascimento Shaoxing, Zhejiang
Distrito eleitoral Shanghai
Membro desde 15 de novembro de 2012

[5]
Nome Liu Yunshan Primeiro Secretário do Secretariado Central Secretariat do PCC
Presidente da Comissão Central de Orientação para a Construção da Civilização Espiritual
Presidente da Escola Central do Partido Comunista da China
A definir
Local de nascimento Bandeira Direita de Tumed, Baotou, Mongólia Interior
Distrito eleitoral Henan
Membro desde 15 de novembro de 2012

[5]
Nome Wang Qishan Secretário da Comissão Central de Inspeção Disciplinar A definir
Local de nascimento Condado de Tianzhen, Datong, Shanxi
Distrito eleitoral Shandong
Membro desde 15 de novembro de 2012

[5]
Nome Zhang Gaoli Vice-Secretário do Partido do Conselho de Estado da República Popular da China Primeiro Vice-Premiê do Conselho de Estado da República Popular da China
Local de nascimento Jinjiang, Quanzhou, Fujian
Distrito eleitoral Tianjin
Membro desde 15 de novembro de 2012

Referências

  1. «China's Next Leaders: A Guide to What's at Stake». China File. 13 de novembro de 2012. Consultado em 19 de novembro de 2012 
  2. «In China, democracy is only in politburo: WikiLeaks». Hindustan Times. Indo-Asian News Service. 19 de dezembro de 2010 
  3. «China: Comitê Permanente do Politburo é renovado». Estadao.com.br. 15 de novembro de 2012. Consultado em 1 de fevereiro de 2013 
  4. «Saiba como a China é governada». BBC Brasil. 9 de novembro de 2012. Consultado em 7 de fevereiro de 2013 
  5. a b c d e f g «Xinhua Insight: China's new helmsmen». Xinhua. 15 de novembro de 2012. Consultado em 17 de novembro de 2012