Abrir menu principal
Logótipo do Governo Federal suíço.
O Conselho Federal (2018).
Vestíbulo da Ala Oeste do Palácio Federal suíço, que abriga as atividades do Conselho Federal.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Conselho Federal.

O Conselho Federal é a entidade formada por sete ministros que exerce a chefia de estado da Suíça. Os ministros do Conselho Federal são eleitos pela Assembleia Federal, órgão representativo bicameral, com um mandato de quatro anos. No entanto, não há limite para reeleições, e a demissão de um deles, durante a legislatura, é relativamente rara. [1]

O Conselho Federal é o mais importante órgão do governo federal suíço. O país não possui chefe de governo. Contrariamente ao que acontece com Bósnia e Herzegovina, Andorra e San Marino, que tem um colegiado exercendo o papel de chefe de Estado, a Suíça tem um Presidente da Confederação Helvética que é um membro do Conselho Federal com efeitos de representatividade da nação Suíça.

DepartamentosEditar

No Conselho Federal, cada membro é responsável por uma pasta ministerial da Suíça, os Departamentos Federais [1]. Ocorrem eleições anuais para a presidência e vice-presidência, ainda que estes dois cargos tenham funções representativas como é o caso do Presidente da Confederação Helvética. Por convenção, a presidência e a vice-presidência são escolhidas de forma rotativa, portanto cada ministro exerce a presidência de sete em sete anos. Em 2017, a Presidente do Conselho é Doris Leuthard e o vice-presidente Alain Berset.

Na Suíça há sempre estes sete departamentos da administração federal [2] :

Além dos seus sete membros, o Conselho é composto por um Chanceler Federal, que exerce a secretaria-geral da instituição. O atual Chanceler Federal da Suíça é Walter Thurnherr.

Composição atualEditar

Referências

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar