Abrir menu principal

Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2017

Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2017
Copinha 2017
Dados
Participantes 120
Organização FPF
Anfitrião São Paulo
Período 2 de janeiro25 de janeiro
Gol(o)s 692
Partidas 231
Média 3 gol(o)s por partida
Campeão Corinthians (10º título)
Vice-campeão Batatais
Melhor ataque (fase inicial) 15 gols marcados:
Melhor defesa (fase inicial) Nenhum gol sofrido:
Maior goleada
(diferença)
Ponte Preta 7–0 Atlético de Alagoinhas
Estádio Bento de Abreu Sampaio VidalMarília
7 de janeiro, grupo 5, 3ª rodada
◄◄ Copa SP 2016 Soccerball.svg Copa SP 2018 ►►

A Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2017 foi a 48ª edição da "copinha", a maior competição de futebol júnior do Brasil, disputada por clubes juniores de todo o país. Organizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF), ocorreu de 3 a 25 de janeiro, a final foi disputada no Estádio do Pacaembu na data do aniversário da cidade de São Paulo. A competição foi disputada por 120 times, divididos em 30 grupos. O torneio superou o recorde de participantes da edição anterior. Com isso, apenas os dois primeiros de cada grupo avançaram para a fase seguinte, que era composta por rodadas mata-matas.

Pela primeira vez em muitos anos, o estado do Amapá não teve representante estadual na Copinha.

O clube do Haiti, Pérolas Negras foi o único time estrangeiro, que participou pela segunda vez da competição, a primeira foi na temporada de 2016.[1][2][3][4]

Cidades SedesEditar

Equipes participantesEditar

Estas são as 120 equipes que participaram nesta edição:

Estado/País Equipe Estado/País Equipe
  Acre Rio Branco FC   Santa Catarina Avaí FC
  Alagoas CRB A Chapecoense F
SS Sete de Setembro Criciúma EC
  Amazonas N Fast Clube Figueirense FC
  Bahia A Atlético C Joinville EC
EC Bahia   São Paulo EC Água Santa
EC Vitória SC Atibaia
ECPP Vitória da Conquista GO Audax
  Ceará Ceará SC Batatais FC
Floresta EC Botafogo FC
Fortaleza EC CA Bragantino
  Distrito Federal Brasília FC Capivariano FC
Paranoá EC Comercial FC
  Espírito Santo Real Noroeste CFC SC Corinthians P
Rio Branco AC Desportivo Brasil
  Goiás Atlético C Goianiense A Ferroviária E
Goiás EC AA Flamengo
Trindade AC Grêmio Novorizontino
Vila Nova FC Grêmio E Osasco
  Maranhão Pinheiro AC Guarani FC
Sampaio Corrêa FC Guaratinguetá FL
  Mato Grosso Luverdense EC AD Guarulhos
União EC Independente FC
  Mato Grosso do Sul Novoperário FC Ituano FC
Operário FC CA Juventus
  Minas Gerais América FC AD Manthiqueira
C Atlético Mineiro Marília AC
Cruzeiro EC Mirassol FC
Villa Nova AC Mogi Mirim EC
  Pará S Desportiva Paraense Nacional AC
Paysandu SC SE Palmeiras
  Paraíba Auto Esporte C Paulista FC
Botafogo FC CA Penapolense
  Paraná C Atlético Paranaense AA Ponte Preta
Coritiba FBC A Portuguesa D
Londrina EC EC Primavera
Paraná C Red Bull Brasil
  Pernambuco Central SC Rio Branco EC
C Náutico C Rio Claro FC
CA Porto Rio Preto EC
Santa Cruz FC EC Santo André
Sport CR Santos FC
  Piauí AA Cori-Sabbá EC São Bento
River AC São Bernardo FC
  Rio de Janeiro Boavista SC AD São Caetano
Botafogo FR São Carlos FC
CR Flamengo São José dos Campos FC
Fluminense FC São Paulo FC
Madureira EC CA Taboão da Serra
Nova Iguaçu FC Tanabi EC
CR Vasco da Gama EC Taubaté
Volta Redonda FC União A Barbarense FC
  Rio Grande do Norte ABC FC União Mogi FC
Alecrim FC CAVotuporanguense
  Rio Grande do Sul CE Aimoré EC XV P
Grêmio FBPA   Sergipe Estanciano EC
SC Internacional A Olímpica de Itabaiana
EC Juventude SC Sergipe
  Rondônia SC Genus   Tocantins Interporto FC
  Roraima São Raimundo EC   Haiti AF Pérolas Negras

