Abrir menu principal

Copa Verde de Futebol de 2017

Copa Verde de Futebol de 2017
Copa Verde
Dados
Participantes 18
Organização CBF
Período 29 de janeiro16 de maio
Gol(o)s 93
Partidas 34
Média 2,74 gol(o)s por partida
Campeão Luverdense
Vice-campeão Paysandu
Melhor marcador Careca (Rondoniense) – 5 gols
Maior goleada
(diferença)
Luverdense 5–0 Rio Branco
Estádio Passo das EmasLucas do Rio Verde
29 de março, Quartas de final
Público 86 925
Média 2 716,4 pessoas por partida
◄◄ 2016 Soccerball.svg 2018 ►►

A Copa Verde de 2017 foi a 4ª edição da competição de futebol realizada entre clubes brasileiros dos estados da região Norte e da região Centro-Oeste (com exceção de Goiás),[1] além do estado do Espírito Santo. A competição contou com 18 times participantes, que foram escolhidos a partir de seu desempenho nos campeonatos estaduais e pela posição no Ranking da CBF. O vencedor ingressa diretamente nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2018.[2]

Na final entre Luverdense e Paysandu, a equipe mato-grossense conquistou o título pela primeira vez. Após vencer a primeira partida por 3–1 na Arena Pantanal, em Cuiabá, o time ficou com troféu ao empatar em 1–1 no jogo da volta, em Belém.[3][4] Com o resultado, o Luverdense ganhou uma vaga diretamente às oitavas de final da Copa do Brasil de 2018.[4]

Formato e regulamentoEditar

A edição de 2017 manteve o formato introduzido a partir da temporada anterior, com uma fase preliminar envolvendo quatro equipes e, posteriormente, 16 clubes se enfrentando em um sistema de mata-mata, com jogos de ida e volta, a partir das oitavas de final.[5] Graças à saída dos clubes do estado de Goiás, as federações do Acre e Mato Grosso do Sul ganharam uma vaga extra.[6]

TransmissãoEditar

Em parceria com a CBF no custeio das despesas dos times na competição, o canal Esporte Interativo ficou a cargo das transmissões dos jogos.

ParticipantesEditar

Estaduais e seletivasEditar

UF Clube Cidade Forma de Classificação Estádio (mando) Capacidade[7] Títulos
  Acre Atlético Acreano   Rio Branco Campeão do Estadual 2016 Arena da Floresta 20 000 0 (não possui)
Galvez 3º colocado do Estadual 2016 Arena da Floresta 20 000 0 (não possui)
  Amapá Santos-AP   Macapá Campeão do Estadual 2016 Zerão 13 680 0 (não possui)
  Amazonas Fast Clube   Manaus Campeão do Estadual 2016 Colina 10 451 0 (não possui)
  Distrito Federal Luziânia   Luziânia Campeão do Metropolitano 2016 Serra do Lago 12 300 0 (não possui)
Ceilândia   Ceilândia Vice-campeão do Metropolitano 2016 Abadião 3 000 0 (não possui)
  Espírito Santo Rio Branco   Vitória Campeão da Copa Espírito Santo 2016 Kleber Andrade 21 000 0 (não possui)
  Mato Grosso Luverdense   Lucas do Rio Verde Campeão do Estadual 2016 Passo das Emas 10 000 0 (não possui)
  Mato Grosso do Sul Operário-MS   Campo Grande 3º colocado do Estadual 2016 Morenão 29 670 0 (não possui)
Sete de Dourados   Dourados Campeão do Estadual 2016 Douradão 30 000 0 (não possui)
  Pará Paysandu   Belém Campeão do Estadual 2016 Curuzu 16 200 1 (2016)
  Rondônia Rondoniense   Porto Velho Campeão do Estadual 2016 Aluizão 5 000 0 (não possui)
  Roraima São Raimundo-RR   Boa Vista Campeão do Estadual 2016 Ribeirão 1 500 0 (não possui)
  Tocantins Tocantins de Miracema   Miracema do Tocantins Vice-campeão do Estadual 2016 Castanheirão 2 000 0 (não possui)

