Abrir menu principal

Convento de Ganfei

Igreja do Convento de Ganfei

O Convento de Ganfei é um mosteiro beneditino, situado no concelho de Valença, que remonta provavelmente ao século VII e é constituído por uma Igreja românica de três naves.

HistóriaEditar

A fundação do mosteiro foi feita no período visigótico. Segundo uma inscrição no claustro o mosteiro foi destruído no ano 1000 pelo chefe árabe Almançor sendo reconstruido em 1018 sob o patrocínio de Ganfried ou Ganfei, um cavaleiro francês que se tornou um santo, derivando do seu nome o nome da povoação e do mosteiro.

No século XVIII construíram-se as novas fachada e capela-mor, mantendo o restante da traça românica. Em 1760 foram transferidos os restos mortais de S. Ganfei para a igreja.

Caracterização arquitectónicaEditar

O templo é constituído por três naves e quatro tramos, sem transepto saliente e cobertura de madeira, assente sobre pilares rectangulares que se ligam às naves laterais por arcos de descarga. A destruição da fachada não preservou nada da escultura do portal. A cabeceira , inicialmente tripartida, era constituída por uma ábside semicircular, hoje setecentista e rectangular, e dois absidíolos de planta idêntica.[1]

Notas

  1. OLIVEIRA, Catarina (2006). «Igreja do Convento de Ganfei». BG. IGESPAR. Consultado em 24 de janeiro de 2010 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Convento de Ganfei
  Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.