Abrir menu principal

Wikipédia β

Copa Libertadores da América de 1961

Taça Libertadores da América de 1961
II Copa dos Campeões da América
Peñarol - campeon de america 1961.jpg
O clube uruguaio Peñarol, campeão da Copa Libertadores da América de 1961 com destaque para o atacante equatoriano Alberto Spencer (o segundo agachado, da esquerda para a direita).
Dados
Participantes 9
Organização CONMEBOL
Local de disputa Flags of the Union of South American Nations.gif América do Sul
Período 2 de abril11 de junho
Gol(o)s 52
Partidas 16
Média 3,25 gol(o)s por partida
Campeão Uruguai Peñarol (2º título)
Vice-campeão Brasil Palmeiras
Melhor marcador ArgentinaARG Panzutto (Santa Fe) – 4 gols
Melhor ataque (fase inicial) Paraguai Olimpia – 6 gols
Melhor defesa (fase inicial) Brasil Palmeiras – Nenhum gol
Maior goleada
(diferença)
Peñarol Uruguai 5 – 0 Peru Universitario
Estádio CentenárioMontevidéu
19 de abril, Primeira fase
Público 583 780
Média 36 486,3 pessoas por partida
◄◄ Libertadores 1960 Soccerball.svg Libertadores 1962 ►►

A Taça Libertadores da América de 1961, originalmente denominada Copa dos Campeões da América pela CONMEBOL, foi a segunda edição do torneio. Contou com a participação de 9 países (apenas a Venezuela não participou).

O título ficou novamente com o Peñarol, do Uruguai, que derrotou o time brasileiro do Palmeiras.

Índice

Equipes classificadasEditar

País Equipe Cidade Classificação Títulos Participação
  Argentina
(1 vaga)
Independiente Avellaneda Campeão do Campeonato Argentino de 1960 0 (não possui)
  Bolívia
(1 vaga)
Jorge Wilstermann Cochabamba Campeão do Campeonato Boliviano de 1960 0 (não possui)
  Brasil
(1 vaga)
Palmeiras São Paulo Campeão do Campeonato Brasileiro de 1960 0 (não possui)
  Chile
(1 vaga)
Colo-Colo Santiago Campeão do Campeonato Chileno de 1960 0 (não possui)
  Colômbia
(1 vaga)
Santa Fe Bogotá Campeão do Campeonato Colombiano de 1960 0 (não possui)
  Equador
(1 vaga)
Barcelona de Guayaquil Guayaquil Campeão do Campeonato Equatoriano de 1960 0 (não possui)
  Paraguai
(1 vaga)
Olimpia Assunção Campeão do Campeonato Paraguaio de 1960 0 (não possui)
  Peru
(1 vaga)
Universitario Lima Campeão do Campeonato Peruano de 1960 0 (não possui)
  Uruguai
(1 vaga)
Peñarol Montevidéu Campeão do Campeonato Uruguaio de 1960 1 (1960)

TabelaEditar

Fase preliminarEditar

Equipe Pts J V E D GP GC SG
  Santa Fe 3 2 1 1 0 5 2 +3
  Barcelona de Guayaquil 1 2 0 1 1 2 5 -3
Jogo de ida
2 de abril de 1961 Independiente Santa Fe   3 – 0   Barcelona El Campín, Bogotá (Colômbia)

Osvaldo Panzutto    
Alberto Perazzo  
Público: 25.000
Árbitro:  EQU Rafael Guerrero Parker
Jogo de volta
9 de abril de 1961 Barcelona   2 – 2   Independiente Santa Fe Modelo, Guayaquil (Equador)

Romero    Perazzo  
Panzutto  
Público: 15.000
Árbitro:  COL Ovidio Orrego

Quartas-de-finalEditar

Grupo 1Editar

Equipe Pts J V E D GP GC SG
  Olimpia 2 2 1 0 1 6 4 +2
  Colo-Colo 2 2 1 0 1 4 6 -2
Jogo de ida
9 de abril de 1961 Colo-Colo   2 – 5   Olimpia Nacional, Santiago (Chile)

Hormazábal  
Toro  
Cabral   
Ferreira   
González  
Público: 17.780
Árbitro:  URU Esteban Marino
Jogo de volta
16 de abril de 1961 Olimpia   1 – 2   Colo-Colo Manuel Ferreira, Assunção (Paraguai)

González   Hormazábal  
Álvarez  
Público: 35.000
Árbitro:  URU Pablo Victor Vaga

Grupo 2Editar

Equipe Pts J V E D GP GC SG
  Peñarol 2 2 1 0 1 5 2 +3
  Universitario 2 2 1 0 1 2 5 -3
Jogo de ida
19 de abril de 1961 Peñarol   5 – 0   Universitario Centenario, Montevidéu (Uruguai)

Joya   
Spencer   
Sasía  
Público: 57.630
Árbitro:  CHI Carlos Robles
Jogo de volta
30 de abril de 1961 Universitario   2 – 0   Peñarol Nacional, Lima (Peru)

Uribe  
Iwasaki  
Público: 12.000
Árbitro:  CHI Carlos Robles

Grupo 3Editar

Equipe Pts J V E D GP GC SG
  Palmeiras 4 2 2 0 0 3 0 +3
  Independiente 0 2 0 0 2 0 3 -3
Jogo de ida
4 de maio de 1961 Independiente   0 – 2   Palmeiras Racing Club, Avellaneda (Argentina)

Gildo  
Zequinha  
Público: 25.000
Árbitro:  PAR Jose Dimas Larrosa
Jogo de volta
11 de maio de 1961 Palmeiras   1 – 0   Independiente Pacaembu, São Paulo (SP)

