Abrir menu principal
XXXVIII Copa América
Bolívia 1997
Dados
Participantes 12
Organização CONMEBOL
Anfitrião Bolívia
Período 1129 de junho
Gol(o)s 68
Partidas 26
Média 2,62 gol(o)s por partida
Campeão Brasil (5º título)
Vice-campeão Bolívia
3.º colocado México
Melhor marcador México Luis Hernández – 6 gols
Melhor ataque (fase inicial) Brasil – 10 gols
Melhor defesa (fase inicial) Bolívia – 3 gols
Maior goleada
(diferença)
Peru 0 – 7 Brasil
Estádio Ramón AguileraSanta Cruz
26 de junho
Público 557 500
Média 21 442,3 pessoas por partida
Premiações
Melhor jogador
(CONMEBOL)
Brasil Ronaldo
◄◄ Uruguai 1995 Soccerball.svg 1999 Paraguai ►►

A Bolívia foi a sede da 38a edição da Copa América do ano de 1997, realizada nos dias 11 e 29 de junho daquele ano. A competição contou com a presença de 12 seleções (as dez da CONMEBOL, mais duas seleções da CONCACAF convidadas pela CONMEBOL: México e Costa Rica).

A Bolívia nunca teve uma grande seleção na história do futebol, mas era a favorita por disputar o torneio em sua casa, o que lhe favorecia em vários aspectos, inclusive os relativos aos efeitos da altitude sobre os adversários. Mas o Brasil surpreendeu os anfitriões, e mostrando grande capacidade física de alguns jogadores como Ronaldo e Zé Roberto, acabou vencendo-os na final e sagrou-se campeão da competição, pela primeira vez fora de casa. Depois deste jogo, o técnico Zagallo disse a célebre frase: "Vocês vão ter que me engolir".

Foi a quinta vez que a seleção foi campeã da competição (a última havia sido há oito anos, na edição de 1989) e a primeira vez que a seleção vencia a competição fora do Brasil.

Índice

SedesEditar

ConvocaçõesEditar

Primeira faseEditar

Nesta parte da competição, as doze seleções participantes da competição foram divididas em três grupos de quatro. Classificam-se os dois primeiros de cada grupo e os dois melhores terceiros lugares para as quartas de final. Caso duas equipes terminem empatadas em números de pontos, são aplicados os seguintes critérios de desempate, pela ordem:

  • Maior saldo de gols.
  • Maior quantidade de gols marcados.
  • Confronto direto entre as seleções empatadas.

Abaixo seguem a classificação e os resultados:

Grupo AEditar

Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG
1   Equador 7 3 2 1 0 4 1 3
2   Argentina 5 3 1 2 0 3 1 2
3   Paraguai 4 3 1 1 1 2 3 -1
4   Chile 0 3 0 0 3 1 5 -4
11 de junho Paraguai   1 – 0   Chile Estádio Félix Capriles, Cochabamba

Acuña   28' Árbitro:  BOL René Ortubé
11 de junho Equador   0 – 0   Argentina Estádio Félix Capriles, Cochabamba

Árbitro:  URU Jorge Nieves

14 de junho Paraguai   0 – 2   Equador Estádio Félix Capriles, Cochabamba

Sánchez   71'
Graziani   86'
Árbitro:  VEN Paolo Borgosano
14 de junho Argentina   2 – 0   Chile Estádio Félix Capriles, Cochabamba

Berti   83'
Gallardo   86'
Árbitro:  BRA Antônio Pereira da Silva

17 de junho Equador   2 – 1   Chile Estádio Félix Capriles, Cochabamba

Graziani   32'
Gavica   55'
Vergara   52' Árbitro:  COL Rafael Sanabria
17 de junho Paraguai   1 – 1   Argentina Estádio Félix Capriles, Cochabamba

Chilavert   74' (pen) Gallardo   90' (pen) Árbitro:  URU Jorge Nieves

Grupo BEditar

Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG
1   Bolívia 9 3 3 0 0 4 0 4
2   Peru 6 3 2 0 1 3 2 1
3   Uruguai 3 3 1 0 2 2 2 0
4   Venezuela 0 3 0 0 3 0 5 -5
12 de junho Peru   1 – 0   Uruguai Estádio Olímpico Patria, Sucre

Hidalgo   75' Árbitro:  MEX Antonio Marrufo
12 de junho Bolívia   1 – 0   Venezuela Estádio Hernando Siles, La Paz

Coimbra   60' Árbitro:  ECU Byron Moreno

15 de junho Uruguai   2 – 0   Venezuela Estádio Olímpico Patria, Sucre

Recoba   19'
Saralegui   47'
Árbitro:  CHI Eduardo Gamboa
15 de junho Bolívia   2 – 0   Peru Estádio Hernando Siles, La Paz

