Consistórios de Papa Francisco

artigo de lista da Wikimedia

Segue-se uma lista completa dos consistórios ordinários públicos para a criação de novos cardeais, presididos pelo Papa Francisco, com a indicação de todos os cardeais criados.

Sua Santidade, o Papa Francisco

22 de fevereiro de 2014Editar

Em seu primeiro consistório, o Papa Francisco criou dezenove novos cardeais, dezesseis cardeais eleitores mais três não votantes. Entre os cardeais eleitores, encontra-se o brasileiro Dom Orani João Tempesta, arcebispo da cidade do Rio de Janeiro.

Os novos purpurados são:[1][2][3]

  1.   Pietro Parolin (n. 1955), Secretário de Estado do Vaticano
  2.   Lorenzo Baldisseri (n. 1940), Secretário geral do Sínodo dos Bispos
  3.   Gerhard Ludwig Müller (n. 1947), Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé
  4.   Beniamino Stella (n. 1941), Prefeito da Congregação para o Clero
  5.   Vincent Nichols (n. 1945), Arcebispo de Westminster, Inglaterra
  6.   Leopoldo José Brenes Solórzano (n. 1949), Arcebispo de Manágua, Nicarágua
  7.   Gérald Cyprien Lacroix, I.S.P.X (n. 1957), Arcebispo de Québec, Canadá
  8.   Jean-Pierre Kutwa (n. 1945), Arcebispo de Abidjan, Costa do Marfim
  9.   Orani João Tempesta, O. Cist. (n. 1950), Arcebispo da cidade do Rio de Janeiro, Brasil
  10.   Gualtiero Bassetti (n. 1942), Arcebispo de Perugia, Itália
  11.   Mario Aurelio Poli (n. 1947), Arcebispo de Buenos Aires, Argentina
  12.   Andrew Yeom Soo-jung (n. 1943), Arcebispo de Seul, Coreia do Sul
  13.   Ricardo Ezzati Andrello, S.D.B. (n. 1942), Arcebispo de Santiago do Chile, Chile
  14.   Philippe Ouédraogo (n. 1945), Arcebispo de Ouagadougou, Burkina Faso
  15.   Orlando Beltran Quevedo, O.M.I. (n. 1939), Arcebispo de Cotabato, Filipinas
  16.   Chibly Langlois (n. 1958), Bispo de Les Cayes, Haiti

Acima dos 80 anosEditar

  1.   Loris Francesco Capovilla (1915–2016), Prelado Emérito de Loreto, Itália
  2.   Fernando Sebastián Aguilar, C.M.F. (1929–2019), Arcebispo emérito de Pamplona e Tudela, Espanha
  3.   Kelvin Edward Felix (n. 1933), Arcebispo Emérito de Castries, Ilha de Santa Lúcia, Antilhas

14 de fevereiro de 2015Editar

Em seu segundo consistório, o Papa Francisco criou vinte novos cardeais, quinze cardeais eleitores mais cinco não votantes.

Os novos purpurados são:[4][5]

  1.   Dominique Mamberti (n. 1952), Prefeito do Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica do Vaticano
  2.   Manuel José Macário do Nascimento Clemente (n. 1948), Patriarca de Lisboa
  3.   Berhaneyesus Demerew Souraphiel (n. 1948), C.M., Arquieparca de Adis Abeba
  4.   John Atcherley Dew (n. 1948), Arcebispo de Wellington
  5.   Edoardo Menichelli (n. 1939), Arcebispo de Ancona-Osimo
  6.   Pierre Nguyên Văn Nhon (n. 1938), Arcebispo de Hanói
  7.   Alberto Suárez Inda (n. 1939), Arcebispo de Morelia
  8.   Charles Maung Bo, S.D.B. (n. 1948), Arcebispo de Yangon
  9.   Francis Xavier Kriengsak Kovithavanij (n. 1949), Arcebispo de Bangkok
  10.   Francesco Montenegro (n. 1946), Arcebispo de Agrigento
  11.   Daniel Fernando Sturla Berhouet, S.D.B. (n. 1959), Arcebispo de Montevidéo
  12.   Ricardo Blázquez Pérez (n. 1942), Arcebispo de Valladolid
  13.   José Luis Lacunza Maestrojuán, O.A.R. (n. 1944), Bispo de David
  14.   Arlindo Gomes Furtado (n. 1949), Bispo de Santiago de Cabo Verde
  15.   Soane Patita Paini Mafi (n. 1961), Bispo de Tonga

