Abrir menu principal
Conclave de 1903
O Papa Pio X
Data e localização
Pessoas-chave
Decano Luigi Oreglia di Santo Stefano
Vice-Decano Serafino Vannutelli
Camerlengo Luigi Oreglia di Santo Stefano
Protopresbítero José Sebastião Neto, O.F.M.
Protodiácono Luigi Macchi
Secretário Rafael Merry del Val
Eleição
Eleito Papa Pio X
(Giuseppe Melchiorre Sarto)
Participantes 62
Ausentes 2
Escrutínios 7
Veto (Jus exclusivae) Do Arquiduque Francisco José I da Áustria contra o cardeal Mariano Rampolla del Tindaro
Cronologia
Conclave de 1878
Conclave de 1914
dados em catholic-hierarchy.org

O conclave de 1903 foi o primeiro conclave do século XX. Em 1903 morreu o Papa Leão XIII aos 93 anos de idade. Os cardeais foram até Roma e reuniram-se para eleger o novo Papa, tendo vencido Giusepe Sarto, que ser tornaria no Papa Pio X.Este foi o último conclave em que foi utilizado o veto.

Brasão Papal de São Pio X no Estado do Vaticano, em 2007.

AntecedentesEditar

Em 1903 o pontificado de 25 anos do liberal Papa Leão XIII chegou ao fim. Ao longo dos últimos 57 anos, o papado esteve nas maos de 2 homens, Papa Leão XIII e o seu predecessor, Papa Pio IX. Enquanto Papa Pio IX era um conservador, Leão tinha sido um liberal, pelo menos segundo os costumes do antecessor. Aos cardeais foi posta a questão de continuar com a política de Leão XIII ou regressar ao estilo de papado de Pio IX.

Com a morte de Leão XIII, Luigi Oreglia di Santo Stefano era o último cardeal sobrevivente elevado por Pio IX. Ele era também o único eletor em 1903 com experiencia em conclave.

Conclave de 1903
Duração 4 dias
Número de Votações 7
Eleitores 64
Ausentes 2
Presentes 62
África 0
América Latina 0
América do Norte 1
Ásia 0
Europa 61
Italianos 36
Veto usado Imperador Francisco José da Austria
Papa falecido Leão XIII (1878-1903)
Papa eleito Pio X (1903-1914)

Cardeais Eleitores[1][2]Editar

  • Cardeais por precedência
  1. Luigi Oreglia di Santo Stefano
  2. Serafino Vannutelli
  3. Vincenzo Vannutelli
  4. Mario Mocenni
  5. Francesco Satolli
  6. Antonio Agliardi
  7. José Sebastião de Almeida Neto, O.F.M.
  8. Alfonso Capecelatro di Castelpagano, C.O
  9. Benoit-Marie Langénieux
  10. James Gibbons
  11. Mariano Rampolla
  12. François-Marie-Benjamin Richard de la Vergne
  13. Pierre-Lambert Goossens
  14. Anton Josef Gruscha
  15. Angelo Di Pietro
  16. Michael Logue
  17. Kolos Ferenc Vaszary, O.S.B.
  18. Georg von Kopp
  19. Adolphe Perraud, C.O
  20. Victor-Lucien-Sulpice Lécot
  21. Giuseppe Melchiorre Sarto (eleito com o nome Pio X)
  22. Ciriaco María Sancha y Hervás
  23. Domenico Svampa
  24. Andrea Carlo Ferrari
  25. Girolamo Maria Gotti, O.C.D.
  26. Salvador Casañas y Pagés
  27. Achille Manara
  28. Domenico Ferrata
  29. Serafino Cretoni
  30. Giuseppe Antonio Ermenegildo Prisco
  31. José María Martín de Herrera y de la Iglesia
  32. Pierre-Hector Coullié
  33. Guillaume-Marie-Joseph Labouré
  34. Giovanni Battista Casali del Drago
  35. Francesco di Paola Cassetta
  36. Giuseppe Francica-Nava de Bontifè
  37. Gennaro Portanova
  38. François-Désiré Mathieu
  39. Pietro Respighi
  40. Agostino Richelmy
  41. Alessandro Sanminiatelli Zabarella
  42. Sebastiano Martinelli, O.S.A.
  43. Casimiro Gennari
  44. Lev Skrbenský z Hříště
  45. Giulio Boschi
  46. Jan Maurycy Pawel Puzyna de Kosielsko
  47. Bartolomeo Bacilieri
  48. Carlo Nocella
  49. Beniamino Cavicchioni
  50. Andrea Aiuti
  51. Emidio Taliani
  52. Sebastián Herrero Espinosa de los Monteros, C.O
  53. Johannes Katschthaler
  54. Anton Hubert Fischer
  55. Luigi Macchi
  56. Andreas Steinhuber, S.J.
  57. Francesco Segna
  58. Raffaele Pierotti, O.P.
  59. Francesco Salesio Della Volpe
  60. José Calassanç Vives y Tuto, O.F.M.Cap.
  61. Luigi Tripepi
  62. Felice Cavagnis

AusentesEditar

VotaçãoEditar

 
A multidão se reúne em frente à Praça de São Pedro para o Habemus Papam.
 
A primeira aparição do novo papa.

De acordo com a reconstrução do vaticanista Giancarlo Zizola, os seguintes seriam os resultados da votação. Apenas os principais candidatos estão listados, omitindo a dispersão dos votos restantes.

Manhã de 1 de agosto, primeiro escrutínioEditar

cardeais votos
Mariano Rampolla del Tindaro 24
Girolamo Maria Gotti 17
Giuseppe Sarto 5
Serafino Vannutelli 4

Tarde de 1 de agosto, segundo escrutínioEditar

cardeais votos
Mariano Rampolla del Tindaro 29
Girolamo Maria Gotti 16
Giuseppe Sarto 10

Manhã de 2 de agosto, terceira votaçãoEditar

Anúncio de veto contra Rampolla.

cardeais votos
Mariano Rampolla del Tindaro 29
Giuseppe Sarto 21
Girolamo Maria Gotti 9

Tarde de 2 de agosto, quarta votaçãoEditar

cardeais votos
Mariano Rampolla del Tindaro 30
Giuseppe Sarto 24
Girolamo Maria Gotti 3

Manhã de 3 de agosto, quinta votaçãoEditar

cardeais votos
Giuseppe Sarto 27
Mariano Rampolla del Tindaro 24
Girolamo Maria Gotti 6

Tarde de 3 de agosto, sexta votaçãoEditar

cardeais votos
Giuseppe Sarto 35
Mariano Rampolla del Tindaro 16
Girolamo Maria Gotti 7

Manhã de 4 de agosto, sétimo escrutínioEditar

cardeais votos
Giuseppe Sarto 50 (eleito)
Mariano Rampolla del Tindaro 10
Girolamo Maria Gotti 2

O cardeal Sarto anunciou que queria levar o nome de Pio, em memória dos vários papas com esse nome<ref> C. Snider, "O episcopado do Cardeal Ferrari", Vol II, "Os tempos de Pio X", Vicenza 1982, p. 117-118 </ ref>

Ligações externasEditar

Referências

  1. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome list
  2. Schmidlin, Josef; de Waal, Anton (1904). Life of His Holiness Pope Pius X. [S.l.]: Benziger Brothers. pp. 151ff. Consultado em 17 de novembro de 2017 
 
Papa Pio X em 1907.