Consistório Ordinário Público de 2015

Consistório de 2015
Data e Local
Papa
Cardeais Criados
Nº Cardeais 20
Eleitores 15
Eméritos 5
Ordens Cardinalícias
Cardeais-Presbíteros 17
Cardeais-Diáconos 3
Colégio de Cardeais
Eleitores 125
Eméritos 103
Total 228
Cronologia
Consistório 2014
Consistório 2016

dados em catholic-hierarchy.org

O Consistório Ordinário Público de 2015 ocorreu na Cidade do Vaticano em 14 de fevereiro de 2015 sob a presidência do Papa Francisco.[1] Neste Consistório foram criados vinte novos Cardeais, quinze Eleitores e cinco Eméritos.[2][3] A Santa Sé anunciou a realização do Consistório em 11 de dezembro de 2014. O anúncio público dos prelados que foram criados Cardeais foi feito pelo Papa Francisco a 4 de janeiro de 2015.[4][5]

EnquadramentoEditar

O Consistório Ordinário Público de 2015 foi o segundo do Pontificado do Papa Francisco. O Papa criou vinte novos Cardeais, dos quais quinze Cardeais Eleitores e cinco Cardeais Eméritos. Foram criados Cardeais de diversas proveniências, incluindo de quatro países que nunca antes tinham sido representados no Colégio de Cardeais: Cabo VerdePanamá‎, Tonga e Myanmar (Birmânia). Os quinze novos Cardeais Eleitores provêm de quatorze países, o que reforça a diversidade e heterogeneidade do Colégio Cardinalício.

Com a realização deste Consistório o Colégio de Cardeais ficou constituído por um total de 228 Cardeais. O Papa Francisco derrogou momentaneamente o limite máximo de Cardeais Eleitores pois, após a criação de 15 novos Cardeais Eleitores neste Consistório, o Colégio Cardinalício passou a integrar 125 Cardeais Eleitores, cinco acima do limite de 120.

CardeaisEditar

Os Cardeais criados foram os seguintes:

País Nome Idade[6] Cargo Título ou Diaconia
Cardeais Eleitores
1   Dominique Mamberti 62 Prefeito do Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica Cardeal-diácono de Santo Espírito em Sassia
2   Manuel Clemente 66 Patriarca de Lisboa Cardeal-presbítero de Santo Antonio in Campo Marzio
3   Berhaneyesus Souraphiel 66 Arcebispo de Adis Abeba Cardeal-presbítero de São Romano Mártir
4   John Atcherley Dew 66 Arcebispo de Wellington Cardeal-presbítero de Santo Hipólito
5   Edoardo Menichelli 75 Arcebispo de Ancona-Osimo Cardeal-presbítero de Sagrados Corações de Jesus e Maria em Tor Fiorenza
6   Pierre Nguyễn Văn Nhơn 76 Arcebispo de Hanói Cardeal-presbítero de São Tomás Apóstolo
7   Alberto Suárez Inda 76 Arcebispo de Morelia Cardeal-presbítero de São Policarpo
8   Charles Maung Bo 66 Arcebispo de Yangon Cardeal-presbítero de Santo Irineu em Centocelle
9   Francis Xavier Kovitvanit 65 Arcebispo de Bangkok Cardeal-presbítero de Santa Maria das Dores
10   Francesco Montenegro 68 Arcebispo de Agrigento Cardeal-presbítero de Santos André e Gregório no Monte Celio
11   Daniel Sturla Berhouet 55 Arcebispo de Montevideo Cardeal-presbítero de Santa Gala
12   Ricardo Blázquez Pérez 72 Arcebispo de Valladolid Cardeal-presbítero de Santa Maria em Vallicella
13   José Lacunza Maestrojuán 70 Bispo de David Cardeal-presbítero de São José de Cupertino
14   Arlindo Gomes Furtado 65 Bispo de Santiago Cardeal-presbítero de São Timóteo
15   Soane Paini Mafi 53 Bispo de Tonga Cardeal-presbítero de Santa Paula de Roma
Cardeais Eméritos (não eleitores)
16   José Pimiento Rodríguez 95 Arcebispo Emérito de Manizales Cardeal-presbítero de São João Crisóstomo no Monte Sacro Alto
17   Luigi de Magistris 88 Pró-Penitenciário-Mor da Santa Sé Cardeal-diácono de Santíssimos Nomes de Jesus e Maria na Via Lata
18   Karl-Josef Rauber 80 Núncio Apostólico Emérito para a Bélgica Cardeal-diácono de Santo António de Pádua na Circonvallazione Appia
19   Luis Héctor Villalba 80 Arcebispo Emérito de Tucumán Cardeal-presbítero de São Jerônimo em Corviale
20   Júlio Duarte Langa 87 Bispo Emérito de Xai-Xai Cardeal-presbítero de São Gabriel de Nossa Senhora das Dores

Referências

  1. Santa Sé (14 de fevereiro de 2015). «Consistório ordinário público para a criação de novos cardeais» 
  2. «Catholic Hierarchy» (em inglês) 
  3. «Gcatholic» (em inglês) 
  4. Reuters (4 de janeiro de 2015). «Papa nomeia cardeais no topo da hierarquia da Igreja Católica». Folha de S.Paulo 
  5. Santa Sede (4 de janeiro de 2015). «Annuncio di Concistoro per la creazione di nuovi Cardinali, 04.01.2015» (em italiano) 
  6. Na época da criação como cardeal

Ligações externasEditar