Abrir menu principal

Consistório Ordinário Público de 1922

Consistório de 1922
Data e Local
Papa
Cardeais Criados
Nº Cardeais 8
Eleitores 8
Ordens Cardinalícias
Cardeais-Presbíteros 6
Cardeais-Diáconos 2
Colégio de Cardeais
Eleitores 65
Total 65
Cronologia
II Consistório 1921
I Consistório 1923

dados em catholic-hierarchy.org

Pio criou oito cardeais em seu primeiro consistório, dos quais seis participaram. Reig, arcebispo de Toledo, recebeu seu chapéu vermelho do rei da Espanha, e Locatelli, núncio papal em Portugal, do presidente da República Portuguesa.[1][nota 1] No caso de Reig y Casanova, um viúvo, Pio ignorado a regra estabelecida em 1585 pelo Papa Sisto V que ninguém que havia sido casada poderia ser feito cardeal.[3] Padre Ehrle, um jesuíta que havia servido como arquivista do Vaticano por vários anos, inicialmente recusou a honra, mas cedeu depois de uma reunião privada com Pio.[4][5]

Cardeais EleitoresEditar

  1. Achille Locatelli (1856-1935)
  2. Giovanni Bonzano (1867-1927)
  3. Enrique Reig y Casanova (1858-1927)
  4. Alexis-Armand Charost (1860–1930)
  5. Eugenio Tosi (1864-1929)
  6. Stanislas Touchet (1842-1926)
  7. Giuseppe Mori (1850-1934)
  8. Franz Ehrle (1845-1934)

Link ExternoEditar

Notas e referências

Notas

  1. Reig y Casanova and Locatelli participated in the Vatican ceremony in 1923.[2]

Referências

  1. «8 New Cardinals Today» (PDF). New York Times. 11 de dezembro de 1922. Consultado em 16 de julho de 2018 
  2. «Pope Gives Two Red Hats» (PDF). New York Times. Associated Press. 26 de maio de 1923. Consultado em 16 de julho de 2018 
  3. «Cardinal Reig Dies in Spain at Age of 77» (PDF). New York Times. 26 de agosto de 1927. Consultado em 16 de julho de 2018 
  4. «Declines the Cardinalate» (PDF). New York Times. 21 de novembro de 1922. Consultado em 16 de julho de 2018 
  5. «Cardinal Ehrle Dies at 88 in Rome» (PDF). New York Times. 1 de abril de 1934. Consultado em 16 de julho de 2018