Abrir menu principal

A comunicação humana, ou antropossemiótica, é o campo dedicado a entender como os humanos se comunicam. A comunicação humana está fundamentada em intenções cooperativas e compartilhadas.

Richmond e McCroskey (2009) afirmam que "a importância da comunicação na sociedade humana tem sido reconhecida há milhares de anos, muito mais do que podemos demonstrar através da história registrada".[1]:223 Os humanos têm habilidades de comunicação que outros animais não possuem. Ser capaz de comunicar aspectos como tempo e lugar como se fossem objetos sólidos são alguns exemplos. Diz-se que os seres humanos se comunicam para pedir ajuda, para informar os outros e compartilhar atitudes como um meio de ligação.[2] A comunicação é uma atividade conjunta que depende em grande parte da capacidade de manter a atenção comum, de compartilhar o conhecimento de fundo relevante e a experiência conjunta, a fim de obter o conteúdo e fazer sentido nas trocas.[3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Stacks, D.; Salwen, M. (2009). An Integrated Approach to Communication Theory and Research. New York: Routledge.
  2. «Origins of Human Communication». MIT Press. Consultado em 9 de fevereiro de 2016 
  3. Clark (1996). Using Language. [S.l.]: Cambridge University Press 

Ligações externasEditar