Etcheverry   45'
Baldivieso   50'
Árbitro:  CRC Rodrigo Badilla

18 de junho Peru   2 – 0   Venezuela Estádio Olímpico Patria, Sucre

Cominges   13',   59' Árbitro:  ECU Byron Moreno
18 de junho Bolívia   1 – 0   Equador Estádio Hernando Siles, La Paz

Baldivieso   29' Árbitro:  MEX Antonio Marrufo

Grupo CEditar

Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG
1   Brasil 9 3 3 0 0 10 2 8
2   México 4 3 1 1 1 5 5 0
3   Colômbia 3 3 1 0 2 5 5 0
4   Costa Rica 1 3 0 1 2 2 10 -8
13 de junho Colômbia   1 – 2   México Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, Santa Cruz

Ricard   58' Hernández   7',   11' Árbitro:  ARG Horacio Elizondo
13 de junho Brasil   5 – 0   Costa Rica Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, Santa Cruz

Djalminha   20'
González   34'
Ronaldo   47',   54'
Romário   60'
Árbitro:  PAR Epifanio González

16 de junho Colômbia   4 – 1   Costa Rica Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, Santa Cruz

Morantes   13',   23'
Cabrera   62' (pen)
Aristizábal   78'
Wright   66' Árbitro:  EUA Esfandiar Baharmast
16 de junho Brasil   3 – 2   México Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, Santa Cruz

Aldair   47'
Romero   59'
Leonardo   77'
Hernández   13',   31' Árbitro:  PER José Arana

19 de junho México   1 – 1   Costa Rica Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, Santa Cruz

Hernández   14' (pen) Medford   60' Árbitro:  BOL Juan Carlos Paniagua
19 de junho Brasil   2 – 0   Colômbia Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, Santa Cruz

Dunga   11'
Edmundo   67'
Árbitro:  PAR Epifanio González

Melhores terceiros classificadosEditar

As duas melhores seleções terceiro colocadas nos grupos também avançaram para as quartas-de-final.

Seleção P J V E D GP GC SG Grupo
  Paraguai 4 3 1 1 1 2 3 -1 A
  Colômbia 3 3 1 0 2 5 5 0 C
  Uruguai 3 3 1 0 2 2 2 0 B

Fase finalEditar

Quartas de final Semifinais Final
                   
22 de junho – Santa Cruz        
    Brasil  2
26 de junho – Santa Cruz
    Paraguai  0  
    Brasil  7
21 de junho – Sucre
      Peru  0  
    Peru  2
29 de junho – La Paz
    Argentina  1  
    Brasil  3
21 de junho – La Paz
      Bolívia  1
    Bolívia  2
25 de junho – La Paz
    Colômbia  1  
    Bolívia  3 Terceiro lugar
22 de junho – Cochabamba
      México  1  
    México (pen)  1 (4)     México  1
    Equador  1 (3)       Peru  0
28 de junho – Oruro

Quartas de finalEditar

21 de junho Argentina   1 – 2   Peru Estádio Olímpico Patria, Sucre

Gallardo   66' (pen) Carazas   30'
Hidalgo   61'
Árbitro:  EQU Byron Moreno

21 de junho Bolívia   2 – 1   Colômbia Estádio Hernando Siles, La Paz

Etcheverry   3'
E. Sánchez   24'
Gaviria   57' Árbitro:  ARG Horacio Elizondo

22 de junho México   1 – 1   Equador Estádio Félix Capriles, Cochabamba

Blanco   17' Capurro   6' (pen) Árbitro:  BRA Antônio Pereira da Silva
    Penalidades  
Hernández  
Suárez  
Blanco  
Chávez  
Villa  
J. Sánchez  
4 – 3   Montaño
  Capurro
  de la Cruz
  Graziani
  Fernández
  Rosero
 

22 de junho Brasil   2 – 0   Paraguai Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, Santa Cruz

Ronaldo   9',   34' Árbitro:  COL Rafael Sanabria

SemifinaisEditar

25 de junho Bolívia   3 – 1   México Estádio Hernando Siles, La Paz

E. Sánchez   27'
R. Castillo   39'
Moreno   79'
Ramírez   8' Árbitro:  PAR Epifanio González

26 de junho Brasil   7 – 0   Peru Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, Santa Cruz

Denílson   1'
Flávio Conceição   28'
Romário   36',   49'
Leonardo   45',   55'
Djalminha   77'
Árbitro:  CRC Rodrigo Badilla

Decisão do terceiro lugarEditar

28 de junho Peru   0 – 1   México Estádio Jesús Bermúdez, Oruro

Hernández   82' Árbitro:  VEN Paolo Borgosano

FinalEditar

 Ver artigo principal: Final da Copa América de 1997
29 de junho de 1997 Bolívia   1 – 3   Brasil Estadio Hernando Siles, La Paz
17:00
E. Sánchez   45' Edmundo   40'
Ronaldo   79'
Zé Roberto   90'
Árbitro:  URU Jorge Nieves

PremiaçãoEditar

Copa América de 1997
 
Brasil
Campeão
(5º título)

Classificação finalEditar

Ligações externasEditar