Abrir menu principal

Confederação Brasileira de Rugby

A Confederação Brasileira de Rugby é a entidade máxima do Rugby no Brasil. Fundada em 20 de dezembro de 1970, sob o nome de Associação Brasileira de Rugby[1][2], a CBRu, como é conhecida hoje, foi fundada em janeiro de 2010[3]. Antes das duas, ainda foi conhecida como União de Rugby do Brasil, fundada em 6 de outubro de 1963[4]. A entidade é responsável pela organização de competições de abrangência nacional e também administra a Seleção Brasileira de Rugby XV Masculino, Seleção Brasileira de Rugby XV Feminino, Seleção Brasileira de Rugby 7's Masculino e Seleção Brasileira de Rugby 7's Feminino, sendo esses dois últimos presentes no programa olímpico.

Confederação Brasileira de Rugby

CBRu 2.jpg

Fundação 20 de dezembro de 1972 (46 anos)
Filiação à IRB em 1995
Filiação à CONSUR em 1989
Presidente Eduardo Mufarej
Website brasilrugby.com.br

Seleção Masculina Adulta XV
Treinador ArgentinaItália Rodolfo Ambrosio
Seleção Masculina Adulta Sevens
Treinador Nova Zelândia Jacob Manguin
Seleção Feminina Adulta Sevens
Treinador Nova Zelândia Reuben Samuel

Além disso, é responsável também por outras manifestações da modalidade[1] como o rugby de praia, o rugby sem contato (Tag Rugby ou Touch Rugby), e por qualquer outra modalidade reconhecida ou que ainda seja criada pela World Rugby. Cabe a CBRu também a organização de eventos internacionais realizados no Brasil. A CBRu é uma associação de fins não econômicos e nem lucrativos[1]. A ela respondem as federações estaduais, que são responsáveis pelos campeonatos de suas unidades federativas. Está sediada no Itaim Bibi, em São Paulo. Seu atual presidente é o Eduardo Mufarej, que tem mandato de 2017 a 2020.

A CBRu é considerada uma entidade exemplo de governança[5] e também tem atraído a atenção da mídia pelos bons exemplos de gestão[6]. venceu por três anos seguido o prémio Melhor Governança e Transparência em Entidades Esportivas do Brasil, concedido pelo Sou Esporte[7][8].

OrigemEditar

No dia 6 de outubro de 1963[4], foi fundada em São Paulo a URB (União de Rugby do Brasil), para organizar e difundir o esporte no país. Pelo número reduzido de equipes, organizadas apenas em São Paulo e no Rio de Janeiro e formadas em sua maioria por jogadores estrangeiros, os dirigentes da entidade não a regularizaram junto do Conselho Nacional de Desportos, permanecendo uma entidade não reconhecida oficialmente pelo órgão máximo do esporte nacional.

Em 20 de dezembro de 1970, a URB foi substituída pela ABR (Associação Brasileira de Rugby). O crescimento do rugby brasileiro de 1963 a 1972 não comportava mais a ausência do apoio financeiro e material dos órgãos esportivos municipais, estaduais e federais. Assim sendo, os dirigentes providenciaram junto ao Conselho Nacional de Desportos a legalização da entidade. Desta forma, a entidade ficou com a responsabilidade de organizar campeonatos nacionais e dar respaldo às competições estaduais que foram surgindo nos anos seguintes.

A ABR também foi uma dos fundadoras da CONSUR (Confederação Sul-Americana de Rugby) em 1989. Em 1991 a ABR se filiou à FIRA (Federação Internacional de Rugby Amador), mas sua filiação ao IRB (International Rugby Board), entidade máxima que administra o rugby no mundo, só aconteceu em 1995. No início de 2010, a Associação Brasileira de Rugby mudou seu nome para Confederação Brasileira de Rugby. A alteração aconteceu para a entidade se adequar à estrutura administrativa esportiva vigente no Brasil, facilitando o apoio recebido do COB (Comitê Olímpico Brasileiro). A transformação da Associação em Confederação se deu no momento que o Rugby Sevens foi incluído como esporte olímpico[2], tendo sua estreia marcada para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

Em 2013, a CBRu passou por uma importante reforma de estatuto e governança, tornando-se a primeira confederação esportiva brasileira a adotar um Conselho de Administração. Esse órgão é hoje presidido por Eduardo Mufarej.

