Abrir menu principal
Partida entre Brasil e Bolívia foi a inaugural do grupo A e também da competição.

O Grupo A da Copa América de 2019, 46ª edição desta competição realizada quadrienalmente pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL), reuniu as seleções do Brasil, da Bolívia, da Venezuela e do Peru. Os jogos deste grupo foram realizados em cinco cidades brasileiras. Os componentes deste grupo foram definidos por sorteio realizado em 24 de janeiro de 2019 na Cidade das Artes, Rio de Janeiro.[1]

EquipesEditar

Inscrição Seleção Participação Melhor resultado anterior
A1 (cabeça-de-chave)   Brasil 36ª Campeão (1919, 1922, 1949, 1989, 1997, 1999, 2004 e 2007)
A2   Bolívia 27ª Campeão (1963)
A3   Venezuela 18ª 4º lugar (2011)
A4   Peru 32ª Campeão (1939 e 1975)

Histórico dos confrontosEditar

Brasil vs. Bolívia[2]

As seleções do Brasil e da Bolívia enfrentaram-se 29 vezes, sendo uma partida válida pela Copa do Mundo FIFA, quinze pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA, três partidas amistosas e dez pela Copa América. O Brasil venceu vinte partidas, marcando 96 gols ao total, enquanto a Bolívia venceu cinco partidas, marcando 25 gols ao total, tendo quatro partidas empatadas. A maior diferença de gols em partidas vitoriosas do Brasil ocorreu no dia 10 de abril de 1949 pelo placar de 10–1, válida pelo Campeonato Sul-Americano de Futebol de 1949. Já para a Bolívia, a vitória com maior diferença de gols ocorreu no dia 7 de novembro de 2001, pelo placar de 3–1, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2002.

Venezuela vs. Peru[3]

As seleções da Venezuela e do Peru enfrentaram-se 33 vezes, sendo dezesseis pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA, dez partidas amistosas e sete pela Copa América. A Venezuela venceu oito partidas, marcando 39 gols ao total, enquanto o Peru venceu vinte partidas, marcando sessenta gols ao total, tendo cinco partidas empatadas. A maior diferença de gols em partidas vitoriosas da Venezuela ocorreu no dia 3 de setembro de 2005, pelo placar de 4–1, válida Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2006. Já para o Peru, a vitória com maior diferença de gols ocorreu no dia 12 de julho de 1991, pelo placar de 5–1, válida pela Copa América de 1991.

Bolívia vs. Peru[4]

As seleções da Bolívia e do Peru enfrentaram-se 47 vezes, sendo 17 partidas válidas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA, 15 partidas amistosas e 15 pela Copa América. A Bolívia venceu treze partidas, marcando 45 gols ao total, enquanto o Peru venceu 22 partidas, marcando 73 gols ao total, tendo doze partidas empatadas. A maior diferença de gols em partidas vitoriosas da Bolívia ocorreu no dia 11 de outubro de 2008 pelo placar de 3–0, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2010. Já para o Peru, a vitória com maior diferença de gols ocorreu no dia 17 de julho de 1977, pelo placar de 5–0, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 1978.

Brasil vs. Venezuela[5]

As seleções do Brasil e da Venezuela enfrentaram-se 24 vezes, sendo 16 partidas válidas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA, uma partida amistosa e sete pela Copa América. O Brasil venceu 21 partidas, marcando 89 gols ao total, enquanto a Venezuela venceu uma partida, marcando oito gols ao total, tendo duas partidas empatadas. A maior diferença de gols em partidas vitoriosas do Brasil ocorreu no dia 30 de junho de 1999 pelo placar de 7–0, válida pela Copa América de 1999. Já para a Venezuela, a vitória com maior diferença de gols ocorreu no dia 6 de junho de 2008, pelo placar de 2–0, em partida amistosa.

