Abrir menu principal
Copa Rio de Profissionais 2010
Copa Rio 2010
Rio de Janeiro
Dados
Participantes 16
Organização FFERJ
Período 7 de julho20 de novembro
Gol(o)s 209 (média de 1,24)
Média gol(o)s por partida
Campeão Sendas
Vice-campeão Município do Rio de Janeiro Bangu
Melhor marcador Pipico (Bangu) - 8 gols
◄◄ Rio de Janeiro Copa Rio 2009 Soccerball.svg Rio de JaneiroCopa Rio 2011 ►►

A Copa Rio de Profissionais de 2010 foi a 15ª edição dessa competição. Seguindo o padrão das tres últimas, o torneio é disputado pelos clubes considerados "pequenos" do Estado do Rio de Janeiro, buscando movimentar as equipes no segundo semestre - já que no primeiro disputaram o Campeonato Carioca.

Sendas campeão em 2010

Como a Série B e a Série C de 2010 foram realizadas no primeiro semestre e em partes finais do segundo semestre, o torneio começou mais tarde que nos anos anteriores, o que causou uma certa desfiguração de todas as equipes em relação aos torneios estaduais. Outra novidade foi a possibilidade dada ao campeão de optar entre disputar a Copa do Brasil de 2011 ou a Série D de 2011, ficando com o vice-campeão a vaga no outro torneio (nos anos anteriores o campeão disputava a Copa do Brasil), dando mais valor ao título às equipes que ambicionam crescer no cenário nacional.

O torneio foi organizado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro e divido em 4 fases; além de ter tido jogos, em sua grande maioria, às quartas e aos sábados às 15h.



Equipes envolvidasEditar

Apesar de a FFERJ permitir a participação de vinte equipes, houve apenas dezesseis participantes - o menor número desde que o torneio voltou a ser disputado, em 2007.

Equipes da primeira faseEditar

Participam da primeira fase as 4 melhores equipes classificadas na 2ª Divisão do Campeonato Carioca de 2009, a partir da 3ª colocação e que estejam devidamente regularizadas junto à FFERJ, e as 3 melhores equipes classificadas na 3ª Divisão do Campeonato Carioca de 2009, a partir da 2ª colocação e que também estejam devidamente regularizadas.

Equipes da segunda faseEditar

Entram já na segunda fase as 8 melhores equipes da 1ª Divisão do Campeonato Carioca de 2009 (à exceção do Duque de Caxias, que disputará a Série B do Campeonato Brasileiro e o Macaé que disputará a Série C do Campeonato Brasileiro); as 2 primeiras da 2ª Divisão do Campeonato Carioca de 2009; e a campeã da 3ª Divisão do Campeonato Carioca de 2009.

Equipe Cidade Em 2009 Estádio Capacidade Títulos (mais recente)
América   Rio de Janeiro Não disputou Giulitte Coutinho 12.840 0
Americano   Campos dos Goytacazes 14º Godofredo Cruz 25.000 0
Bangu   Rio de Janeiro 15º Moça Bonita 9.564 0
Boavista   Saquarema 13º Eucyr Resende 6.000 0
Friburguense   Nova Friburgo 12º Eduardo Guinle 6.550 0
Goytacaz   Campos dos Goytacazes Não disputou Ary de Oliveira e Souza 15.000 0
Madureira   Rio de Janeiro Conselheiro Galvão 3.314 0
Resende   Resende Estádio do Trabalhador 4.000 0
Sampaio Corrêa   Saquarema Não disputou Lourival Gomes de Almeida 10.000 0
Tigres do Brasil   Duque de Caxias De Los Lários 11.000 2 (2009)
Volta Redonda   Volta Redonda Raulino de Oliveira 15.150 4 (2007)

Fórmula de disputaEditar

Na primeira fase, todos os participantes jogam entre si em jogos de ida e volta (formando o Grupo A), com os quatro primeiros colocados avançando à segunda fase. As posições dos times dentro dos grupos determinará em que grupo jogarão a segunda fase.

Na segunda fase, os quatro times qualificados da primeira juntam-se aos onze previamente classificados em três grupos já previamente definidos por sorteio da FFERJ (o primeiro e o quarto do Grupo A entram no grupo D, por exemplo). Dentro de cada grupo os times se enfrentam em jogos de ida e volta, avançando à terceira fase o líder e o vice-líder de cada grupo, além dos dois melhores terceiros colocados segundo o índice técnico (IT).

Na terceira fase, as oito equipes são dividas em dois grupos com quatro equipes cada, também de acordo com parâmetros já definidos previamente (esta parametrização seguiu o modelo do ano anterior tanto nesta fase como na anterior). Uma vez mais elas se enfrentam em esquema de ida e volta, passando à final o campeão de cada chave.

