Cooperativa Mista Boqueirão

A Cooperativa Mista Boqueirão (C.M.B.) foi uma cooperativa do setor de pecuária leiteira criada em 1945 pela comunidade Menonita que ocupavam uma fazenda na região onde hoje é conhecida como Bairro Boqueirão, na cidade de Curitiba.

A pecuária leiteira era a principal atividade da comunidade Menonita que se instalara na região do Boqueirão, extremo sul da cidade de Curitiba, quando este chegaram ao Brasil vindo do Rússia em meados da década de 1930.

Com o desenvolvimento na produção de leite e os problemas enfrentados na comercialização do produto, decorrente das longas distâncias e a falta de estradas para os demais bairros e o centro da cidade, um grupo de produtores (logo após denominados de sócios fundadores), liderados por David Tows, fundam uma cooperativa com o intuito de unirem esforços para melhorar e agilizar a produção, distribuição e comercialização do produto, em caráter empresarial, associando a ideia de gerar novas iniciativas para a própria comunidade Menonita com os lucros gerados pelo empreendimento.

Ao fundarem a C.M.B. em 1945, antes do término da Segunda Guerra Mundial e o fato de muitos dos sobrenomes dos sócios fundadores pertencerem à descendência alemã, pois os Menonitas que aportaram no Brasil, vindo da Rússia eram famílias com gerações passadas provenientes da Alemanha. Por esta razão o governo brasileiro proibiu que a empresa fosse administrada pelos seus fundadores. Somente em 1947 a empresa é registrada em definitivo, e assim, David Tows assumiu a presidência.

Em 1959 o governo do estado estabeleceu a proibição da venda de leite “in natura”, ou seja, os produtores teriam que pasteurizar todo o leite antes da comercialização. Assim a Cooperativa Boqueirão participa da criação da Cooperativa de Laticínios Curitiba (CLAC), entre todos os leiteiros de Curitiba. A CLAC fica responsável pela industrialização e comercialização dos produtos finais.

O Crescimento do bairro Boqueirão na década de 1970 fez com que muitos dos leiteiros da comunidade Menonita deixassem a atividade ou se transferissem para outras regiões, como a cidade da Lapa ou Palmeira, próximos a Curitiba (ajudando no crescimento da Colônia Witmarsum), ou para a cidade de Bagé, no Rio Grande do Sul.

Com a diminuição de cooperados da C.M.B. e o crescimento da CLAC, a cooperativa encerrou suas atividades em 1992.

BibliografiaEditar

  • SUTIL, Marcelo Saldanha. Boletim Informativo da Casa Romário Martins, Boqueirão: O Bairro da História da Cidade. Curitiba: Fundação Cultural de Curitiba, v22, n°106. 1995
  • FENIANOS, Eduardo Emílio. Boqueirão, Alto Boqueirão e Hauer — Gigantes Pela Própria Natureza — Coleção Bairros de Curitiba, vol.22. Curitiba: Ed. UniverCidade, 2000. 52p.