Peru vs. Brasil[6]

As seleções do Brasil e do Peru enfrentaram-se 43 vezes, sendo duas partidas válidas pela Copa do Mundo FIFA, onze pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA, treze partidas amistosas e dezessete pela Copa América. O Brasil venceu trinta partidas, marcando noventa gols ao total, enquanto o Peru venceu quatro partidas, marcando 29 gols ao total, tendo nove partidas empatadas. A maior diferença de gols em partidas vitoriosas do Brasil ocorreu no dia 26 de junho de 1997 pelo placar de 7–0, válida pela Copa América de 1997. Já para o Peru, a vitória com maior diferença de gols ocorreu no dia 30 de setembro de 1975, pelo placar de 3–1, válida pela Copa América de 1975.

Bolívia vs. Venezuela[7]

As seleções da Bolívia e da Venezuela enfrentaram-se 36 vezes, sendo 18 partidas válidas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA, quatorze partidas amistosas e quatro pela Copa América. A Bolívia venceu dezesseis partidas, marcando 73 gols ao total, enquanto a Venezuela venceu dez partidas, marcando cinquenta gols ao total, tendo dez partidas empatadas. A maior diferença de gols em partidas vitoriosas da Bolívia ocorreu no dia 21 de agosto de 1993 pelo placar de 7–0, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 1994. Já para a Venezuela, a vitória com maior diferença de gols ocorreu no dia 10 de novembro de 2016, pelo placar de 5–0, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2018.

Confrontos entre seleções
Seleção BRA BOL VEN PER
CM ECM AM CA CM ECM AM CA CM ECM AM CA CM ECM AM CA
Brasil 1 15 3 10 0 16 1 7 2 11 13 17
Bolívia 1 15 3 10 0 18 14 4 0 17 15 15
Venezuela 0 16 1 7 0 18 14 4 0 16 10 7
Peru 2 11 13 17 0 17 15 15 0 16 10 7

Legenda

EstádiosEditar

Os jogos do grupo A serão disputados nos estádios localizados nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador e Belo Horizonte.

Rio de Janeiro São Paulo
Estádio do Maracanã Estádio do Morumbi Arena Corinthians
Capacidade: 78 838 Capacidade: 77 011 Capacidade: 47 605
     
A3 A1 A5
Belo Horizonte Porto Alegre Salvador
Estádio Mineirão Arena do Grêmio Arena Fonte Nova
Capacidade: 58 170 Capacidade: 55 662 Capacidade: 51 900
     
A6 A2 A4

ClassificaçãoEditar

Legenda
Equipes qualificadas para a fase final
Equipe qualificada como melhor terceira colocada
Equipe eliminada
Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG
1   Brasil 7 3 2 1 0 8 0 +8
2   Venezuela 5 3 1 2 0 3 1 +2
3   Peru 4 3 1 1 1 3 6 –3
4   Bolívia 0 3 0 0 3 2 9 –7

JogosEditar

Todos os jogos seguem o fuso horário de Brasília (UTC−3).

Brasil vs. BolíviaEditar

14 de junho Brasil   3 – 0   Bolívia Estádio do Morumbi, São Paulo
21:30
Philippe Coutinho   49' (pen),   52'
Everton   84'
Relatório Público: 51 587[8]
Árbitro:  ARG Néstor Pitana
     
 
 
Brasil
     
 
 
Bolívia
G 1 Alisson
LD 13 Daniel Alves  
Z 2 Thiago Silva
Z 4 Marquinhos
LE 6 Filipe Luís
V 5 Casemiro
V 17 Fernandinho
M 11 Philippe Coutinho   67'
A 7 David Neres   80'
A 20 Roberto Firmino   64'
A 21 Richarlison   83'
Substituições:
A 9 Gabriel Jesus   64'
A 19 Everton   80'
A 10 Willian   83'
Treinador:
  Tite
 
