Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Cônsul.
Consul
Subsidiária
Slogan Bem Pensado.
Atividade Eletrodomésticos
Fundação 15 de julho de 1950
Joinville,  Santa Catarina
Fundador(es) Guilherme Holderegger e Rodolfo Stutzer
Sede São Bernardo do Campo, São Paulo
Área(s) servida(s)  Brasil,  Chile e  Argentina
Proprietário(s) Whirlpool S/A
Pessoas-chave Paulo Periquito
Produtos Refrigerador, Freezer, Secadora, Fogão, lava-roupas
Certificação ISO 9001
Empresa-mãe Whirlpool Corporation
Faturamento R$ 3 bilhões
Website oficial www.consul.com.br

A Consul é uma empresa brasileira de eletrodomésticos, fundada por Guilherme Holderegger (originalmente Wilhelm Holderegger)[1] e Rodolfo Stutzer (primeiramente Rudolf Stutzer),[2] no estado de Santa Catarina.[3] A marca foi uma das fundadoras da Embraco (uma empresa de gás para refrigerador). Posteriormente, em parceria com a Brastemp, criou a Multibrás. Em 1997, a empresa foi adquirida pela Whirlpool Corporation como parte desta ter comprado a Brasmotor (dona da Consul até então),[4] sendo esta considerada a maior fabricante de eletrodomésticos do mundo, com vendas anuais em 19 bilhões de dólares.[5] A Whirlpool vendeu a Embraco em 2018.[4]

No início da sua fundação, a Consul tinha como estrutura física um pequeno galpão de 680 m², onde se encontra instalado hoje o Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria, produzindo refrigeradores de pequeno e médio portes.[3]

Índice

EmpresaEditar

ProdutosEditar

O primeiro produto a ser lançado pela Consul foi o refrigerador Q-300, que funcionava à base de querosene, tinha linhas arredondadas e uma logomarca semelhante à caligrafia do Cônsul Carlos Renaux. Pioneiramente o modelo possuía um freezer na parte inferior e a geladeira na parte superior. No decorrer da década de 1950 a Consul lançou o "pai dos frigobares", de nome Consul Junior.[6]

Na década de 1960 a marca, junto a uma agência publicitária, lançou um leão-marinho para ser o garoto propaganda e os refrigeradores com isolamento em poliuretano (o que preservava a temperatura dos alimentos conservados). Na década de 1970, a empresa começou a produção de ar-condicionado, até então o único produzido em território nacional.[6]

Na década de 1980, a empresa lançou o refrigerador Consul 3T, contendo espaço para alimentos do dia-a-dia, um congelador e um umidificador para as leguminosas. Em 1993 foi inaugurada a terceira fábrica da empresa, que no mesmo ano fez o lançamento do seu primeiro refrigerador slim. Entre as décadas de 2000 e 2010, a Consul lançou o refrigerador Aquarela. Após isto, a marca começou a produção de sua geladeira "duplex", com uma variação em suas cores.[3] No ano de 2014, foi lançada uma linha de produtos desta marca para cervejeiros.[7][8] Por sua vez, um modelo de "geladeira inteligente" foi lançada em 2018, levando o nome da marca Consul.[9][10]

FábricasEditar

Seguem-se, abaixo, as fábricas em operação da marca Consul.[11][12]

  • Manaus: possuindo 28.661,92 m² de área construída e cercada pela floresta amazônica, esta unidade (nomeada como Brastemp da Amazônia) é responsável pela produção dos condicionadores de ar e microondas da marca.[15][16]
  • Rio Claro: com 34.613,13 m² de área construída (cujo terreno total é de 413.103,75 m²), esta unidade foi inaugurada em 13 de julho de 1990, sendo responsável pela fabricação das lavadoras de roupas, lava-louças, fogões e cooktops da marca.[17]

A unidade de São Paulo (com 53.820 m² de área construída) foi fechada em 2007. Com isto, a fabricação de fogões foi transferida para a cidade de Rio Claro.[18]

Sustentabilidade e programas sociaisEditar

Nenhum refrigerador Consul usa mais o gás nocivo à camada de ozônio, o CFC. Desde o final de 2000, é utilizado o gás HFC que não faz mal à camada de ozônio. A Consul, por intermédio da Whirpool, se antecipou aos prazos estipulados por entidades internacionais e assumiu efetivamente um programa de compromisso voltado para a preservação ambiental. Desde 1988, participa dos programas do governo brasileiro para reduzir as emissões de gases nocivos à camada de ozônio.[16]

No âmbito geral, a Whirpool segue um programa de práticas com inovação sustentável, o que abrange tópicos sensíveis como meio ambiente e sustentabilidade, implicando no impacto social de tais medidas. Um dos modelos de lavadoras Consul serve de modelo, por garantir o uso sustentável da água e proporcionar um economia anual para os seus clientes.[19]