Títulos ConquistadosEditar

Masculino XVEditar

Feminino SevensEditar

Pan-AmericanoEditar

Sul-AmericanoEditar

  • Stanislas Sevens (1): 2014[13]

Competições OrganizadasEditar

Em 1964, logo após a fundação da URB, foi criado o Campeonato Brasileiro de Rugby, com o nome de Torneio Aberto de Rugby, do qual participavam clube de São Paulo e Rio de Janeiro. Apenas em 1977 o Rio de Janeiro passou a contar com três clubes, permitindo a criação do Campeonato Fluminense de Rugby. Com isso, no mesmo ano, o Campeonato Paulista de Rugby foi criado de forma separada do Campeonato Brasileiro de Rugby, garantindo a existência de competições diferentes em nível nacional e nos níveis estaduais.

Entre os torneios internacionais já organizados estão: Circuito Mundial de Rugby 7s Feminino e Desafio Internacional de Beach Rugby (RJ), U20 Trophy.

Atualmente, a Confederação Brasileira de Rugby conta com o número de seis[14] entidades vínculadas a ela: Federação Paulista de Rugby, Federação Catarinense de Rugby, Federação Fluminense de Rugby, Federação Gaúcha de Rugby, Federação Mineira de Rugby e Federação Paranaense de Rugby. Desde 2016[15], a Federação de Rugby da Bahia está no processo para conseguir a filiação junto a entidade. O último pedido aconteceu em 2019[15].

ProjetosEditar

Em outubro de 2011, foi inaugurada a Aldeia Tupi, o Centro de Treinamento oficial da CBRu para as seleções nacionais, localizado em São José dos Campos (SP).[16]

No ano de 2012, a CBRu formalizou um convênio técnico com a União de Rugby de Canterbury, uma das mais maiores uniões (federações) provinciais da Nova Zelândia, representada no Super Rugby pelo Crusaders, franquia mais vitoriosa da principal liga do hemisfério Sul. A partir desse momento, as seleções brasileiras passaram a ser comandadas por técnicos neozelandeses e uma viagem anual dos atletas das seleções brasileiras de sevens passou a fazer parte do cronograma de atividades.

PresidentesEditar

Presidente Período
Sydney Smith Junior 1973 - 1976
Michael Stewart Norris 1977 - 1978
Rômulo Mariano Carneiro da Cunha 1979 - 1983
Leon William Rheims 1984 - 1986
Luiz Eduardo de Magalhães Gouvêa Filho 1987 - 1992
Sérgio Rogério Cesário Costa 1993 - 1996
Jean-François Teisseire 1997 - 2002
Roberto de Magalhães Gouvêa 2003 - 2008
Aluisio Dutra Júnior 2009
Sami Arap Sobrinho 2010 - 2016

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «Estatuto da CBRu» (PDF). Consultado em 16 de novembro de 2019 
  2. a b «Rugby de 7 |». Comitê Olímpico do Brasil. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  3. «Rugby - História, regras e modalidades». InfoEscola. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  4. a b «Rugby no Brasil - Disciplina - Educação Física». www.educacaofisica.seed.pr.gov.br. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  5. «Como o rúgbi tornou-se queridinho dos patrocinadores no país do futebol?». economia.uol.com.br. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  6. «CBRu e o Rugby no Brasil avançam com consistência no assunto Governança | Esporte Executivo». EXAME. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  7. Freire, Maria. «CBRu é eleita entidade esportiva com melhor governança pelo segundo ano seguido | Portal do Rugby». Consultado em 17 de novembro de 2019 
  8. «Sou do Esporte elege Confederação Brasileira de Rugby como exemplo». Sestaro Canoagem - Tudo sobre o mundo da Canoagem. 10 de dezembro de 2017. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  9. Ramalho, Victor. «Brasil é bronze no torneio feminino do Pan 2015! Canadá faz dobradinha no ouro | Portal do Rugby». Consultado em 17 de novembro de 2019 
  10. [1] Portal do Rugby / Victor Ramalho - Brasil é unodecacampeão sul-americano feminino!
  11. [2] Portal do Rugby / Victor Ramalho - Brasil é tridecacampeão do Sul-Americano Feminino e está no Mundial 2018!
  12. Ramalho, Victor. «Yaras são campeãs sul-americanas pela 17ª vez! | Portal do Rugby». Consultado em 17 de novembro de 2019 
  13. [3] Portal do Rugby / Daniel Venturole - Brasil vence o Stanislas Sevens e parte para Amsterdã
  14. «Federações – Confederação Brasileira de Rugby». Consultado em 17 de novembro de 2019 
  15. a b Ramalho, Victor. «Bahia pede filiação à CBRu novamente | Portal do Rugby». Consultado em 17 de novembro de 2019 
  16. Portal do Rugby Arquivado em 14 de abril de 2012, no Wayback Machine. Conheça a Aldeia Tupi, o Centro de Treinamentos da CBRu. Acessado em 15/4/2012.

Ligações externasEditar