Alterações no regulamentoEditar

Além do acréscimo no número de participantes e grupos, a "copinha" proporcionará até seis substituições para cada clube. Segundo o regulamento, para que não haja impacto no tempo de bola rolando, as equipes poderão realizar as seis alterações em três atos, resultando em pelo menos duas de uma vez. A decisão foi adotada pela federação após conversas com o "Movimento de Formação do Futebol Brasileiro", que reúne vários times do futebol brasileiro. A decisão levou em conta a saúde física dos atletas, pois a competição é realizada em um curto período de tempo. Além de dar mais oportunidades para outros atletas atuarem.[2][3][5][4]

Primeira faseEditar

A primeira fase consiste com as 120 equipes participantes divididas em 30 grupos de 4 clubes cada, os grupos foram revelados em 24 de novembro de 2016.[1]

Segunda faseEditar

Chave Equipe 1 Total Equipe 2
P1 Grêmio   0–1   Mirassol
P2 Náutico   2–0   Votuporanguense
P3 Botafogo   3–0   Atlético Mineiro
P4 Novorizontino   0–0 (7–6 p)   Sergipe
P5 Ponte Preta   6–1   Penapolense
P6 Paraná   6–1   Marília
P7 Palmeiras   0–1   Sport
P8 Batatais   3–3 (5–4 p)   Ferroviária
P9 São Carlos   3–2   Independente
P10 Botafogo-SP   1–1 (2–4 p)   Vasco da Gama
P11 Paulista   1–0   Atlético Goianiense
P12 Vitória   0–1   Red Bull Brasil
P13 São Paulo   0–0 (2–4 p)   Chapecoense
P14 Nova Iguaçu   2–3   Capivariano
P15 Primavera   3–2   Santa Cruz
P16 Ituano   1–1 (4–3 p)   Atlético Paranaense
P17 Corinthians   5–1   Manthiqueira
P18 Coritiba   3–0   Taubaté
P19 Ceará   2–1   Mogi Mirim
P20 Internacional   6–0   Taboão da Serra
P21 Bahia   0–2   Cruzeiro
P22 Bragantino   1–0   Trindade
P23 Flamengo   6–0   Nacional-SP
P24 Goiás   1–2   São Caetano
P25 Santos   1–0   Flamengo de Guarulhos
P26 Avaí   3–0   Rio Branco-AC
P27 Grêmio Osasco   0–1   Juventus
P28 Figueirense   2–4   Fluminense
P29 Juventude   0–0 (5–3 p)   Santo André
P30 Água Santa   2-1   Estanciano

Terceira faseEditar

Chave Equipe 1 Total Equipe 2
P31 Mirassol   1–1 (4–2 p)   Náutico
P32 Botafogo   1–1 (4–3 p)   Novorizontino
P33 Ponte Preta   3–0   Paraná
P34 Sport   1–2   Batatais
P35 São Carlos   1–0   Vasco da Gama
P36 Paulista   1–0   Red Bull Brasil
P37 Chapecoense   3–2   Capivariano
P38 Primavera   0–3   Ituano
P39 Corinthians   2–1   Coritiba
P40 Ceará   0–1   Internacional
P41 Cruzeiro   3–0   Bragantino
P42 Flamengo   3–0   São Caetano
P43 Santos   0–1   Avaí
P44 Juventus   2–1   Fluminense
P45 Juventude   2–2 (10–9 p)   Água Santa