O programa de empreendedorismo feminino, por meio do Instituto Consulado da Mulher e do programa Mulher Empreendedora, é uma das práticas sociais da empresa por meio da marca Consul. O Consulado atua diretamente com o programa em cada região onde existe uma fábrica da mesma em atividade, enquanto outras localidades são atendidas por entidades sociais parceiras que replicam a mesma metodologia.[12]

PremiaçõesEditar

A marca Consul, especialmente no que tange a sua linha de refrigeradores, tem aparecido entre os líderes do Top of Mind desta categoria desde a sua primeira edição, em 1992. Na edição de 2000, cresceu a rivalidade desta marca com a Brastemp.[20] Em 2017, a empresa obteve a sua vigésima sétima conquista desta premiação.[21]

Por sua vez, na categoria refrigeradores em 2018, a Consul manteve-se como a mais lembrada segundo o Top of Mind do ano.[22]

Ver tambémEditar

Referências

  1. elusc.br (5 de fevereiro de 2012). «Sucesso e pioneirismo». www.swissinfo.ch. SWI swissinfo. Consultado em 28 de março de 2019 
  2. Dias, Maria Cristina (7 de novembro de 2015). «Primeira geladeira fabricada no Brasil surgiu em fábrica de anzóis de Brusque». ND Mais. Consultado em 28 de março de 2019 
  3. a b c «Sobre a Consul». Site oficial Consul. Consul.com.br. Consultado em 28 de junho de 2018 
  4. a b Brigatto, Gustavo; Malta, Cynthia (25 de abril de 2018). «Whirlpool vende Embraco por US$ 1 bi». Valor Econômico. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  5. «Sobre a Whirlpool Corporation no Brasil». www.whirlpool.com.br. Whirlpool Corporation Brasil. 2012. Consultado em 7 de janeiro de 2012 
  6. a b «Historia do fabricante de eletrodomestico Consul». www.portaldoeletrodomestico.com.br. Portal do Eletrodoméstico. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  7. «Cônsul lança geladeira especial para cervejas . Bom de Copo». bomdecopo.com.br. Bom de Copo. 9 de junho de 2014. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  8. Jr., Luís Celso (20 de fevereiro de 2014). «Consul lança Cervejeira, uma geladeira para cerveja - Bar do Celso». Bar do Celso | Gazeta do Povo (salvo em Wayback Machine). Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  9. d'Ávila, Mariana (9 de abril de 2018). «Geladeira inteligente avisa quando a cerveja está acabando e compra mais». www.infomoney.com.br. InfoMoney. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  10. «Geladeira avisa quando cerveja está acabando e permite comprar mais via app». Painel Político. 9 de abril de 2018. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  11. «Localizações – Brasil». Whirlpool Corporation Careers. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  12. a b Pegorari Silveira, Karen (27 de outubro de 2015). «Iniciativas Sustentáveis: Whirlpool – empreendedorismo feminino em foco». FIESP. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  13. Soares da Silva, Suelen (26 de novembro de 2015). «Consul celebra 65 anos com a inauguração de um espaço dedicado à história da marca». ndonline.com.br. Notícias do Dia. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  14. «VÍDEO: Whirlpool mostra como produz os refrigeradores Consul e Brastemp». A Notícia. Negócios e Cia | A Notícia. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  15. «Localizações – Brasil – Manaus». Whirlpool Corporation Careers. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  16. a b «Brastemp da Amazônia investe em projetos para o meio ambiente». Administradores.com. 31 de maio de 2007. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  17. Salomão, Karin (17 de dezembro de 2017). «Como a dona da Brastemp e da Consul faz máquinas de lavar». EXAME (salvo em Web Archive). Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  18. Agência Estado (15 de janeiro de 2007). «Multibrás fecha fábrica de fogões e demite 450 em São Paulo». economia.estadao.com.br. Economia - Estadão (salvo em Wayback Machine). Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  19. «Sustentabilidade». www.whirlpool.com.br. Whirlpool Corporation no Brasil. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  20. Grüdtner Buratto, Luciano (6 de dezembro de 2000). «Folha Online - Top Of Mind - Geladeiras». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  21. Scatena, Bruno (30 de outubro de 2017). «Brastemp é campeã absoluta na categoria eletroeletrônicos». www1.folha.uol.com.br. Top of Mind - Folha de S.Paulo. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  22. Redação Adnews (31 de outubro de 2018). «28º ano do prêmio Folha Top Of Mind anuncia as marcas que estão na mente dos brasileiros». ADNEWS. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 

Ligações externasEditar