G 1 Carlos Lampe
LD 4 Luis Haquin
Z 6 Erwin Saavedra   64'
LE 17 Marvin Bejarano  
V 20 Fernando Saucedo   20'   59'
M 8 Diego Bejarano
M 22 Adrián Jusino
M 14 Raúl Castro   74'
M 3 Alejandro Chumacero
M 7 Leonel Justiniano
A 9 Marcelo Martins
Substituições:
M 16 Diego Wayar   59'
A 11 Leonardo Vaca   64'
M 19 Ramiro Vaca   74'
Treinador:
  Eduardo Villegas

Homem do jogo:
  Philippe Coutinho[9]

Assistentes:
 ARG Hernán Maidana
 ARG Juan Pablo Belatti
Quarto árbitro:
 ECU Roddy Zambrano
Árbitro assistente de vídeo:
 ARG Patricio Loustau
Assistentes do árbitro assistente de vídeo:
 ARG Fernando Rapallini
 ARG Ezequiel Brailovsky

Venezuela vs. PeruEditar

15 de junho Venezuela   0 – 0   Peru Arena do Grêmio, Porto Alegre
16:00
Relatório Público: 17 482[10]
Árbitro:  COL Wilmar Roldán
     
 
 
Venezuela
     
 
 
Peru
G 1 Wuilker Faríñez
LD 16 Roberto Rosales
Z 4 Jhon Chancellor
Z 2 Mikel Villanueva
LE 14 Luis Mago     5', 74'
V 5 Júnior Moreno   78'
V 8 Tomás Rincón  
V 6 Yangel Herrera
M 15 Jhon Murillo   83'
M 10 Jefferson Savarino   68'
A 23 Salomón Rondón
Substituições:
M 7 Darwin Machís   68'
V 20 Ronald Hernández   78'
M 18 Yeferson Soteldo   83'
Treinador:
  Rafael Dudamel
 
G 1 Pedro Gallese
LD 17 Luis Advíncula
Z 15 Carlos Zambrano
Z 2 Luis Abram
LE 6 Miguel Trauco
V 13 Renato Tapia   25'
V 19 Yoshimar Yotún   66'
M 10 Jefferson Farfán
M 8 Christian Cueva   45'
M 23 Christofer Gonzáles   87'
A 9 Paolo Guerrero  
Substituições:
M 20 Edison Flores   45'
V 14 Andy Polo   66'
M 18 André Carrillo   90+2'   87'
Treinador:
  Ricardo Gareca

Homem do jogo:
  Paolo Guerrero[9]

Assistentes:
 COL Alexander Guzmán
 COL Jhon León
Quarto árbitro:
 ECU Carlos Orbe
Árbitro assistente de vídeo:
 URU Leodán González
Assistentes do árbitro assistente de vídeo:
 COL Andrés Rojas
 ECU Cristian Lescano

Bolívia vs. PeruEditar

18 de junho Bolívia   1 – 3   Peru Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
18:30
Martins   27' (pen) Relatório Guerrero   44'
Farfán   54'
Flores   90+5'
Público: 26 358[11]
Árbitro:  ECU Roddy Zambrano
     
 
 
Bolívia
     
 
 
Peru
G 1 Carlos Lampe
LD 8 Diego Bejarano
Z 4 Luis Haquin   82'
Z 22 Adrián Jusino
LE 17 Marvin Bejarano  
M 6 Erwin Saavedra   73'
M 7 Leonel Justiniano
M 20 Fernando Saucedo   71'
M 3 Alejandro Chumacero   30'
A 14 Raúl Castro   80'
A 9 Marcelo Martins
Substituições:
Z 21 Roberto Fernández   72'   71'
A 11 Leonardo Vaca   73'
A 18 Gilbert Álvarez   80'
Treinador:
  Eduardo Villegas
 
G 1 Pedro Gallese
LD 17 Luis Advíncula
Z 15 Carlos Zambrano   27'   85'
Z 2 Luis Abram
LE 6 Miguel Trauco
M 13 Renato Tapia
M 19 Yoshimar Yotún
M 10 Jefferson Farfán
M 8 Christian Cueva   79'
M 14 Andy Polo
A 9 Paolo Guerrero     42'   90+3'
Substituições:
M 20 Edison Flores   79'
Z 5 Miguel Araujo   85'
M 23 Christofer Gonzáles   90+3'
Treinador:
  Ricardo Gareca