Ranking da CBFEditar

UF Clube Cidade Forma de Classificação Estádio (mando) Capacidade[7] Títulos
  Amazonas Nacional-AM   Manaus 63º colocado no Ranking da CBF Gilbertão 5 000 0 (não possui)
  Mato Grosso Cuiabá   Cuiabá 52º colocado no Ranking da CBF Arena Pantanal 44 000 1 (2015)
  Pará Remo   Belém 57º colocado no Ranking da CBF Mangueirão 45 007 0 (não possui)
Águia de Marabá   Marabá 61º colocado no Ranking da CBF Zinho de Oliveira 5 000 0 (não possui)

ConfrontosEditar

 Ver artigo principal: Resultados da Copa Verde de 2017

A tabela dos confrontos foi divulgada pela CBF em 29 de novembro.[8]

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito os times classificados.

Fase preliminarEditar

Time 1   Total   Time 2   1º jogo   2º jogo
Galvez   2–1   Nacional-AM 1–1 1–0
Sete de Dourados   1–4   Ceilândia 1–1 0–3

Tabela até a finalEditar

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 4 a 19 de março  29 de março a 5 de abril  15 a 20 de abril  4 e 16 de maio
                                                 
   Operário-MS 1 0 1  
   Luziânia 1 1 2  
     Luziânia 3 2 5  
     Rondoniense (gf) 3 2 5  
   Rondoniense (gf) 0 1 1
   Cuiabá 0 1 1  
     Rondoniense 1 1 2  
     Luverdense 2 3 5  
   Ceilândia 0 1 1  
   Luverdense 1 3 4  
     Luverdense 5 2 7
     Rio Branco 0 2 2  
   Tocantins de Miracema 0 2 2
   Rio Branco 2 5 7  
     Luverdense 3 1 4
     Paysandu 1 1 2
   Atlético Acreano 1 0 1  
   Remo 1 4 5  
     Remo 2 0 2
     Santos-AP 1 3 4  
   Fast Clube 1 1 2
   Santos-AP 0 4 4  
     Santos-AP 1 1 2
     Paysandu 1 3 4  
   São Raimundo-RR 1 0 1  
   Águia de Marabá 0 3 3  
     Águia de Marabá 1 0 1
     Paysandu 2 1 3  
   Galvez 0 0 0
   Paysandu 0 2 2  

PremiaçãoEditar

Copa Verde de Futebol de 2017
 
Luverdense Esporte Clube
Campeão
(1º título)

ArtilhariaEditar

Gols[9] Jogador Time
5   Careca   Rondoniense
4   Márcio Carioca   Rio Branco
  Marcos Aurélio   Luverdense
  Rafael Silva   Luverdense
3   Dan   Luziânia
  Fabinho   Santos-AP
  Macena   Luverdense
  Ricardo   Luverdense

Maiores públicosEditar

Esses são os dez maiores públicos da Copa Verde de 2017:

Público[PP] Mandante Placar Visitante Estádio Data Etapa Rodada Ref.
1 26 653 Paysandu   1–1   Luverdense Mangueirão 16 de maio Final Volta [10]
2 9 534 Paysandu   3–1   Santos-AP Mangueirão 18 de abril Semifinal Volta [11]
3 8 622 Remo   4–0   Atlético Acreano Mangueirão 16 de março Oitavas Volta [12]
4 8 406 Remo   2–1   Santos-AP Mangueirão 30 de março Quartas Ida [13]
5 5 242 Paysandu   1–0   Águia de Marabá Mangueirão 4 de abril Quartas Volta [14]
6 4 144 Paysandu   2–0   Galvez Curuzu 17 de março Oitavas Volta [15]
7 3 156 Galvez   0–0   Paysandu Arena da Floresta 4 de março Oitavas Ida [16]
8 3 174 Atlético Acreano   1–1   Remo Arena da Floresta 5 de março Oitavas Ida [17]
9 3 100 Luziânia   3–3   Rondoniense Serra do Lago 29 de março Quartas Ida [18]
10 3 092 Operário-MS   1–1   Luziânia Morenão 5 de março Oitavas Ida [19]
  • PP. ^ Considera-se apenas o público pagante