A quarta fase (final) resume-se a duas partidas - ida e volta - sendo que o mando de campo é definido por aquela classificada com melhor índice técnico.

Índice TécnicoEditar

O índice técnico (IT) de cada equipe equivale à média aritmética dos pontos feitos e dos gols marcados pelo total de jogos realizados para cada fase. Assim, IT = (PG + GP) / J.

Primeira Fase (Grupo A)Editar

Classificação
Pos Time PG J V E D GP GS SG
1 Sendas 16 7 5 1 1 15 3 12
2 Fênix 14 8 5 2 1 13 5 8
3 Goytacaz 10 7 2 4 1 9 4 5
4 Quissamã -2 7 2 1 4 7 11 -4
5 Castelo Branco -9 7 0 0 7 0 21 -21

Segunda faseEditar

Foi realizada entre os dias 28 de agosto e 29 de setembro.

Grupo BEditar

O Bangu classificou-se já na segunda rodada do returno (sétima rodada), ao vencer em casa o Resende por 1 x 0. O índice técnico do Volta Redonda, terceiro do grupo, foi de 2,88, o que lhe assegurou a vaga na fase seguinte como melhor terceiro colocado.

Confira aqui a tabela do Grupo B, com os placares de todos os jogos, e seus respectivos públicos e súmulas.

Grupo CEditar

O América só assegurou a sua vaga na última rodada, ao vencer o já classificado Goytacaz por 4 x 1.[1] Assim, o time garantiu o terceiro lugar e obteve um índice técnico de 2,11, suficiente para levá-lo à terceira fase.

Confira aqui a tabela do Grupo C, com os placares de todos os jogos, e seus respectivos públicos e súmulas.

Grupo DEditar

Já na primeira rodada do returno (quarta rodada), ao vencerem seus jogos, Friburguense e Sendas garantiram suas vagas à fase seguinte de forma antecipada.[2] Já o Sampaio Corrêa, com um índice técnico de 1,83, foi o pior terceiro colocado e acabou eliminado na segunda fase.

Confira aqui a tabela do Grupo D, com os placares de todos os jogos, e seus respectivos públicos e súmulas.

Terceira faseEditar

A terceira fase será realizada entre 6 de outubro e 10 de novembro. Com o começo do horário de verão, a 17 de outubro, os jogos a partir dessa data foram programados para começarem às 16:00, e não mais às 15:00 como todos os demais até então.[3] Curiosamente, os dois grupos tiveram em suas últimas rodadas confrontos diretos para decidir os finalistas.


Grupo EEditar

Composto pelos campeões dos grupos B (Bangu) e D (Friburguense), pelo segundos colocado do Grupo C (Goytacaz) e pelo segundo melhor terceiro colocado dentre os três grupos (América), ou seja, duas equipes rebaixadas nas competições estaduais em 2010, além dos dois times "pequenos" mais tradicionais da capital carioca.

No primeiro turno, os mandantes terminaram invictos, de modo que as duas equipes que jogaram duas vezes em casa lideraram. O Goytacaz conseguiu uma ligeira folga na liderança, contando cada vez mais com o apoio de sua torcida (que chegou a colocar quase 1.500 torcedores no jogo contra o Bangu[4]): três pontos sobre o América.

Com a vitória sobre o próprio América, na primeira rodada do returno, em casa, o Goytacaz fechou sua série mandante com 100% de aproveitamento e abriu seis pontos a duas rodadas do término da fase. Também na quarta rodada, o Bangu eliminou o Friburguense.[5] Na rodada seguinte, o América foi eliminado pelo Bangu, que se aproximou da classificação ao ser o primeiro time a vencer fora-de-casa numa partida recheada de polêmica.[6] Na última rodada o Bangu venceu o Goytacaz por 3x2 em casa e se classificou para a final, enquanto Friburguense e América empataram por 0x0.

Confira aqui a tabela do Grupo E, com os placares de todos os jogos, e seus respectivos públicos e súmulas, além das estatísticas do grupo.

Primeira Rodada
6 de outubro Bangu 2 - 1 América Moça Bonita, Rio de Janeiro
15:00
Súmula Público: 270

6 de outubro Goytacaz 1 - 0 Friburguense Aryzão, Campos dos Goytacazes
15:00
Súmula Público: 505
Segunda Rodada
9 de outubro Friburguense 3 - 0 Bangu Eduardo Guinle, Nova Friburgo
15:00
Súmula Público: 461

9 de outubro América 0 - 0 Goytacaz Giuliite Coutinho, Mesquita
15:00
Súmula Público: 128
Terceira Rodada
16 de outubro Goytacaz 2 - 1 Bangu Aryzão, Campos dos Goytacazes
15:00
Súmula Público: 1.490