Homem do jogo:
  Paolo Guerrero[9]

Assistentes:
 ECU Christian Lescano
 ECU Byron Romero
Quarto árbitro:
 CHI Piero Maza
Árbitro assistente de vídeo:
 URU Esteban Ostojich
Assistentes do árbitro assistente de vídeo:
 COL Nicolás Gallo
 ARG Hernán Maidana

Brasil vs. VenezuelaEditar

18 de junho Brasil   0 – 0   Venezuela Arena Fonte Nova, Salvador
21:30
Relatório Público: 42 571[12]
Árbitro:  CHI Julio Bascuñán
     
 
 
Brasil
     
 
 
Venezuela
G 1 Alisson
LD 13 Daniel Alves  
Z 2 Thiago Silva
Z 4 Marquinhos
LE 6 Filipe Luís
V 5 Casemiro   41'   57'
V 8 Arthur
M 11 Philippe Coutinho
A 21 Richarlison   45'
A 20 Roberto Firmino
A 7 David Neres   71'
Substituições:
A 9 Gabriel Jesus   45'
V 17 Fernandinho   57'
A 19 Everton   71'
Treinador:
  Tite
 
G 1 Wuilker Faríñez
LD 16 Roberto Rosales
Z 3 Yordan Osorio
Z 2 Mikel Villanueva
LE 20 Ronald Hernández
V 5 Júnior Moreno
M 7 Darwin Machís   75'
V 6 Yangel Herrera   65'
V 8 Tomás Rincón  
M 15 Jhon Murillo   36'
A 23 Salomón Rondón   85'
Substituições:
A 18 Yeferson Soteldo   65'
M 19 Arquímedes Figuera   75'
A 17 Josef Martínez   85'
Treinador:
  Rafael Dudamel

Homem do jogo:
  Philippe Coutinho[9]

Assistentes:
 CHI Christian Schiemann
 CHI Claudio Ríos
Quarto árbitro:
 COL Andrés Rojas
Árbitro assistente de vídeo:
 CHI Roberto Tobar
Assistentes do árbitro assistente de vídeo:
 ARG Fernando Rapallini
 COL Alexander Guzmán

Peru vs. BrasilEditar

22 de junho Peru   0 – 5   Brasil Arena Corinthians, São Paulo
16:00
Relatório Casemiro   11'
Roberto Firmino   18'
Everton   31'
Daniel Alves   53'
Willian   90'
Público: 45 067[13]
Árbitro:  ARG Fernando Rapallini
     
 
 
Peru
     
 
 
Brasil
G 1 Pedro Gallese
LD 17 Luis Advíncula   80'
Z 5 Miguel Araujo
Z 2 Luis Abram
LE 6 Miguel Trauco
V 13 Renato Tapia
M 14 Andy Polo
M 19 Yoshimar Yotún   15'   46'
M 10 Jefferson Farfán
M 8 Christian Cueva   66'
A 9 Paolo Guerrero     54'
Substituições:
M 20 Edison Flores   46'
M 23 Christofer Gonzáles   54'
M 7 Josepmir Ballón   66'
Treinador:
  Ricardo Gareca
 
G 1 Alisson
LD 13 Daniel Alves  
Z 4 Marquinhos
Z 2 Thiago Silva   77'
LE 6 Filipe Luís   56'
V 8 Arthur
V 5 Casemiro   9'   69'
M 11 Philippe Coutinho   76'
M 9 Gabriel Jesus
M 19 Everton
A 20 Roberto Firmino
Substituições:
Z 12 Alex Sandro   56'
M 15 Allan   69'
M 10 Willian   76'
Treinador:
  Tite

Homem do jogo:
  Everton[9]

