Conrad Editora

editora

A Conrad Editora é uma editora brasileira conhecida no mercado nacional de livros mangás, manhwas sendo, no país, a pioneira na publicação de quadrinhos japoneses e coreanos no formato original. Com sede na cidade de São Paulo a editora transporta seus produtos para todo o território nacional.

Conrad Editora
Editora
Sede São Paulo
Proprietário(s) IBEP-Nacional
Produtos Livros, mangás, manhwas, HQs e revistas
Certificação ISO 9001
Antecessora(s) Editora Acme
Website oficial [1]editoraconrad.com.br

HistóriaEditar

A Editora, fundada em 1993 como Acme por Cristiane Monti, André Forastieri, Renato Yada e Rogério de Campos. A editora começou a ganhar reconhecimento através da uma de suas publicações: a revista "Herói" (1994), criada graças ao sucesso dos Cavaleiros do Zodíaco, a revista era dedicada a cultura pop em geral e foi publicada em parceira com a editora Sampa[1], a revista se tornou uma das revistas mais populares do gênero[2].

O primeiro livro da Conrad, lançado em 1998 foi Comic Book, o novo quadrinho americano, ganhador do Troféu HQ Mix de melhor obra estrangeira.

A Conrad começou a publicar mangás no Brasil em 1999, com o título Gen Pés Descalços[3], logo depois publicou os dois mangás de maior sucesso até hoje: Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco. Dragon Ball Z ganhou um prêmio da distribuidora Dinap reconhecendo que o mangá ultrapassou as 100.000 cópias vendidas[4].

A Editora optou não publicar os mangás no seu formato original (formato parecido com o de um livro de bolso e usado inicialmente pela Editora JBC)[5] e sim no chamado "formatinho" com 100 páginas em preto e branco e sentido de leitura japonês (da direita para a esquerda)[6].

Em 2004, aproveitando o bom desempenho do MMORPG Ragnarok Online, a editora entrou no ramo dos manhwa (quadrinhos coreanos), publicando Ragnarok, que deu origem ao jogo, ainda não finalizado.[7]

Em 2005 há uma dissidência na Editora. André Forastieri deixa a Conrad[2] e no ano seguinte funda a Futuro Comunicação, a Futuro chegou a tenta uma nova versão da Revista Herói[8] e em parceria com a Ediouro criam a Editora Pixel Media.[9]

A partir de então a Editora passou por diversas fases, desde as mais conhecidas como a blockbusters (mangás de reconhecimento global), até mangás menos conhecidos. editou outros mangás como One Piece, Vagabond, Slam Dunk[10], Dr. Slump e Blade of the Immortal (Mugen no Juunin)[11], além de mangás menos famosos, mas com as mesmas formas das anteriores como mangá Bambi. Além de mangás, a Conrad cria outros gêneros de quadrinhos variando de Robert Crumb á Charles M. Schulz, livros de não-ficção (sendo os principais assuntos destes música e política) e séries de livros de grande prestígio, como a coleção Sandman, de Neil Gaiman[2], e a série Discworld, de Terry Pratchett.

Em 2007, a Conrad adquiriu os direitos de publicação da coletânea completa de tirinhas de Calvin e Haroldo, declarando interesse em publicá-la em 2007[12].

Foi anunciado em fevereiro de 2009 a venda da empresa para o grupo IBEP-Companhia Editora Nacional[13] .

Mesmo após a transiçao para a IBEP-Companhia Editora Nacional[14], alguns títulos das séries de mangás seguem com a publicação suspensa. Em 2010, a editora em nota ao site Omelete, declarou que os títulos parados estão em negociação[15], mas apesar de não darem continuidade aos títulos já iniciados, a Conrad segue lançando novos títulos ao público[16].

Em maio de 2011, a Editora anunciou que os títulos One Piece e Dragon Ball foram cancelados.

Também que seria publicada uma nova edição de Gen Pés Descalços e que daria continuidade a publicação de Cavaleiros do Zodíaco - Episódio G e Battle Royale.[17]

Em junho de 2020, a editora anunciou a volta do editor Cassius Medauar, que trabalhou na editora entre 2000 e 2003,[18] no mês seguinte, a editora anunciou que continuará publicando Calvin & Haroldo, além de Womans World de Aminder Dhaliwal e quadrinhos brasileiros em formatos digitais como Kindle da Amazon e outros: Duo.Tone de Vitor Cafaggi, Echoes, de Eliana Oda, Makai Mail de Jayson Santos e Sonhonauta de Shun Izumi.[19]


Outras publicaçõesEditar

Referências

  1. Pedro Hunter (29 de Novembro de 2000). «Quadrinhos japoneses invadem as bancas tupiniquins». Omelete 
  2. a b c André Forastieri. «Bio». Blog de Andre Forastieri 
  3. Sidney Gusman. «A saga de um sobrevivente, um vencedor». Universo HQ 
  4. Cassius Medauar e Sidney Gusman (13 de outubro de 2003). «A inesquecível experiência de editar Dragon Ball Z, o mangá mais vendido do planeta». Universo HQ 
  5. «LANÇAMENTOS DE OUTUBRO». Universo HQ. Outubro de 2001. Consultado em 1 de junho de 2010. Arquivado do original em 21 de junho de 2011 
  6. Pedro Hunter (29 de Novembro de 2000). «Exóticos quadrinhos orientais». Omelete. Consultado em 1 de junho de 2010 
  7. Marcelo Naranjo, sobre o Press release (20 de outubro de 2004). «Ragnarök, da Conrad Editora, nas bancas». Universo HQ 
  8. Marcelo Naranjo (18 de agosto de 2006). «Revista Herói está de volta». Universo HQ 
  9. Sidney Gusman (22 de setembro de 2008). «Ediouro desiste de comprar a Conrad». Universo HQ 
  10. Marcelo Naranjo, sobre o Press release (22 de junho de 2005). «Mangá Slam Dunk, da Conrad, será lançado em julho». Universo HQ 
  11. Pedro Hunter (10 de Abril de 2002). «Conrad anuncia Blade of the Immortal e Dr.Slump». Omelete 
  12. Marcelo Naranjo, sobre o press release (7 de agosto de 2007). «Segundo volume de Calvin e Haroldo da Conrad». Universo HQ 
  13. «Editora Conrad é vendida para grupo Ibep-Nacional» 
  14. ASSIS, Érico. (06 de Fevereiro de 2009). Editora Conrad é vendida, mas produção de quadrinhos será mantida. Omelete
  15. Érico Assis (12 de Junho de 2010). «Editora Conrad diz que mangás não estão cancelados - e retoma série francesa». Omelete 
  16. Marcelo Naranjo (28 de junho de 2010). «Conrad vai lançar álbuns de Robert Crumb e de sua esposa Aline». Universo HQ 
  17. Marcelo Soares (9 de Maio de 2011). «Conrad | Cancelamentos e novidades». Omelete 
  18. «Cassius Medauar retorna à Conrad como gerente editorial». UNIVERSO HQ. 4 de junho de 2020. Consultado em 8 de julho de 2020 
  19. «Cassius Medauar revela as primeiras novidades da nova fase da Conrad». UNIVERSO HQ. 8 de julho de 2020. Consultado em 8 de julho de 2020 

Ligações externasEditar