Abrir menu principal

Copa Verde de Futebol de 2019

Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre um evento desportivo atualmente em curso. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (editado pela última vez em 29 de outubro de 2019) Sports current event.svg
Copa Verde de Futebol de 2019
Copa Verde
Dados
Participantes 24
Organização CBF
Período 24 de julho20 de novembro
Gol(o)s 108
Partidas 41
Média 2,63 gol(o)s por partida
Maior goleada
(diferença)
Remo 6–1 Atlético Acreano
Estádio BaenãoBelém
15 de setembro, quartas de final
◄◄ 2018 Soccerball.svg 2020 ►►

A Copa Verde de 2019 é a 6ª edição da competição de futebol realizada entre clubes brasileiros dos estados da região Norte e da região Centro-Oeste, além do Espírito Santo. A competição contará com 24 times participantes, escolhidos a partir de seu desempenho nos campeonatos estaduais e pela posição no Ranking da CBF.[1][2][3][4]

Formato e regulamentoEditar

A competição será disputada em cinco fases eliminatórias, com jogos de ida e volta. Na primeira fase, os 16 clubes piores colocados no Ranking da CBF se enfrentam, avançando oito times para a segunda fase (oitavas de final) para enfrentar os oito melhores ranqueados. A partir daí, o chaveamento segue para as quartas de final, semifinal e final. O campeão ingressará nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2020.[5]

ParticipantesEditar

Estaduais e seletivasEditar

UF Clube Cidade Forma de Classificação Estádio (mando) Capacidade[6] Títulos
  Acre Galvez   Rio Branco Vice-campeão do Estadual 2018 Arena da Floresta 20 000 0 (não possui)
Humaitá[nota 1]   Porto Acre 5º colocado do Estadual 2018
  Amapá Ypiranga-AP   Macapá Campeão do Estadual 2018 Zerão 13 680
  Amazonas Manaus   Manaus Campeão do Estadual 2018 Arena da Amazônia 44 000
Fast Clube Vice-campeão do Estadual 2018 Colina 10 451
  Distrito Federal Sobradinho   Sobradinho Campeão do Metropolitano 2018 Augustinho Lima 15 000
Brasiliense   Taguatinga Vice-campeão do Metropolitano 2018 Boca do Jacaré 28 800
  Espírito Santo Vitória-ES   Vitória Campeão da Copa Espírito Santo 2018 Kleber Andrade 21 000
Real Noroeste[nota 2]   Águia Branca 4º colocado da Copa Espírito Santo 2018 José Olímpio da Rocha 5 281
  Goiás Goiás   Goiânia Campeão do Estadual 2018 Hailé Pinheiro 9 900
  Mato Grosso Cuiabá   Cuiabá Campeão do Estadual 2018 Arena Pantanal 44 000 1 (2015)
Sinop   Sinop Vice-campeão do Estadual 2018 Gigante do Norte 13 000 0 (não possui)
  Mato Grosso do Sul União ABC[nota 3]   Campo Grande 7º colocado do Estadual 2018 Moreninhas 4 500
Costa Rica[nota 3]   Costa Rica 10º colocado do Estadual 2018 Laertão 5 000
  Pará Remo   Belém Campeão do Estadual 2018 Mangueirão 45 007
Bragantino-PA   Bragança 3º colocado do Estadual 2018 Diogão 11 000
  Rondônia Genus[nota 4]   Porto Velho 6º colocado do Estadual 2018 Aluizão 7 000
  Roraima São Raimundo-RR   Boa Vista Campeão do Estadual 2018 Ribeirão 3 000

Obs.: O estado do Tocantins, que a princípio seria representado pelo Palmas, ficou sem representantes após o mesmo desistir, não sendo substituído por outro clube.[11]

