Abrir menu principal

Consistórios de Paulo VI

artigo de lista da Wikimedia
Papa Paulo VI em 1977.

O Papa Paulo VI ( r . 1963-1978 ) criou 143 cardeais em seis consistórios . Seu predecessor, o Papa João XXIII , desconsiderou a tradição secular que limitou o Colégio dos Cardeais a setenta membros, aumentando seu tamanho para 88 em 1961 Paulo continuou essa prática, e com suas nomeações o Colégio cresceu para 103 em 1965, 118 em 1967, 134 em 1969. Ele então instituiu uma nova regra que diminuiu o significado do tamanho do Colégio. Em novembro de 1970, ele anunciou que, a partir de 1º de janeiro de 1971, somente um cardeal que ainda não tivesse completado 80 anos seria autorizado a participar de um conclave . Quando o consistório 1973 aumentou o tamanho do Colégio para 145, o número daqueles que estão sob 80, que constituíram os cardeais eleitores foi 117. Em 1975, ele estabeleceu o número máximo de cardeais eleitores em 120. Cada um de seus consistories posteriores em 1976 e 1977 elevaram o número de eleitores ao complemento total de 120.

Três dos que Paulo nomeou cardeal tornaram-se papa, Papa João Paulo I, Papa João Paulo II e Papa Bento XVI.

Consistório de 1965Editar

Em 22 de fevereiro de 1965, durante seu primeiro consistório, o Papa Paulo VI criou 27 cardeais. Os novos purpurados foram:

Consistório de 1967Editar

Em 26 de junho de 1967, durante o seu segundo consistório, o Papa Paulo VI criou 27 cardeais. Os 27 novos cardeais foram:

Consistório de 1969Editar

Em 28 de abril de 1969, durante seu terceiro consistório, o Papa Paulo VI criou 34 novos cardeais. Os novos purpurados foram:

Consistório de 1973Editar

Em 5 de março de 1973, durante seu quarto consistório, o Papa Paulo VI criou 30 novos cardeais. Neste consistório, passaria a haver diferenciação entre cardeais eleitores e não-eleitores, que estariam ou não habilitados a participar e eleger o novo Papa. Os novos purpurados foram:

Consistório de 1976Editar

Em 24 de maio de 1976, durante seu quinto consistório, o Papa Paulo VI criou 21 novos cardeais. Os novos purpurados foram:

Consistório de 1977Editar

Em 27 de junho de 1977, durante seu sexto e último consistório, o Papa Paulo VI criou 4 novos cardeais. Os novos purpurados foram:

Ligações externasEditar