Menores públicosEditar

Esses são os dez menores públicos da Copa Verde de 2017:

Público[PP] Mandante Placar Visitante Estádio Data Etapa Rodada Ref.
1 60 Santos-AP   4–1   Fast Clube Zerão 19 de março Oitavas Volta [20]
2 70 Rio Branco   2–2   Luverdense Kleber Andrade 1 de abril Quartas Volta [21]
3 138 Fast Clube   1–0   Santos-AP Arena da Amazônia 5 de março Oitavas Ida [22]
4 139 Ceilândia   3–0   Sete de Dourados Abadião 11 de fevereiro Preliminar Volta [23]
5 141 Rondoniense   0–0   Cuiabá Aluizão 5 de março Oitavas Ida [24]
6 146 Cuiabá   1–1   Rondoniense Arena Pantanal 19 de março Oitavas Volta [25]
7 165 São Raimundo-RR   1–0   Águia de Marabá Vila Olímpica 5 de março Oitavas Ida [26]
8 171 Rondoniense   1–2   Luverdense Arena da Floresta 15 de abril Semifinal Ida [27]
9 281 Sete de Dourados   1–1   Ceilândia Douradão 29 de janeiro Preliminar Ida [28]
10 287 Galvez   1–1   Nacional-AM Florestão 29 de janeiro Preliminar Ida [29]
  • PP. ^ Considera-se apenas o público pagante

Classificação geralEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Classificação ou eliminação
1   Luverdense 20 8 6 2 0 20 7 +13 Finalistas
2   Paysandu 15 8 4 3 1 11 7 +4
3   Santos-AP 7 6 2 1 3 10 8 +2 Eliminados nas semifinais
4   Rondoniense 4 6 0 4 2 8 11 –3
5   Remo 7 4 2 1 1 7 5 +2 Eliminados nas quartas de final
6   Rio Branco 7 4 2 1 1 9 9 0
7   Luziânia 6 4 1 3 0 7 6 +1
8   Águia de Marabá 3 4 1 0 3 4 4 0
9   Galvez 5 4 1 2 1 2 3 –1 Eliminados nas oitavas de final
10   Ceilândia 4 4 1 1 2 5 5 0
11   Fast Clube 3 2 1 0 1 2 4 –2
12   São Raimundo-RR 3 2 1 0 1 1 3 –2
13   Cuiabá 2 2 0 2 0 1 1 0
14   Operário-MS 1 2 0 1 1 1 2 –1
15   Atlético Acreano 1 2 0 1 1 1 5 –4
16   Tocantins de Miracema 0 2 0 0 2 2 7 –5
17   Nacional-AM 1 2 0 1 1 1 2 –1 Eliminados na fase preliminar
18   Sete de Dourados 1 2 0 1 1 1 4 –3

Referências

  1. «Copa Verde divulga tabela de 2017 sem os clubes de Goiás». Diário de Goiás. 30 de novembro de 2016. Consultado em 1 de dezembro de 2016 
  2. «Campeão da Copa Verde terá vaga nas oitavas da CB 2018; Veja tabela». GloboEsporte.com. 30 de novembro de 2016. Consultado em 1 de dezembro de 2016 
  3. «Luverdense vira contra o Paysandu e pode até perder em Belém para levar a Copa Verde». GloboEsporte.com. 4 de maio de 2017. Consultado em 16 de maio de 2017 
  4. a b «Paysandu sai na frente, pressiona, mas LEC consegue empate leva o título da Copa Verde». GloboEsporte.com. 16 de maio de 2017. Consultado em 16 de maio de 2017 
  5. «Regulamento Específico da Competição - Copa Verde 2017» (PDF). CBF. 29 de novembro de 2016. Consultado em 1 de dezembro de 2016 
  6. «Com dois times do Acre, CBF divulga tabela básica da Copa Verde 2017». GloboEsporte.com. 30 de novembro de 2016. Consultado em 1 de dezembro de 2016 
  7. a b «CNEF Cadastro Nacional de Estádios de Futebol» (PDF). CBF. 18 de janeiro de 2016. Consultado em 17 de abril de 2016 
  8. «Tabela Básica da Copa Verde 2017» (PDF). CBF. 29 de novembro de 2016. Consultado em 1 de dezembro de 2016 
  9. «Artilharia - Copa Verde». CBF. Consultado em 16 de maio de 2017 
  10. «Paysandu 1 x 1 Luverdense - LEC segura pressão e é campeão da Copa Verde!». Futebol Interior. 16 de maio de 2017. Consultado em 17 de maio de 2017 
  11. «Boletim Financeiro: Paysandu 3x1 Santos-AP» (PDF). CBF. 18 de abril de 2017. Consultado em 24 de abril de 2017 
  12. «Boletim Financeiro: Remo 4x0 Atlético-AC» (PDF). CBF. 16 de março de 2017. Consultado em 18 de março de 2017 
  13. «Boletim Financeiro: Remo 2x1 Santos-AP» (PDF). CBF. 30 de março de 2017. Consultado em 3 de abril de 2017 
  14. «Boletim Financeiro: Paysandu 1x0 Águia de Marabá» (PDF). CBF. 4 de abril de 2017. Consultado em 5 de abril de 2017 
  15. «Boletim Financeiro: Paysandu 2x0 Galvez» (PDF). CBF. 17 de março de 2017. Consultado em 20 de março de 2017 
  16. «Boletim Financeiro: Galvez 0x0 Paysandu» (PDF). CBF. 4 de março de 2017. Consultado em 18 de março de 2017 
  17. «Boletim Financeiro: Atlético-AC 1x1 Remo» (PDF). CBF. 5 de março de 2017. Consultado em 18 de março de 2017 
  18. «Boletim Financeiro: Luziânia 3x3 Rondoniense» (PDF). CBF. 29 de março de 2017. Consultado em 31 de março de 2017 
  19. «Boletim Financeiro: Operário-MS 1x1 Luziânia» (PDF). CBF. 5 de março de 2017. Consultado em 18 de março de 2017 
  20. «Boletim Financeiro: Santos-AP 4x1 Fast Club» (PDF). CBF. 19 de março de 2017. Consultado em 1 de abril de 2017 
  21. «Boletim Financeiro: Rio Branco-ES 2x2 Luverdense» (PDF). CBF. 1 de abril de 2017. Consultado em 4 de abril de 2017 
  22. «Boletim Financeiro: Fast Club 1x0 Santos-AP» (PDF). CBF. 5 de março de 2017. Consultado em 1 de abril de 2017 
  23. «Boletim Financeiro: Ceilândia 3x0 Sete de Dourados» (PDF). CBF. 11 de fevereiro de 2017. Consultado em 1 de abril de 2017 
  24. «Boletim Financeiro: Rondoniense 0x0 Cuiabá» (PDF). CBF. 5 de março de 2017. Consultado em 1 de abril de 2017 
  25. «Boletim Financeiro: Cuiabá 1x1 Rondoniense» (PDF). CBF. 19 de março de 2017. Consultado em 1 de abril de 2017 
  26. «Boletim Financeiro: São Raimundo-RR 1x0 Águia de Marabá» (PDF). CBF. 5 de março de 2017. Consultado em 1 de abril de 2017 
  27. «Boletim Financeiro: Rondoniense 1x2 Luverdense» (PDF). CBF. 15 de abril de 2017. Consultado em 20 de abril de 2017 
  28. «Boletim Financeiro: Sete de Dourados 1x1 Ceilândia» (PDF). CBF. 29 de janeiro de 2017. Consultado em 1 de abril de 2017 
  29. «Boletim Financeiro: Galvez 1x1 Nacional-AM» (PDF). CBF. 29 de janeiro de 2017. Consultado em 1 de abril de 2017