Conde de Amarante

Corona de conde.svg
Conde de Amarante
Criação Maria I de Portugal
13 de maio de 1811
Tipo Vitalício – 1 vida
2 renovações
1.º Titular Francisco da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira

Conde de Amarante foi um título criado por decreto de 13 de Maio de 1811, e confirmado por carta régia de 28 de Junho daquele mesmo ano, da rainha D. Maria I de Portugal, a favor do general Francisco da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira.

TitularesEditar

Nome Retrato Nascimento Casamentos Morte
Francisco da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira
1811–1821
.
  1 de setembro de 1763
Canelas, Peso da Régua
filho de Manuel da Silveira Pinto da Fonseca e de Antónia da Silveira
Maria Emília Teixeira de Magalhães e Lacerda
3 filhos
27 de maio de 1821
Vila Real
idade 57
Manuel da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira
1821–1830
também: Marquês de Chaves
  3 de março de 1784
Vila Real
filho de Francisco da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira e de Maria Emília Teixeira de Magalhães e Lacerda
?
?
7 de março de 1830
Lisboa
idade 46
  1. Francisco da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira, 1.º conde de Amarante;
  2. Manuel da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira, 1.º marquês de Chaves.

Após a implementação da República e o fim do sistema nobiliárquico, tornou-se pretendente ao título Francisco Manuel Pereira Colmieiro da Silveira.