Assistentes:
 ARG Hernán Maidana
 ARG Eduardo Cardozo
Quarto árbitro:
 PAR Arnaldo Samaniego
Árbitro assistente de vídeo:
 COL Andrés Rojas
Assistentes do árbitro assistente de vídeo:
 COL Nicolás Gallo
 COL Wilmar Navarro

Bolívia vs. VenezuelaEditar

22 de junho Bolívia   1 – 3   Venezuela Estádio Mineirão, Belo Horizonte
16:00
Justiniano   82' Relatório Machís   1',   54'
Martínez   86'
Público: 11 746[14]
Árbitro:  URU Esteban Ostojich
     
 
 
Bolívia
     
 
 
Venezuela
G 1 Carlos Lampe
LD 8 Diego Bejarano
Z 4 Luis Haquin
Z 22 Adrián Jusino
LE 17 Marvin Bejarano     71'
V 7 Leonel Justiniano   5'
V 15 Paul Arano
M 20 Fernando Saucedo
M 11 Leonardo Vaca   34'
M 19 Ramiro Vaca
A 9 Marcelo Martins   77'
Substituições:
M 14 Raúl Castro   62'   34'
M 21 Roberto Fernández   71'
A 18 Gilbert Álvarez   77'
Treinador:
  Eduardo Villegas
 
G 1 Wuilker Faríñez
LD 20 Ronald Hernández
Z 4 Jhon Chancellor
Z 14 Luis Mago
LE 16 Roberto Rosales
V 5 Júnior Moreno
M 10 Jefferson Savarino
M 11 Juanpi   58'
M 8 Tomás Rincón  
M 7 Darwin Machís   71'
A 23 Salomón Rondón   85'
Substituições:
M 18 Yeferson Soteldo   58'
A 17 Josef Martínez   71'
M 15 Jhon Murillo   85'
Treinador:
  Rafael Dudamel

Homem do jogo:
  Darwin Machís[9]

Assistentes:
 URU Nicolás Tarán
 URU Richard Trinidad
Quarto árbitro:
 ECU Carlos Orbe
Árbitro assistente de vídeo:
 ARG Néstor Pitana
Assistentes do árbitro assistente de vídeo:
 CHI Piero Maza
 COL Alexander Guzmán

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Copa América 2019: Brasil encara Bolívia, Venezuela e Peru na fase de grupos». El País. 24 de janeiro de 2019. Consultado em 30 de Janeiro de 2019 
  2. «Raio-X: Brasil x Bolívia». OGol. Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  3. «Raio-X: Venezuela x Peru». OGol. Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  4. «Raio-X: Bolívia x Peru». OGol. Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  5. «Raio-X: Brasil x Venezuela». OGol. Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  6. «Raio-X: Peru x Brasil». OGol. Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  7. «Raio-X: Bolívia x Venezuela». OGol. Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  8. «Boletim financeiro: Brasil x Bolívia» (PDF). CONMEBOL. 14 de junho de 2019. Consultado em 28 de junho de 2019 
  9. a b c d e f «Brahma Man of the Match». Copa America 2019. Consultado em 15 de junho de 2019 
  10. «Boletim financeiro: Venezuela x Peru» (PDF). CONMEBOL. 15 de junho de 2019. Consultado em 28 de junho de 2019 
  11. «Boletim financeiro: Bolívia x Peru» (PDF). CONMEBOL. 18 de junho de 2019. Consultado em 28 de junho de 2019 
  12. «Boletim financeiro: Brasil x Venezuela» (PDF). CONMEBOL. 18 de junho de 2019. Consultado em 28 de junho de 2019 
  13. «Boletim financeiro: Peru x Brasil» (PDF). CONMEBOL. 22 de junho de 2019. Consultado em 28 de junho de 2019 
  14. «Boletim financeiro: Bolívia x Venezuela» (PDF). CONMEBOL. 22 de junho de 2019. Consultado em 28 de junho de 2019