Acima dos 80 anosEditar

  1.  José de Jesús Pimiento Rodríguez (1919–2019), Arcebispo Emérito de Manizales
  2.  Luigi De Magistris (n. 1926), Penitenciário-Mor emérito da Penitenciária Apostólica do Vaticano
  3.  Karl-Joseph Rauber (n. 1934), Arcebispo Titular de Giubalziana, Núncio Apostólico emérito
  4.  Luis Héctor Villalba (n. 1934), Arcebispo emérito de Tucumán
  5.  Júlio Duarte Langa (n. 1927), Bispo Emérito de Xai-Xai

19 de novembro de 2016Editar

Os novos purpurados são:[6][7]

  1.   Mario Zenari (n. 1946), Nuncio Apostólico na Siria
  2.   Dieudonné Nzapalainga (n. 1967), C.S.Sp., Arcebispo de Bangui
  3.   Carlos Osoro Sierra (n. 1945), Arcebispo de Madrid
  4.   Sérgio da Rocha (n. 1959), Arcebispo de Brasília
  5.   Blase Joseph Cupich (n. 1949), Arcebispo de Chicago
  6.   Patrick D’Rozario, C.S.C. (n. 1943), Arcebispo de Dhaka
  7.   Baltazar Henrique Porras Cardozo (n. 1944), Arcebispo de Mérida
  8.   Jozef De Kesel (n. 1947), Arcebispo de Malinas-Bruxelas
  9.   Maurice Piat, C.S.Sp. (n. 1941), Bishop of Port-Louis
  10.   Kevin Joseph Farrell (n. 1947), Prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida
  11.   Carlos Aguiar Retes (n. 1950), Arcebispo de Tlalnepantla
  12.   John Ribat, M.S.C. (n. 1957), Arcebispo de Port Moresby
  13.   Joseph William Tobin, C.Ss.R. (n. 1952), Arcebispo de Indianápolis

Acima dos 80 anosEditar

  1.   Anthony Soter Fernandez (1932 - 2020), Arcebispo Emérito de Kuala Lumpur
  2.   Renato Corti (1936 - 2020), Bispo Emérito de Novara
  3.   Sebastian Koto Khoarai, O.M.I. (n. 1929), Bispo Emérito de Mohale's Hoek
  4.   Ernest Simoni (n. 1928), Padre de Shkodrë-Pult

28 de junho de 2017Editar

Os novos purpurados são:[8][9]

  1.   Anders Arborelius, O.C.D. (n. 1943), Bispo de Estocolmo
  2.   Louis-Marie Ling Mangkhanekhoun (n. 1946), Vigário Apostólico de Pakxe , Laos
  3.   Juan José Omella Omella (n. 1949), Arcebispo de Barcelona
  4.   José Gregorio Rosa Chávez (n. 1944), Bispo-Auxiliar de San Salvador
  5.   Jean Zerbo (n. 1942), Arcebispo de Bamako

29 de junho de 2018Editar

Os novos purpurados são:[10][11]

  1.   Louis Raphaël I Sako (n. 1948), Patriarca Caldeu da Babilônia, Iraque
  2.   Luis Francisco Ladaria Ferrer, S.J., (n. 1944) Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé
  3.   Angelo De Donatis (n. 1954), Vigário Geral Roma
  4.   Giovanni Angelo Becciu (n. 1948), Substituto da Secretaria de Estado da Santa Sé
  5.   Konrad Krajewski (n. 1963), Esmolaria Apostólica
  6.   Joseph Coutts (n. 1945), Arcebispo de Karachi
  7.   António Augusto dos Santos Marto (n. 1947), Bispo de Leiria-Fátima
  8.   Pedro Ricardo Barreto Jimeno, S.J. (n. 1944), Arcebispo de Huancayo
  9.   Désiré Tsarahazana (n. 1954), Arcebispo de Toamasina
  10.   Giuseppe Petrocchi (n. 1948), Arcebispo de L’Aquila
  11.   Thomas Aquino Manyo Maeda (n. 1949), Arcebispo de Osaka

Acima dos 80 anosEditar

  1.   Sergio Obeso Rivera (1931–2019), Arcebispo-emérito de Jalapa (Xalapa), Veracruz †
  2.   Toribio Ticona Porco (n. 1937), Prelato-emérito de Corocoro, Bolivia
  3.   Aquilino Bocos Merino, C.M.F. (n. 1938), Superior General Emérito da Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria

5 de outubro de 2019Editar

Os novos purpurados são:[12]

