Copa Roca de 1957

A Copa Roca de 1957 foi um torneio de futebol amistoso disputado entre a Seleção Brasileira e a Seleção Argentina, nos dias 7 de julho e 10 de julho de 1957.[1]

Copa Roca de 1957
Primeiro Jogo
Data 7 de julho de 1957
Local Maracanã, Rio de Janeiro
Árbitro Áustria Erwin Hieger
Público 80.000
Segundo Jogo
Data 10 de julho de 1957
Local Pacaembu, São Paulo
Árbitro Inglaterra John Husband
Público 40.000

O primeiro jogo da competição ficou marcado por ter sido a estreia de Pelé na Seleção Brasileira de Futebol. O Rei do Futebol até então com apenas 16 anos de idade, entrou na partida no primeiro tempo no lugar de Del Vecchio e anotou o único gol do Brasil na partida aos 32 minutos de jogo.[2]

RegulamentoEditar

Foram realizados dois jogos, os dois em solo brasileiro. O primeiro jogo aconteceu no dia 7 de julho, no Estádio do Maracanã no Rio de Janeiro.[3] O segundo foi realizado em São Paulo, no Estádio do Pacaembu no dia 10 de julho. Ao fim das duas partidas, o vencedor pelo placar agregado foi considerado o campeão. Em caso de empate, haveria um terceiro jogo. Mas como a delegação argentina tinha pressa para retornar ao seu país para o início do campeonato nacional, ficou decidido que seria disputado uma prorrogação de 30 minutos. Caso houvesse um novo empate, a Taça ficaria com o país atual detentor.[4]

Primeiro jogoEditar

7 de julho Brasil   1 – 2   Argentina Maracanã, Rio de Janeiro

Pelé   32' Relatório   29' Labruna
  78' Juárez
Público: 80,000
Árbitro:   Erwin Hieger
G 1 Castilho
LD 2 Paulinho de Almeida
Z 3 Bellini  
Z 4 Jadir
LE 6 Oreco
M 5 Zito   70'
M 10 Luizinho
A 7 Maurinho
A 8 Mazzola   46'
A 9 Del Vecchio   46'
A 11 Tite
Substituições:
M Urubatão   70'
M Moacir   46'
A 13 Pelé   46'
Treinador:
Sylvio Pirillo
G Carrizo   (River Plate)
D Pizarro (San Lorenzo)
D Vairo (River Plate)
D Gianserra (Tigre)
M Néstor Rossi (River Plate)
   Héctor Guidi (Lanús)
M Urriolabeitía (River Plate)
A Corbatta (Racing)
A Herrera (San Lorenzo)
   Antonio (Atlético de Madrid)
A Juárez (Rosario Central)
   Manuel Blanco (Racing)
A Labruna (River Plate)
A Moyano (Lanús)
Treinador:
Guillermo Stábile

Segundo jogoEditar

10 de julho Brasil   2 – 0
Prorrogação
0 – 0
  Argentina Pacaembu, São Paulo

Pelé   20'
Mazzola   56'
Relatório Público: 40,000
Árbitro:   John Husband
G Castilho (Fluminense)
LD Djalma Santos (Portuguesa)
Z Bellini   (Vasco da Gama)
Z Jadir (Flamengo)
LE Oreco (Corinthians)
V Zito (Santos)
A Luizinho (Corinthians)
A Maurinho (São Paulo)
A Mazzola (Palmeiras)
   Del Vecchio (Flamengo)
A Pelé (Santos)
A Pepe (Santos)
Treinador:
Sylvio Pirillo
G Carrizo   (River Plate)
   Musimessi (Boca Juniors)
D Biagioli (Rosario Central)
D Vairo (River Plate)
D Gianserra (Tigre)
M Néstor Rossi (River Plate)
   Héctor Guidi (Lanús)
M Urriolabeitía (River Plate)
A Corbatta (Racing)
A Herrera (San Lorenzo)
   Antonio (Atlético de Madrid)
A Juárez (Rosario Central)
A Labruna (River Plate)
A Sesti (Independiente)
Treinador:
Guillermo Stábile

PremiaçãoEditar

Copa Roca de 1957
 
BRASIL
Campeão
(4º título)

Referências

  1. «Brasil 1-2 Argentina». Ogol. Consultado em 21 de novembro de 2012 
  2. «Estréia de Pelé na seleção completa 50 anos». Globoesporte.com. 6 de julho de 2007. Consultado em 21 de novembro de 2012 
  3. «Brasil - ARGENTINA 07/07/1957 : 1 - 2». Sambafoot. Consultado em 21 de novembro de 2012 
  4. «Copa Roca: A hegemonia brasileira (1945-1963)». Futebol Portenho. 6 de janeiro de 2011. Consultado em 26 de novembro de 2012 
  Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.