Abrir menu principal

O contacto (pt) ou contato (pt-BR) linguístico ocorre quando diferentes línguas interagem. O estudo do contacto linguístico é a linguística de contacto.

Aparentemente o multilinguismo tem sido comum ao longo da história da humanidade, sendo hoje prevalente na maioria da humanidade.[1]

Quando falantes de línguas diferentes interagem de modo próximo, é típico que as suas línguas se influenciem mutuamente. As línguas desenvolvem-se normalmente através da acumulação gradual de diferenças dialectais até que dois dialectos deixam de ser mutuamente inteligíveis. O contacto linguístico pode ocorrer em fronteiras linguísticas, entre línguas de prestígio semelhante, ou como resultado de migração.

O efeito mais corriqueiro do contacto linguístico é o empréstimo lexical. O armênio, por exemplo, tinha contato tão intenso e tantos empréstimos das línguas indo-iranianas que foi por muito tempo considerado parte desta família, e não um idioma separado.[2]

Referências

  1. Tucker, G. R. (1999). «Center for Applied Linguistics». Arquivado do original em 22 de agosto de 2012 
  2. Waterman, John (1976). A History of the German Language. [S.l.]: University of Washington Press. p. 4 
  Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.