Ranking da CBFEditar

UF Clube Cidade Forma de Classificação Estádio (mando) Capacidade[6] Títulos
  Acre Atlético Acreano   Rio Branco 64º colocado no Ranking da CBF Florestão 10 000 0 (não possui)
  Amapá Santos-AP   Macapá 68º colocado no Ranking da CBF Zerão 13 680
  Amazonas Nacional-AM[nota 5]   Manaus 90º colocado no Ranking da CBF Colina 10 451
  Goiás Iporá [nota 6]   Iporá 151º colocado no Ranking da CBF Ferreirão 3 500
  Mato Grosso Luverdense   Lucas do Rio Verde 30º colocado no Ranking da CBF Passo das Emas 10 000 1 (2017)
  Pará Paysandu   Belém 27º colocado no Ranking da CBF Curuzu 16 200 2 (2016 e 2018)

ConfrontosEditar

 Ver artigo principal: Resultados da Copa Verde de 2019

Primeira faseEditar

SorteioEditar

Pote 1 Pote 2
  Nacional-AM (90)
  São Raimundo-RR (96)
  Genus (106)
  Brasiliense (117)
  Manaus (133)
  Iporá (151)
  Fast Clube (160)
  Galvez (189)
  Real Noroeste (205)
  Bragantino-PA (–)
  Costa Rica (–)
  Humaitá (–)
  Sobradinho (–)
  União ABC (–)
  Vitória-ES (–)
  Ypiranga-AP (–)

Entre parênteses, o Ranking da CBF

Time 1   Total   Time 2   1º jogo   2º jogo
Humaitá   1–3   Nacional-AM 1–1 0–2
Bragantino-PA   4–2   São Raimundo-RR 2–1 2–1
Sobradinho   5–3   Manaus 4–1 1–2
Ypiranga-AP   4–2   Fast Clube 3–0 1–2
União ABC   4–1   Galvez 1–0 3–1
Vitória-ES   0–0 (3–5 p)   Brasiliense 0–0 0–0
Costa Rica   4–2   Genus 2–0 2–2
Real Noroeste   1–2   Iporá 1–0 0–2

Fase finalEditar

Tabela até a finalEditar

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 6 a 21 de agosto  3 a 18 de setembro  18 de setembro a 24 de outubro  14 e 20 de novembro
                                                 
   União ABC 2 2 4  
   Luverdense 3 6 9  
     Luverdense 2 2 4  
     Goiás 1 4 5  
   Brasiliense 0 1 1
   Goiás 0 4 4  
     Goiás 1 1 2 (3)  
     Cuiabá (pen) 0 2 2 (4)  
   Costa Rica 2 3 5  
   Sinop 1 0 1  
     Costa Rica 1 1 2
     Cuiabá 1 2 3  
   Iporá 1 1 2 (5)
   Cuiabá (pen) 2 0 2 (6)  
     Cuiabá
     Paysandu
   Ypiranga-AP 0 1 1  
   Atlético Acreano 2 2 4  
     Atlético Acreano 2 1 3
     Remo 1 6 7  
   Sobradinho 1 0 1
   Remo 0 3 3  
     Remo 0 1 1
     Paysandu 0 3 3  
   Nacional-AM 0 0 0  
   Paysandu 1 0 1  
     Paysandu (pen) 1 1 2 (6)
     Bragantino-PA 1 1 2 (5)  
   Bragantino-PA 1 1 2
   Santos-AP 0 1 1  

ArtilhariaEditar

Gols[14] Jogador Time
5   Douglas Oliveira Luverdense
4   Abu Luverdense
  Alexandre Alemão União ABC
  Kanu Costa Rica
  Neto Baiano Remo
3   Atlético Acreano
  Luan Rodrigues União ABC
  Rafael Moura Goiás
  Renatinho Goiás

Hat-tricksEditar

Jogador Clube Adversário Placar Data Ref.
  Renatinho Goiás Brasiliense 4–1 21 de agosto [15]
  Neto Baiano Remo Atlético Acreano 6–1 15 de setembro [16]

Maiores públicosEditar

Esses são os dez maiores públicos da Copa Verde de 2018:

Público[PP] Mandante Placar Visitante Estádio Data Etapa Rodada Ref.
1 21 087 Paysandu   3–1   Remo Mangueirão 6 de outubro Semifinal Volta [17]
2 16 595 Remo   0–0   Paysandu Mangueirão 29 de setembro Semifinal Ida [18]
3 12 732 Remo   6–1   Atlético Acreano Baenão 15 de setembro Quartas Volta [19]
4 5 610 Paysandu   0–0   Nacional-AM Curuzu 20 de agosto Oitavas Volta [20]
5 5 560 Remo   3–0   Sobradinho Mangueirão 21 de agosto Oitavas Volta [21]
6 4 002 Bragantino-PA   1–1   Paysandu Diogão 18 de setembro Quartas Volta [22]
7 3 768 Paysandu   1–1   Bragantino-PA Mangueirão 11 de setembro Quartas Ida [23]
8 1 463 Goiás   1–0   Cuiabá Serrinha 18 de setembro Semifinal Ida [24]
9 1 388 Bragantino-PA   2–1   São Raimundo-RR Diogão 24 de julho 1ª Fase Ida [25]
10 1 384 Costa Rica   2–1   Sinop Laertão 8 de agosto Oitavas Ida [26]
  • PP. ^ Considera-se apenas o público pagante

Classificação geralEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Classificação ou eliminação
1 Finalistas
2
3   Goiás 10 6 3 1 2 11 7 +4 Eliminados nas semifinais
4   Remo 7 6 2 1 3 11 7 +4
5   Bragantino-PA 12 6 3 3 0 8 5 +3 Eliminados nas quartas de final
6   Costa Rica 11 6 3 2 1 11 6 +5
7   Luverdense 9 4 3 0 1 13 9 +4
8   Atlético Acreano 9 4 3 0 1 7 8 –1
9   Iporá 6 4 2 0 2 4 3 +1 Eliminados nas oitavas de final
10   Sobradinho 6 4 2 0 2 6 6 0
11   União ABC 6 4 2 0 2 8 10 –2
12   Nacional-AM 5 4 1 2 1 3 2 +1
13   Ypiranga-AP 3 4 1 0 3 5 6 –1
14   Brasiliense 3 4 0 3 1 1 4 –3
15   Santos-AP 1 2 0 1 1 1 2 –1
16   Sinop 0 2 0 0 2 1 5 –4
17   Real Noroeste 3 2 1 0 1 1 2 –1 Eliminados na fase preliminar
18   Manaus 3 2 1 0 1 3 5 –2
19   Fast Clube 3 2 1 0 1 2 4 –2
20   Vitória-ES 2 2 0 2 0 0 0 0
21   Genus 1 2 0 1 1 2 4 –2
22   Humaitá 1 2 0 1 1 1 3 –2
23   São Raimundo-RR 0 2 0 0 2 2 4 –2
24   Galvez 0 2 0 0 2 1 4 –3

Notas e referências

Notas

  1. Rio Branco-AC e Plácido de Castro declinaram do convite para participar da Copa Verde e a vaga foi repassada ao Humaitá.[7]
  2. O Espírito Santo ganhou uma segunda vaga após as desistências de clubes de outras federações.[8]
  3. a b Operário-MS e Corumbaense declinaram do convite para participar da Copa Verde e as vagas foram repassadas ao União ABC e ao Costa Rica.[9]
  4. Rondoniense, Vilhenense e Guajará declinaram do convite para participar da Copa Verde e a vaga foi repassada ao Genus.[10]
  5. O Amazonas ganhou uma terceira vaga após as desistências de clubes de outras federações.[12]
  6. Atlético Goianiense, Vila Nova, Aparecidense e Anapolina declinaram do convite para participar da Copa Verde e uma das vagas foi repassada ao Iporá.[13]