Scotto   Público: 40.000
Árbitro:  PAR Jose Dimas Larrosa

Grupo 4Editar

Equipe Pts J V E D GP GC SG
  Santa Fe 2 2 1 0 1 3 3 0
  Jorge Wilstermann 2 2 1 0 1 3 3 0
Jogo de ida
30 de abril de 1961 Jorge Wilstermann   3 – 2   Independiente Santa Fe Félix Capriles, Cochabamba (Bolívia)

López   
Sánchez  
Panzutto  
Castro  
Público: 35.000
Árbitro:  CHI Carlos Robles
Jogo de volta
7 de maio de 1961 Independiente Santa Fe   1 – 0   Jorge Wilstermann El Campín, Bogotá (Colômbia)

Claure   (GC) Público: 25.000
Árbitro:  ARG Luis Ventre

SemifinaisEditar

Grupo AEditar

Equipe Pts J V E D GP GC SG
  Palmeiras 3 2 1 1 0 6 3 +3
  Santa Fe 1 2 0 1 1 3 6 -3
Jogo de ida
21 de maio de 1961 Independiente Santa Fe   2 – 2   Palmeiras El Campín, Bogotá (Colômbia)

Perazzo  
Castro  
Gildo  
Chinesinho  
Público: 35.000
Árbitro:  BRA João Etzel Filho
Jogo de volta
28 de maio de 1961 Palmeiras   4 – 1   Independiente Santa Fe Pacaembu, São Paulo (SP)

Romeiro   
Humberto  
Gildo  
Mottura   Público: 60.000
Árbitro:  COL Ovidio Orrego

Grupo BEditar

Equipe Pts J V E D GP GC SG
  Peñarol 4 2 2 0 0 5 2 +3
  Olimpia 0 2 0 0 2 2 5 -3
Jogo de ida
21 de maio de 1961 Peñarol   3 – 1   Olimpia Centenario, Montevidéu (Uruguai)

Joya  
Cubilla  
Cano  
González   Público: 42.000
Árbitro:  ARG Carlos Nai Foino
Jogo de volta
27 de maio de 1961 Olimpia   1 – 2   Peñarol Manuel Ferreira, Assunção (Paraguai)

Claudio Lezcano   Sasía  
Cubilla  
Público: 15.000
Árbitro:  ARG José Luis Praddaude

FinaisEditar

Equipe Pts J V E D GP GC SG
  Peñarol 3 2 1 1 0 2 1 +1
  Palmeiras 1 2 0 1 1 1 2 -1
Jogo de ida
4 de junho de 1961 Peñarol   1 – 0   Palmeiras Centenario, Montevidéu (Uruguai)

Spencer   89' Público: 64.376
Árbitro:  ARG Jose Luis Praddaude
Auxiliares:  ARG Juan Brozzi e  ARG Carlos Nai Foino
 
     
 
 
Peñarol
     
 
 
Palmeiras
 
PEÑAROL:
G   Maidana
LD   Martínez
Z   Cano
Z   Matosas
LE   González
M   Aguerre
M   Cubilla
A   Ledesma
A   Spencer
A   Sasía
A   Joya
Treinador:
  Roberto Scarone
PALMEIRAS:
G   Valdir
LD   Djalma Santos
Z   Valdemar Carabina
Z   Aldemar
LE   Geraldo Scotto
V   Zequinha
V   Geraldo
M   Julinho Botelho
M   Romeiro
A   Chinesinho
A   Humberto
Treinador:
  Armando Renganeschi
Jogo de volta
11 de junho de 1961 Palmeiras   1 – 1   Peñarol Pacaembu, São Paulo (SP)

Nardo   69' Sasía   5' Público: 50.000
Árbitro:  ARG Jose Luis Praddaude
Auxiliares:   Juan Brozzi e   Carlos Nai Foino
 
     
 
 
Palmeiras
     
 
 
Peñarol
 
PALMEIRAS:
G   Valdir
LD   Djalma Santos
Z   Valdemar Carabina
Z   Aldemar
LE   Geraldo Scotto
V   Zequinha
V   Geraldo
M   Julinho Botelho
M   Romeiro   a'
A   Chinesinho
A   Gildo
Substituição:
A   Nardo   a'
Treinador:
  Armando Renganeschi
PEÑAROL:
G   Maidana
LD   Martínez
Z   Cano
Z   Matosas
LE   González
M   Aguerre
M   Cubilla
A   Ledesma
A   Spencer
A   Sasía
A   Joya
Treinador:
  Roberto Scarone


Libertadores 1961
 
PEÑAROL
Campeão
(2º título)

ArtilheirosEditar

Pos Jogador Clube Gols
1   Osvaldo Panzutto   Santa Fe 4
2   Alberto Perazzo   Santa Fe 3
  Benicio Ferreira   Olimpia 3
  Juan Joya   Peñarol 3
  Jose Francisco Sasía   Peñarol 3
  Alberto Spencer   Peñarol 3

PúblicoEditar

Os 16 jogos da Copa Libertadores da América de 1961 convocaram 583 mil espectadores nos estádios, o equivalente a uma média de 36.000 por jogo.

Equipe País Total Partidas Média
Peñarol   Uruguai 164.006 3 54.668
Santa Fe   Colômbia 135.000 3 45.000
Palmeiras   Brasil 130.000 3 43.333
Jorge Wilstermann   Bolívia 35.000 1 35.000
Independiente   Argentina 25.000 1 25.000
Olimpia   Paraguay 50.000 2 25.000
Colo-Colo   Chile 17.780 1 17.780
Barcelona   Ecuador 15.000 1 15.000
Universitario   Peru 12.000 1 12.000

Veja tambémEditar

Ligações externasEditar