Convento de São Francisco (Valladolid)

O convento de São Francisco, de Valladolid, Espanha, foi fundado no século XVIII, em frente à praça do mercado (que seria a futura Praça Maior). O convento foi protegido e patrocinado nesse século por Violante de Aragão, esposa do rei Alfonso X, o Sábio.[1] Sua existência incidiu muito na vida social e religiosa de Valladolid durando até 1836, em que foi demolido e seus solares foram postos à venda. A partir dessa data, passa a fazer parte do património perdido de Valladolid.

Representação do Convento de San Francisco numa pintura de 1656.

Cristóbal Colón morreu em Valladolid em maio de 1506 e foi enterrado na igreja deste convento de franciscanos, ainda que segue sem saber-se em que casa ou hospital morreu exactamente. Durante a comemoração do V centenário de sua morte, a prefeitura de Valladolid colocou uma placa em sua lembrança no lugar onde se achava o convento de São Francisco.

Referências

  1. Quadrado 1989, p. 51.

Bibliografia

editar
  • Quadrado, José María (1989). Valladolid, historia, monumentos, artes y naturaleza. Valladolid. Edición facsímil. [S.l.]: Grupo Pinciano. ISBN 84-505-8594-5  templatestyles stripmarker character in |apelido= at position 1 (ajuda)

Ligações externas

editar