Constituição de Março da Polônia

A Constituição de Março foi adotada pela Segunda República Polonesa em 17 de março de 1921, depois de expulsar a ocupação das forças Alemãs/Prussianas em 1918 (Revolta na Grande Polônia) e evitar a conquista pelos Soviéticos em 1920, na Guerra Polonesa-Soviética. A Constituição, baseada na francesa, foi considerada bastante democrática. Dentre outras, ela expressamente descartava a discriminação por motivos raciais ou religiosos.[1] E também aboliu todos os títulos reais, privilégios estatais e baniu o uso de brasonamento na Polônia.

A Constituição foi parcialmente ajustada em 1926 pela emenda constitucional Alteração de Agosto, e substituída tempos depois pela Constituição Polonesa de 1935 (Constituição de Abril).

ReferênciasEditar

  1. Niall Ferguson, The War of the World, The Penguin Press, New York 2006, page 271

FontesEditar

Links externosEditar