Abrir menu principal

Wikipédia β

Copa Libertadores da América de 1963

A Taça Libertadores da América de 1963, originalmente denominada Copa dos Campeões da América pela CONMEBOL, foi a quarta edição do torneio. Participaram as equipes de 8 países. Não houve representantes da Bolívia e Venezuela.

Taça Libertadores da América de 1963
IV Copa dos Campeões da América
Dados
Participantes 9
Organização CONMEBOL
Local de disputa Flags of the Union of South American Nations.gif América do Sul
Período 7 de abril11 de setembro
Gol(o)s 64
Partidas 20
Média 3,2 gol(o)s por partida
Campeão Brasil Santos (2º título)
Vice-campeão Argentina Boca Juniors
Melhor marcador Argentina Sanfilippo (Boca Juniors) – 7 gols
Melhor ataque (fase inicial) Uruguai Peñarol – 14 gols
Melhor defesa (fase inicial) 1 gol:
Maior goleada
(diferença)
Peñarol Uruguai 9 – 1 Equador Everest
Estádio CentenárioMontevidéu
30 de abril, Grupo 2
◄◄ Libertadores 1962 Soccerball.svg Libertadores 1964 ►►

O Santos, campeão do ano anterior, novamente sagrou-se campeão de maneira invicta, ao derrotar na final o Boca Juniors, da Argentina.

Índice

Equipes classificadasEditar

País Equipe Cidade Classificação Títulos Participação
  Argentina
(1 vaga)
Boca Juniors Buenos Aires Campeão do Campeonato Argentino de 1962 0 (não possui)
  Brasil
(1 vaga + atual campeão)
Santos Santos Campeão da Copa Libertadores e do Campeonato Brasileiro de 1962 1 (1962)
Botafogo Rio de Janeiro Vice-campeão do Campeonato Brasileiro de 1962 0 (não possui)
  Chile
(1 vaga)
Universidad de Chile Santiago Campeão do Campeonato Chileno de 1962 0 (não possui)
  Colômbia
(1 vaga)
Millonarios Bogotá Campeão do Campeonato Colombiano de 1962 0 (não possui)
  Equador
(1 vaga)
Everest Guayaquil Campeão do Campeonato Equatoriano de 1962 0 (não possui)
  Paraguai
(1 vaga)
Olimpia Assunção Campeão do Campeonato Paraguaio de 1962 0 (não possui)
  Peru
(1 vaga)
Alianza Lima Lima Campeão do Campeonato Peruano de 1962 0 (não possui)
  Uruguai
(1 vaga)
Peñarol Montevidéu Campeão do Campeonato Uruguaio de 1962 2 (1960, 1961)

TabelaEditar

Primeira faseEditar

Grupo 1Editar

Equipe Pts J V E D GP GC SG
  Botafogo 8 4 4 0 0 6 1 +5
  Alianza Lima 3 4 1 1 2 2 3 -1
  Millonarios 1 4 0 1 3 0 4 -4
  ALI BOT MIL
Alianza Lima 0-1 0-0
Botafogo 2-1 1-0*
Millonarios 0-1 0-2

* O Botafogo ganhou os pontos do jogo, não realizado por desistência do clube colombiano. O resultado da partida ficou 1x0.

Grupo 2Editar

Time Pts J V E D GP GC SG
  Peñarol 4 2 2 0 0 14 1 13
  Everest 0 2 0 0 2 1 14 -13
Data Partida Estádio Cidade
09/06 Everest   0-5   Peñarol - Guayaquil
07/07 Peñarol   9-1   Everest - Montevidéu

Grupo 3Editar

Equipe Pts J V E D GP GC SG
  Boca Juniors 6 4 3 0 1 9 6 +3
  Olimpia 4 4 2 0 2 7 10 -3
  Universidad de Chile 2 4 1 0 3 7 7 0
  BOC OLI UCH
Boca Juniors 5-3 1-0
Olimpia 1-0 2-1
Universidad de Chile 2-3 4-1

SemifinaisEditar

Chave AEditar

Time Pts J V E D GP GC SG
  Boca Juniors 4 2 2 0 0 3 1 +2
  Peñarol 0 2 0 0 2 1 3 -2
Data Partida Estádio Cidade
07/08 Peñarol   1-2   Boca Juniors - Montevidéu
15/08 Boca Juniors   1-0   Peñarol - Buenos Aires

Chave BEditar

Time Pts J V E D GP GC SG
  Santos 3 2 1 1 0 5 1 +4
  Botafogo 1 2 0 1 1 1 5 -4
Data Partida Estádio Cidade
22/08 Santos   1-1   Botafogo Pacaembu São Paulo
28/08 Botafogo   0-4   Santos Maracanã Rio de Janeiro

FinaisEditar

Time Pts J V E D GP GC SG
  Santos 4 2 2 0 0 5 3 +2
  Boca Juniors 0 2 0 0 2 3 5 -2
4 de setembro de 1963
Santos   3 – 2   Boca Juniors Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Público: 63.376
Árbitro:   Marcel Albert Bois
Auxiliares:

Coutinho   2'   21'
Lima   28'
Sanfilippo   43'   89'
11 de setembro de 1963
Boca Juniors   1 – 2   Santos La Bombonera, Buenos Aires (Argentina)
Público: 50.000
Árbitro:   Marcel Albert Bois
Auxiliares: Werner Treichel e Eunápio de Queiros

Sanfilippo   46' Coutinho   50'
Pelé   82'
Libertadores 1963
 
SANTOS FUTEBOL CLUBE
Campeão
(2º título)

Ligações externasEditar