Classificação para as oitavas de finalEditar

Classificado
Classificado pelo índice técnico
Eliminado
Tabela de classificação
Pos. Clube Pts V VP[nota 1] E D GP GC SG
1   Corinthians 15 5 0 0 0 20 4 +16
2   Internacional 15 5 0 0 0 17 1 +16
3   Avaí 15 5 0 0 0 14 3 +11
4   Paulista 15 5 0 0 0 5 0 +5
5   Batatais 14 4 1 0 0 13 7 +6
6   Ponte Preta 13 4 0 1 0 19 1 +18
7   Flamengo 13 4 0 1 0 17 2 +15
8   Cruzeiro 12 4 0 0 1 9 1 +8
9   São Carlos 12 4 0 0 1 10 4 +6
10   Bragantino 12 4 0 0 1 9 4 +5
11   Juventus 12 4 0 0 1 8 5 +3
12   Botafogo 12 3 1 1 0 11 4 +7
13   Ituano 12 3 1 1 0 8 2 +6
14   Mirassol 11 3 1 0 1 6 4 +2
15   Juventude 11 2 2 1 0 11 5 +5
16   Paraná 10 3 0 1 1 12 6 +6
17   Coritiba 10 3 0 1 1 9 3 +6
18   Náutico 10 3 0 1 1 11 6 +5
19   Primavera 10 3 0 1 1 13 9 +4
20   Água Santa 10 3 0 1 1 10 7 +3
21   Ceará 10 3 0 1 1 7 4 +3
22   São Caetano 10 3 0 1 1 10 8 +2
23   Novorizontino 10 2 1 2 0 9 2 +7
24   Red Bull Brasil 9 3 0 0 2 10 4 +6
25   Capivariano 9 3 0 0 2 12 9 +5
26   Fluminense 9 3 0 0 2 10 7 +3
27   Sport 9 3 0 0 2 7 6 +1
28   Chapecoense 9 2 1 1 1 8 7 +1
29   Santos 8 2 0 2 1 4 3 +1
30   Vasco da Gama 8 2 1 0 2 4 4 0

Notas

  1. Pelo artigo 12 do regulamento, para efeito de classificação a vitória nos pênaltis concede um ponto além do ponto obtido pelo empate.

Fase finalEditar

  Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
                             
   Mirassol 1  
   Botafogo 2  
     Botafogo 0(2)  
     Batatais (pen) 0(3)  
   Ponte Preta 1(2)
   Batatais (pen) 1(4)  
     Batatais 1  
     Paulista[a] 5  
   São Carlos 1  
   Paulista 2  
     Paulista 1
     Chapecoense 0  
   Chapecoense 1
   Ituano 0  
     Batatais 1
     Corinthians 2
   Corinthians 3  
   Internacional 1  
     Corinthians 2
     Flamengo 1  
   Flamengo 2
   Cruzeiro 1  
     Corinthians 3
     Juventus 0  
   Avaí 0  
   Juventus 1  
     Juventus 1
     Bragantino 0  
   Juventude 0
   Bragantino 1  

FinalEditar

 Ver artigo principal: Final da Copa São Paulo de Juniores
25 de janeiro Batatais  [a] 1 – 2   Corinthians Estádio do Pacaembu, São Paulo
16:00
Douglas Pote   92' Carlinhos   87'
Marquinhos   89'
Árbitro:   Cleber Luis Paulino
  • a. ^ O Paulista foi excluído da competição pela FPF, após o zagueiro "Brendon" jogar com a documentação irregular.[6]

PremiaçãoEditar

Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2017
 
CORINTHIANS
Campeão
(10º título)

ArtilhariaEditar

Gols[7] Jogador Time
11   Carlinhos Corinthians
9   Yuri Ponte Preta
7   Douglas Pote Batatais
6   Jonas Primavera
5   Baiano Avaí
  Palafoz Nova Iguaçu
  Rodolfo Ferroviária

Classificação geralEditar

Oficialmente a FPF não reconhece uma classificação geral na Copa São Paulo de Futebol Júnior. A tabela a seguir classifica as equipes de acordo com a fase alcançada e considerando os critérios de desempate.

Referências

  1. a b «Grupos» (PDF). Federação Paulista de Futebol. Consultado em 24 de novembro de 2016. Arquivado do original (PDF) em 24 de novembro de 2016 
  2. a b «FPF divulga grupos da Copinha com recorde de equipes e mais substituições». A Gazeta Esportiva. 24 de novembro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 24 de novembro de 2016 
  3. a b «Copa São Paulo chega a 120 clubes e bate recorde de 'inchaço'; veja grupos». ESPN. 24 de novembro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 24 de novembro de 2016 
  4. a b «Com recorde de times, FPF divulga grupos da Copa São Paulo de 2017». Globo Esporte. 24 de novembro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 24 de novembro de 2016 
  5. «Com grupos definidos, dirigentes avaliam adversários na Copa SP 2017». Jornal Floripa. 24 de novembro de 2016. Consultado em 24 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 24 de novembro de 2016 
  6. «Por "gato", FPF elimina Paulista da Copinha; Batatais vira finalista». GloboEsporte.com. 23 de janeiro de 2017. Consultado em 23 de janeiro de 2017 
  7. GOLS PRÓ Site da Federação Paulista de Futebol

Ligações externasEditar