17 de outubro América 2 - 0 Friburguense Giuliite Coutinho, Mesquita
16:00
Súmula Público: 129
Returno
Primeira Rodada
23 de outubro Goytacaz 3 - 0 América Aryzão, Campos dos Goytacazes
16:00
Súmula Público: 2.479

23 de outubro Bangu 2 - 0 Friburguense Moça Bonita, Rio de Janeiro
16:00
Súmula Público: 106
Segunda Rodada
3 de novembro Friburguense 2 - 0 Goytacaz Eduardo Guinle, Nova Friburgo
16:00
Súmula Público: 533

3 de novembro América 1 - 2 Bangu Giuliite Coutinho, Mesquita
16:00
Súmula Público: 191
Terceira Rodada
10 de novembro Bangu 3 - 2 Goytacaz Moça Bonita, Rio de Janeiro
16:00
Súmula Público: 601

10 de novembro Friburguense 0 - 0 América Eduardo Guinle, Nova Friburgo
16:00
Súmula Público: 250

Grupo FEditar

Composto pelo campeão do Grupo C (Madureira), pelo melhor terceiro colocado (Volta Redonda) e pelos vice-campeões dos Grupos B (Tigres do Brasil) e D (Sendas).

Na segunda rodada, o Sendas acabou com uma invencibilidade de catorze jogos do Madureira (somados os jogos da Série D e da Copa Rio), derrotando-o por 2-0 em casa, mas vale ressaltar que o Tricolor Suburbano atuou com um time misto de reservas e juniores, visando a competição nacional.[7] Ainda por conta de sua participação na competição nacional e a fim de evitar o confronto de datas nesta fase semi-final, a FFERJ adiou os jogos do time carioca para as datas em que não havia jogos programados (na 2ª, 3ª e 4ª rodadas).

Assim como no Grupo E, os mandantes tiveram incrível desempenho no primeiro turno, exceção feita ao Volta Redonda, que esteve praticamente eliminado ao final do turno.[8] Por ter sido o único a vencer como visitante, o Sendas obteve uma vantagem relativa, apesar de empatado na liderança com o Tigres.

Na primeira rodada do returno, ao ser derrotado pelo Tigres em casa, o Volta Redonda tornou-se a primeira equipe do grupo eliminada.[9] A partir de então, os resultados apontavam para a classificação do Sendas, que venceu o Madureira fora-de-casa, e contou com o tropeço do Tigres em casa contra o Madureira, de modo que o time de São João de Meriti chegou à última rodada podendo empatar em casa para avançar de fase.[10]

Confira aqui a tabela do Grupo F, com os placares de todos os jogos, e seus respectivos públicos e súmulas, além das estatísticas do grupo.

Turno
Primeira Rodada
6 de outubro Madureira 1 - 0 Tigres Conselheiro Galvão, Rio de Janeiro
15:00
Súmula Público: 175

6 de outubro Volta Redonda 0 - 1 Sendas Estádio da Cidadania, Volta Redonda
15:00
Súmula Público: 77
Segunda Rodada
9 de outubro Tigres 2 - 0 Volta Redonda De Los Lários, Duque de Caxias
15:00
Súmula Público: 74

13 de outubro Sendas 2 - 0 Madureira Arthur Sendas, São João de Meriti
15:00
Súmula Público: 350
Terceira Rodada
16 de outubro Tigres 1 - 0 Sendas De Los Lários, Duque de Caxias
15:00
Súmula Público: 250

20 de outubro Volta Redonda 1 - 1 Madureira Estádio da Cidadania, Volta Redonda
16:00
Súmula Público: 124
Returno
Primeira Rodada
23 de outubro Volta Redonda 1 - 2 Tigres Estádio da Cidadania, Volta Redonda
16:00
Súmula Público: 57

30 de outubro Madureira 2 - 3 Sendas Conselheiro Galvão, Rio de Janeiro
16:00
Súmula Público: 97
Segunda Rodada
3 de novembro Sendas 1 - 0 Volta Redonda Arthur Sendas, São João de Meriti
16:00
Súmula Público: 350

3 de novembro Tigres 2 - 3 Madureira De Los Lários, Duque de Caxias
16:00
Súmula Público: 60
Terceira Rodada
10 de novembro Sendas 2 - 1 Tigres Arthur Sendas, São João de Meriti
16:00
Súmula Público: 350

10 de novembro Madureira 3 - 1 Volta Redonda Conselheiro Galvão, Rio de Janeiro
16:00
Súmula Público: 180

Quarta FaseEditar

Primeiro jogoEditar

17 de novembro Bangu 0 - 1 Sendas Moça Bonita, Rio de Janeiro
16:00
Súmula Público: 874
Árbitro: Wagner dos Santos

Segundo jogoEditar

20 de novembro Sendas 1 (4) x (3) 2 Bangu Estádio Arthur Sendas, São João de Meriti
16:00
Súmula Público: 750
Árbitro: William Marcelo de Souza
Copa Rio 2010
 
Sendas Pão de Açúcar Esporte Clube
Campeão

ObservaçãoEditar

O Sendas optou pela disputa da Série D de 2011, e com isso o Bangu está classificado para a Copa do Brasil de Futebol de 2011

Os maiores públicosEditar

Os números são dos borderôs da FFERJ, considerando o que o clube definiu como vendido (ou distribuído, no caso de bilhetes gratuitos), não sendo considerado oficial e precisamente o público presente em cada jogo.

