Abrir menu principal

Copa Intercontinental de 1967

Copa Intercontinental de 1967
VII Intercontinenal Cup 1967
WCCF1967-Celtic.jpg
Programa feito pelo Celtic anunciando a primeira partida do torneio.[1]
Dados
Participantes 2
Organização CONMEBOL e UEFA
Anfitrião Escócia (1º jogo)
 Argentina (2º jogo)
Uruguai (3º jogo)
Período 18 de outubro4 de novembro
Gol(o)s 5
Partidas 3
Média 1,67 gol(o)s por partida
Campeão Argentina Racing (1º título)
Vice-campeão Escócia Celtic
Melhor marcador Cárdenas (Racing) – 2 gols
◄◄ 1966 Soccerball.svg 1968 ►►

A oitava edição da Copa Intercontinental ocorreu em 1967. Foi disputada em duas partidas regulamentares e uma de desempate entre o campeão europeu e o sul-americano.

Em 27 de outubro de 2017, após uma reunião realizada na Índia, o Conselho da FIFA reconheceu os vencedores da Copa Intercontinental como campeões mundiais.[2][3]

HistóriaEditar

Em 1967, a AFC e a CONCACAF, já tinham estabelecidos os seus torneios continentais de clubes. O então presidente da FIFA, Stanley Rous, propôs expandir a Copa Intercontinental, e que passaria a ser realizado pela entidade máxima do futebol mundial. Porém, as organizadoras da Copa Intercontinental, UEFA e CONMEBOL, foram contrárias a proposta.[4][5]

Sendo assim, esta edição foi disputada entre dois times que nunca haviam disputado a Copa Intercontinental até então.

O Celtic foi o primeiro clube escocês a vencer a Liga dos Campeões da UEFA e chegar à Copa Intercontinental. O Racing ganhara pela primeira vez a Libertadores da América. As expectativas eram mais ou menos iguais para os dois times.

Ambos os clubes vinham com uma vitória apertada de 2–1 nos campeonatos continentais. O Celtic sobre a Internazionale, da Itália e o Racing sobre o Nacional do Uruguai, este, no jogo de desempate, tendo empatado em 0–0 nos outros dois jogos.

A decisãoEditar

A primeira partida foi na Escócia, e a equipe do Racing não suportou a pressão no estádio lotado. Passou a maior parte da partida se defendendo e terminou sofrendo uma derrota por 1 a 0, gol de Mc Neill. Na Argentina os escoceses chegaram muito perto do título. Abriram o placar, com um gol de pênalti de Gemmell. Mas Raffo empatou no 2º tempo, e o valente Juan Carlos “Chango” Cardenas marcou o gol da virada já nos acréscimos.

No dia 4 de novembro de 1967 Racing e Celtic entraram no Estádio Centenário dispostos a fazer história. A partida dura, foi decidida aos 11 da segunda etapa. Cardenas puxou um contra-ataque, ficando indeciso se chutava ou cruzava para Maschio ou Raffo. Mas Maschio o gritou e mando-o chutar ao gol, e o jogador não teve dúvidas. Acertou um belo chute de canhota a 30 metros do gol, 1 a 0. Os cinco mil argentinos que haviam atravessado o Rio da Prata vibravam, enquanto o atacante argentino vibrava abraçado a Juan José Pizutti. Naquele momento, ambos entravam para a história do futebol, ao dar o primeiro título intercontinental para o futebol argentino.

ParticipantesEditar

Localidade das equipes que disputaram a Copa Intercontinental 1967.
Confederação Equipe Classificação Participação
CONMEBOL   Racing Campeão da Copa Libertadores da América de 1967
UEFA   Celtic Campeão da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1966–67

ChaveamentoEditar

  A Classificação[NOTA] Copa Intercontinental 1967
                     
   Celtic 2  
   Internazionale 1  
     Celtic 1 1 0
     Racing 0 2 1
   Racing 0 0 2
   Nacional 0 0 1
Notas

PartidasEditar

Jogo de idaEditar

18 de outubro de 1967 Celtic   1 – 0   Racing Hampden Park, Glasgow
20:00 (UTC+0)
McNeill   69' Público: ≈103.000
Árbitro:  ESP Juan Gardeazábal
 
     
 
 
Celtic
     
 
 
Racing
 
CELTIC:
G   Simpson
LD   Craig
Z   McNeill (C)
Z   Gemmell
LE   Clark
M   Murdoch
M   Auld
A   Johnstone
A   Lennox
A   Wallace
A   Hughes
Treinador:
  Jock Stein
RACING:
G   Cejas
LD   Martín (C)
Z   Perfumo
Z   Díaz
LE   Basile
M   Mori
M   Rulli
A   Raffo
A   Cárdenas
A   Rodríguez
A   Maschio
Treinador:
  Juan José Pizzuti

Jogo de voltaEditar

1 de novembro de 1967 Racing   2 – 1   Celtic Juan Domingo Perón, Avellaneda
19:30 (UTC−3)
Raffo   48'
Cárdenas   93'
Gemmell   21' (pen) Público: ≈100.000
Árbitro:  URU Esteban Marino
 
     
 
 
Racing
     
 
 
Celtic
 
RACING:
G   Cejas
LD   Martín (C)
Z   Perfumo
Z   Chabay
LE   Basile
M   Rulli
M   Cardoso
A   Raffo
A   Cárdenas
A   Rodríguez
A   Maschio
Treinador:
  Juan José Pizzuti
CELTIC:
G   Fallon
LD   Craig
Z   McNeill (C)
Z   Gemmell
LE   Clark
M   Murdoch
M   O'Neil
A   Johnstone
A   Lennox
A   Wallace
A   Chalmers
Treinador:
  Jock Stein

Jogo de desempateEditar

4 de novembro de 1967 Racing   1 – 0   Celtic Centenário, Montevidéu
15:50 (UTC−3)
Cárdenas   56' Público: 65 172
Árbitro:  PAR Rodolfo Pérez Osório
 
     
 
 
Racing
     
 
 
Celtic
 
RACING:
G   Cejas
LD   Martín (C)
Z   Perfumo
Z   Chabay
LE   Basile
M   Rulli
M   Cardoso
A   Raffo
A   Cárdenas
A   Rodríguez
A   Maschio
Treinador:
  Juan José Pizzuti
CELTIC:
G   Fallon
LD   Craig
Z   McNeill (C)
Z   Gemmell
LE   Clark
M   Murdoch
M   Auld
A   Johnstone
A   Lennox
A   Wallace
A   Hughes
Treinador:
  Jock Stein

CampeãoEditar

Copa Intercontinental de 1967
 
RACING
1° titulo

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências