Abrir menu principal
Turquia Viranşehir 
  Distrito (ilçe)  
Vista do centro de Viranşehir
Vista do centro de Viranşehir
Viranşehir está localizado em: Turquia
Viranşehir
Localização de Viranşehir na Turquia
Coordenadas 37° 13' 50" N 39° 45' 55" E
Região Sudeste da Anatólia
Província Şanlıurfa
Administração
- Governador (kaymakam) Erdoğan Kanyılmaz
- Prefeito (belediye başkanı) Leyla Güven
Área [1]
- Distrito (ilçe) 2 272,27 km²
Altitude mínima 0 m
População (2012) [2]
 - Total 172 422
    • Densidade 75,9 hab./km²
 - Urbana 95 896
Website Governo distrital: www.viranşehir.gov.tr
Prefeitura: www.viranşehir.bel.tr

Viranşehir (em curdo: Wêranşar) é uma cidade-mercado que serve uma área de cultivo de algodão da província de Şanlıurfa, no sudoeste da Turquia, 93 km a leste da cidade de Şanlıurfa e 53 km ao noroeste da fronteira siríaca em Ceylanpınar. Na Antiguidade Tardia, foi conhecida como Constantina ou Constância (em grego: Κωνσταντίνη) por romanos e bizantinos, e Tella pela população assíria/siríaca local, mas é hoje habitada principalmente por curdos com uma minoria de árabes curdifados.

HistóriaEditar

O nome Viranşehir significa a cidade em ruínas e isso de deve ao fato de ter sido destruída várias vezes no decorrer da história. Poderia ser o sítio de Antioquia na Mesopotâmia. De acordo com o historiador bizantino João Malalas, a cidade foi construída pelo imperador romano Constantino (r. 306–337) no local da antiga Maximianópolis, que havia sido destruída por um ataque persa e um terremoto. Durante os dois séculos seguintes, foi uma importante localidade no Oriente Próximo romano/bizantino, desempenhando um papel crucial nas guerras romano-persas do século VI como sede do duque da Mesopotâmia (363-540). Foi também um bispado, sufragâneo de Edessa. Jacó Baradeu nasceu próximo da cidade e foi um monge em um mosteiro vizinho. A cidade foi capturada pelos árabes em 639.[3]

Referências

  1. «Area of regions (including lakes), km².» (em inglês). Consultado em 17 de outubro de 2013. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  2. «Population of province/district centers and towns/villages by districts - 2012» (em inglês). Consultado em 17 de outubro de 2013. Arquivado do original em 22 de outubro de 2013 
  3. Kazhdan 1991, p. 497.

BibliografiaEditar

  • Kazhdan, Alexander Petrovich (1991). The Oxford Dictionary of Byzantium. Nova Iorque e Oxford: Oxford University Press. ISBN 0-19-504652-8