Público Mandante Placar Visitante Estádio Cidade Data
1 2.479 Goytacaz 3 - 0 América Ary de Oliveira e Souza Campos dos Goytacazes 23 de outubro
2 1.490 Goytacaz 2 - 1 Bangu Ary de Oliveira e Souza Campos dos Goytacazes 16 de outubro
3 874 Bangu 0 - 1 Sendas Moça Bonita   Rio de Janeiro 17 de novembro
4 750 Sendas 1 - 2 Bangu Sendolândia   São João de Meriti 20 de novembro
5 601 Bangu 3 - 2 Goytacaz Moça Bonita   Rio de Janeiro 10 de novembro
6 533 Friburguense 2 - 0 Goytacaz Eduardo Guinle   Nova Friburgo 3 de novembro
7 505 Goytacaz 1 - 0 Friburguense Ary de oliveira e souza Campos dos Goytacazes 6 de outubro
8 461 Friburguense 3 - 0 Bangu Eduardo Guinle   Nova Friburgo 9 de outubro
9 350 Sendas 2 - 0 Madureira Sendolândia   São João de Meriti 13 de outubro
10 350 Sendas 1 - 0 Volta Redonda Sendolândia   São João de Meriti 3 de novembro

Classificação GeralEditar

Campeão
Vice-campeão
Eliminados na terceira fase
Eliminados na segunda fase
Eliminados na primeira fase
Classificação
# Time PG J V E D GP GS SG
1 Sendas 47 15 10 2 3 38 14 24
2 Bangu 33 16 10 3 3 26 17 9
3 Goytacaz 32 21 8 8 5 28 19 9
4 Madureira 26 14 7 5 2 24 18 6
5 Friburguense 21 12 6 3 3 18 8 10
6 Tigres do Brasil 21 14 6 3 5 19 14 5
7 América 15 14 3 6 5 13 15 -2
8 Volta Redonda 13 14 3 4 7 15 21 -6
9 Fênix 17 16 5 5 6 18 23 -5
10 Olaria 8 8 2 2 4 9 13 -4
11 Resende 7 8 1 4 3 7 7 0
12 Boavista 6 8 1 3 4 11 15 -4
13 Sampaio Corrêa 4 6 1 1 4 7 15 -8
14 Americano 3 6 1 0 5 6 15 -9
15 Quissamã -2 7 2 1 4 7 11 -4
16 Castelo Branco -9 7 0 0 7 0 21 -21

Ver tambémEditar

Referências

  1. Redação FutRio (29 de setembro de 2010). «America goleia e garante vaga na terceira fase». Consultado em 6 de outubro de 2010 [ligação inativa]
  2. Claudio Burger (15 de setembro de 2010). «Virada convincente e classificação na Sendolândia». Consultado em 18 de setembro de 2010 [ligação inativa]
  3. Uruan Júnior/Agência FERJ (15 de outubro de 2010). «FERJ ajusta horários das partidas devido ao início do horário de verão». Consultado em 16 de outubro de 2010 
  4. Redação FutRio (16 de outubro de 2010). «Goyta vence e se isola na liderança». Consultado em 18 de outubro de 2010 [ligação inativa]
  5. Redação FutRio (29 de outubro de 2010). «Eliminado da Copa Rio, Friburguense volta as atenções para a Segundona». Consultado em 30 de outubro de 2010 [ligação inativa]
  6. Redação FutRio (3 de novembro de 2010). «Bangu bate o America e depende apenas de si». Consultado em 4 de novembro de 2010 [ligação inativa]
  7. Claudio Burger e Stéfano Salles (13 de outubro de 2010). «Em casa, Sendas derruba invencibilidade do Madureira». Consultado em 16 de outubro de 2010 [ligação inativa]
  8. Manoel Alves (20 de outubro de 2010). «Em casa, Voltaço empata e se complica». Consultado em 21 de outubro de 2010 [ligação inativa]
  9. Manoel Alves (23 de outubro de 2010). «Voltaço perde mais uma: Tigres 2 a 1». Consultado em 30 de outubro de 2010 [ligação inativa]
  10. Redação FutRio (3 de novembro de 2010). «Sendas com um pé na final da Copa Rio». Consultado em 4 de novembro de 2010 [ligação inativa]

Ligações externasEditar