Referências

  1. «Com o Vitória, Copa Verde 2019 é confirmada para depois da Copa América». Gazeta Online. 3 de maio de 2019. Consultado em 5 de maio de 2019 
  2. «Secretário-geral da CBF confirma edição 2019 da Copa Verde para depois da Copa América». GloboEsporte.com. 3 de maio de 2019. Consultado em 5 de maio de 2019 
  3. «Copa Verde será disputada por Sinop, Luverdense e Cuiabá». Só Notícias. 22 de maio de 2019. Consultado em 23 de maio de 2019 
  4. «CBF confirma Copa Verde em julho com Remo, Paysandu, Bragantino e mais 21 times». GloboEsporte.com. Consultado em 29 de maio de 2019 
  5. «Regulamento Específico da Competição - Copa Verde 2019» (PDF). CBF. Consultado em 3 de junho de 2019 
  6. a b «CNEF Cadastro Nacional de Estádios de Futebol» (PDF). CBF. 18 de janeiro de 2016. Consultado em 17 de abril de 2016 
  7. «Plácido de Castro não aceita convite e Humaitá será 3º clube do Acre na Copa Verde 2019». GloboEsporte.com. 8 de junho de 2019. Consultado em 9 de junho de 2019 
  8. «Após indicação da FES, Real Noroeste é confirmado pela CBF na Copa Verde 2019». GloboEsporte.com. 8 de junho de 2019. Consultado em 11 de junho de 2019 
  9. «Corumbaense e Operário desistem de participar da Copa Verde». GloboEsporte.com. 8 de junho de 2019. Consultado em 9 de junho de 2019 
  10. «Genus será o representante de Rondônia na Copa Verde 2019». Diário da Amazônia. 6 de junho de 2019. Consultado em 9 de junho de 2019 
  11. «Palmas desiste de disputar a Copa Verde; competição começa em 24 de julho». Globo Esporte. 4 de junho de 2019. Consultado em 12 de junho de 2019 
  12. «Nacional herda vaga e Amazonas terá três representantes na Copa Verde pela primeira vez». GloboEsporte.com. 6 de junho de 2019. Consultado em 9 de junho de 2019 
  13. «Futebol Goiano tem dois times confirmados na Copa Verde 2019». Sagres Online. 7 de junho de 2019. Consultado em 9 de junho de 2019 
  14. «Artilharia - Copa Verde». CBF. Consultado em 15 de setembro de 2019 
  15. «Súmula: Goiás 4x1 Brasiliense» (PDF). CBF. 21 de agosto de 2019. Consultado em 21 de agosto de 2019 
  16. «Remo goleia o Atlético Acreano e avança à semifinal da Copa Verde». GloboEsporte.com. 15 de setembro de 2019. Consultado em 15 de setembro de 2019 
  17. «Boletim Financeiro: Paysandu 3x1 Remo» (PDF). CBF. 6 de outubro de 2019. Consultado em 21 de outubro de 2019 
  18. «Boletim Financeiro: Remo 0x0 Paysandu» (PDF). CBF. 29 de setembro de 2019. Consultado em 5 de outubro de 2019 
  19. «Boletim Financeiro: Remo 6x1 Atlético-AC» (PDF). CBF. 15 de setembro de 2019. Consultado em 5 de outubro de 2019 
  20. «Boletim Financeiro: Paysandu 0x0 Nacional-AM» (PDF). CBF. 20 de agosto de 2019. Consultado em 5 de outubro de 2019 
  21. «Boletim Financeiro: Remo 3x0 Sobradinho» (PDF). CBF. 21 de agosto de 2019. Consultado em 5 de outubro de 2019 
  22. «Boletim Financeiro: Bragantino-PA 1x1 Paysandu» (PDF). CBF. 18 de setembro de 2019. Consultado em 5 de outubro de 2019 
  23. «Boletim Financeiro: Paysandu 1x1 Bragantino-PA» (PDF). CBF. 11 de setembro de 2019. Consultado em 5 de outubro de 2019 
  24. «Boletim Financeiro: Goiás 1x0 Cuiabá» (PDF). CBF. 18 de setembro de 2019. Consultado em 5 de outubro de 2019 
  25. «Boletim Financeiro: Bragantino-PA 2x1 São Raimundo-RR» (PDF). CBF. 24 de julho de 2019. Consultado em 5 de outubro de 2019 
  26. «Boletim Financeiro: Costa Rica 2x1 Sinop» (PDF). CBF. 8 de agosto de 2019. Consultado em 5 de outubro de 2019