  1.   Miguel Ángel Ayuso Guixot, M.C.C.I. (n. 1952), presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso;
  2.   José Tolentino Mendonça (n. 1965), arquivista e bibliotecário da Santa Igreja Romana
  3.   Ignatius Suharyo Hardjoatmodjo (n. 1950), arcebispo de Jakarta
  4.   Juan García Rodríguez (n. 1948), arcebispo de San Cristóbal de Havana
  5.   Fridolin Ambongo Besungu, O.F.M.Cap. (n. 1960), arcebispo de Kinshasa
  6.   Jean-Claude Höllerich, S.J. (n. 1958), arcebispo de Luxemburgo
  7.   Alvaro Leonel Ramazzini Imeri (n. 1947), bispo de Huehuetenamgo
  8.   Matteo Maria Zuppi (n. 1955), arcebispo de Bolonha
  9.   Cristóbal López Romero, S.D.B. (n. 1952), arcebispo de Rabat
  10.   Michael Czerny, S.J. (n. 1946), subsecretário da seção de migrantes do icastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral

Acima dos 80 anosEditar

  1.   Michael Louis Fitzgerald, M Afr (n. 1937), arcebispo emérito de Nepte
  2.   Sigitas Tamkevicius, S.J. (n. 1938), arcebispo emérito de Kaunas
  3.   Eugenio Dal Corso, P.S.D.P. (n. 1939), bispo emérito de Benguela

28 de novembro de 2020Editar

Os novos purpurados são:[13]

  1.   Mario Grech – Secretário Geral do Sínodo dos Bispos
  2.   Marcello Semeraro – Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos.
  3.   Antoine Kambanda – Arcebispo de Kigali (Ruanda).
  4.   Wilton Daniel Gregory – Arcebispo de Washington
  5.   Jose Fuerte Advincula – Arcebispo de Capiz (Filipinas).
  6.   Celestino Aós Braco, O.F.M.Cap. – Arcebispo de Santiago do Chile.
  7.   Cornelius Sim – Bispo tit. de Puzia di Numidia e Vigário Apostólico de Brunei.
  8.   Augusto Paolo Lojudice – Arcebispo de Siena-Colle Val d'Elsa- Montalcino.
  9.   Mauro Gambetti, O.F.M.Conv. – Guardião do Sagrado Convento de Assis.

Acima dos 80 anosEditar

  1.   Felipe Arizmendi Esquivel – Bispo emérito de San Cristobal de las Casas (México).
  2.   Silvano Maria Tomasi, CS, Arcebispo Titular de Asolo, Núncio Apostólico.
  3.   Raniero Cantalamessa, O.F.M. Cap. – Pregador da Casa Papal
  4.   Enrico Feroci – Pároco em Santa Maria del Divino Amore em Castel di Leva.

Referências

  1. «Consistory - 2014» (em inglês). Catholic Hierarchy. Janeiro de 2014. Consultado em 12 de janeiro de 2014 
  2. «Cardeais criados por Francisco (2014)» (em inglês) 
  3. «The Cardinals of the Holy Roman Church» (em inglês) 
  4. «Consistory - 2015» (em inglês). Catholic Hierarchy. Janeiro de 2015. Consultado em 5 de janeiro de 2015 
  5. «Annuncio di Concistoro per la creazione di nuovi Cardinali, 04.01.2015» (em italiano). Santa Sé. 4 de janeiro de 2015. Consultado em 5 de janeiro de 2015 
  6. «Consistory - 2016». Catholic Hierarchy. Outubro de 2016. Consultado em 10 de outubro de 2016 
  7. «Annuncio di Concistoro per la creazione di nuovi Cardinali, 09.10.2016» (em italiano). Santa Sé. 9 de outubro de 2016. Consultado em 10 de outubro de 2016 
  8. «Consistory - 2017». Catholic Hierarchy. Maio de 2017. Consultado em 21 de maio de 2017 
  9. «Annuncio di Concistoro per la creazione di nuovi Cardinali, 21.5.2017» (em italiano). Santa Sé. 21 de maio de 2017. Consultado em 21 de maio de 2017 
  10. «Consistory - 2018». Catholic Hierarchy. Maio de 2018. Consultado em 20 de maio de 2018 
  11. «Annuncio di Concistoro per la creazione di nuovi Cardinali, 20.5.2018» (em italiano). Santa Sé. 20 de maio de 2018. Consultado em 20 de maio de 2018 
  12. «Papa Francisco fica preso em elevador por 25 minutos». G1. Setembro de 2019  Texto " https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/09/01/papa-francisco-fica-preso-em-elevador-por-25-minutos.ghtml " ignorado (ajuda);
  13. «Annuncio di Concistoro il 28 novembre per la creazione di nuovi Cardinali, 25.10.2020». G1. Setembro de 2019  Texto " http://press.vatican.va/content/salastampa/it/bollettino/pubblico/2020/10/25/0552/01275.html " ignorado (ajuda);

Ligações externasEditar