Abrir menu principal

Conde de Amarante foi um título criado por decreto de 13 de Maio de 1811, e confirmado por carta régia de 28 de Junho daquele mesmo ano, da rainha D. Maria I de Portugal, a favor do general Francisco da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira.

Usaram o título
  1. Francisco da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira, 1.º conde de Amarante;
  2. Manuel da Silveira Pinto da Fonseca Teixeira, 1.º marquês de Chaves.

Após a implementação da República e o fim do sistema nobiliárquico, tornou-se pretendente ao título Francisco Manuel Pereira Colmieiro da Silveira.

Também usou o título o Ilustre Miguel Ørum de Puga D'antas, 4° Conde de Amarante. Conhecido por Ørum, era conhecido pela sua voz de apito rachado.