Abrir menu principal

Copa das Confederações FIFA de 2013 – Fase final

Seleções de Brasil e Espanha disputam a final no Maracanã.

A fase final da Copa das Confederações FIFA de 2013 começou no dia 26 de junho, com a fase semifinal, e foi concluída em 30 de junho de 2013, com a final no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. As duas melhores equipes de cada grupo avançaram para a fase eliminatória onde competiram no sistema de mata-mata em partida única. Também aconteceu um jogo de disputa de terceiro lugar entre os perdedores das semifinais.

Na fase final, se um jogo terminasse empatado durante os 90 minutos, haveria tempo adicional de dois períodos de 15 minutos cada. Se o resultado persistisse empatado após a prorrogação, o jogo seria decidido nos pênaltis.

Seleções classificadasEditar

Grupo Vencedores Vices
A
  Brasil
  Itália
B
  Espanha
  Uruguai

ChaveEditar

  Semifinais Final
26 de junho – Belo Horizonte
   Brasil   2  
   Uruguai   1  
 
30 de junho – Rio de Janeiro
       Brasil  3
     Espanha  0
Terceiro lugar
27 de junho – Fortaleza 30 de junho – Salvador
   Espanha (pen)   0 (7)    Uruguai   2 (2)
   Itália   0 (6)      Itália (pen)   2 (3)

JogosEditar

Todos os jogos listados estão no horário de Brasília (UTC−3).[1]

SemifinaisEditar

Brasil vs. Uruguai

Partida "Um Milhão das Américas"
26 de junho Brasil   2 – 1   Uruguai Estádio Mineirão, Belo Horizonte
16:00
Fred   41'
Paulinho   86'
Relatório Cavani   48' Público: 57 483
Árbitro:  CHI Enrique Osses
     
 
 
Brasil[2]
     
 
 
Uruguai[2]
 
BRASIL:
GR 12 Júlio César
LE 2 Daniel Alves
ZA 3 Thiago Silva  
ZA 4 David Luiz   13'
LD 6 Marcelo   75'
MC 18 Paulinho
MC 17 Luiz Gustavo   39'
MC 11 Oscar   73'
AT 19 Hulk   64'
AT 10 Neymar   90+1'
AT 9 Fred
Substituições:
MC 20 Bernard   64'
MC 8 Hernanes   73'
ZA 13 Dante   90+1'
Treinador:
Luiz Felipe Scolari
 
 
URUGUAI:
GR 1 Fernando Muslera
LD 16 Maxi Pereira
ZA 2 Diego Lugano  
ZA 3 Diego Godín
LE 22 Martín Cáceres
MC 20 Álvaro González   74'   83'
MC 17 Egidio Arévalo
MC 7 Cristian Rodríguez
AT 10 Diego Forlán
AT 21 Edinson Cavani   21'
AT 9 Luis Suárez
Substituições:
MC 5 Walter Gargano   83'
Treinador:
Óscar Tabárez

Melhor em campo:
Júlio César (Brasil)[3]

Bandeirinhas:
  Carlos Astroza
  Sergio Román
Quarto árbitro:
  Joel Aguilar
Quinto árbitro:
  William Torres

Espanha vs. Itália

27 de junho Espanha   0 – 0 (pro)   Itália Estádio Castelão, Fortaleza
16:00
Relatório Público: 56 083
Árbitro:  ENG Howard Webb
    Penalidades  
Xavi  
Iniesta  
Piqué  
Sergio Ramos  
Mata  
Busquets  
Navas  
7 – 6   Candreva
  Aquilani
  De Rossi
  Giovinco
  Pirlo
  Montolivo
  Bonucci
 
     
 
 
Espanha[4]
     
 
 
Itália[4]
 
ESPANHA:
GR 1 Iker Casillas  
LD 17 Álvaro Arbeloa
ZA 15 Sergio Ramos
ZA 3 Gerard Piqué   105+1'
LE 18 Jordi Alba
VL 16 Sergio Busquets
MC 8 Xavi
MC 6 Andrés Iniesta
AT 11 Pedro   79'
AT 21 David Silva   53'
AT 9 Fernando Torres   94'
Substituições:
MC 22 Jesús Navas   53'
MC 13 Juan Mata   79'
MC 4 Javi Martínez   94'
Treinador:
Vicente del Bosque
 
 
ITÁLIA:
GR 1 Gianluigi Buffon  
ZA 15 Andrea Barzagli   46'
ZA 19 Leonardo Bonucci
ZA 3 Giorgio Chiellini
MC 2 Christian Maggio
VL 21 Andrea Pirlo
VL 16 Daniele De Rossi   65'
MC 22 Emanuele Giaccherini
AT 6 Antonio Candreva
AT 8 Claudio Marchisio   80'
AT 11 Alberto Gilardino   91'
Substituições:
MC 18 Riccardo Montolivo   46'
MC 7 Alberto Aquilani   80'
AT 10 Sebastian Giovinco   91'
Treinador:
Cesare Prandelli

Melhor em campo:
Iker Casillas (Espanha)[5]

Bandeirinhas:
  Darren Cann
  Mike Mullarkey
Quarto árbitro:
  Pedro Proença
Quinto árbitro:
  Bertino Miranda

Disputa pelo 3º lugarEditar

30 de junho Uruguai   2 – 2 (pro)   Itália Arena Fonte Nova, Salvador
13:00
Cavani   58',   78' Relatório Astori   24'
Diamanti   73'
Público: 43 382
Árbitro:  ALG Djamel Haimoudi
    Penalidades  
Forlán  
Cavani  
Suárez  
Cáceres  
Gargano  
2 – 3   Aquilani
  El Shaarawy
  De Sciglio
  Giaccherini
 
     
 
 
Uruguai[6]
     
 
 
Itália[6]
 
URUGUAI:
GR 1 Fernando Muslera
LD 16 Maxi Pereira   8'   81'
ZA 2 Diego Lugano  
ZA 3 Diego Godín
LE 22 Martín Cáceres
MC 5 Walter Gargano
MC 17 Egidio Arévalo   106'
MC 7 Cristian Rodríguez   56'
AT 10 Diego Forlán
AT 21 Edinson Cavani
AT 9 Luis Suárez   61'
Substituições:
MC 20 Álvaro González   56'
MC 6 Álvaro Pereira   81'
MC 15 Diego Pérez   106'
Treinador:
Óscar Tabárez
 
 
ITÁLIA:
GR 1 Gianluigi Buffon  
LD 2 Christian Maggio
ZA 4 Davide Astori   95'
ZA 3 Giorgio Chiellini   55'
LE 5 Mattia De Sciglio
MC 6 Antonio Candreva
MC 16 Daniele De Rossi   70'
MC 18 Riccardo Montolivo     82', 110'
AT 23 Alessandro Diamanti   82'
AT 14 Stephan El Shaarawy
AT 11 Alberto Gilardino
Substituições:
MC 7 Alberto Aquilani   70'
MC 22 Emanuele Giaccherini   82'
ZA 19 Leonardo Bonucci   95'
Treinador:
Cesare Prandelli

Melhor em campo:
Edinson Cavani (Uruguai)[7]

Bandeirinhas:
  Redouane Achik
  Abdelhak Etchiali
Quarto árbitro:
  Yuichi Nishimura
Quinto árbitro:
  Toru Sagara

FinalEditar

30 de junho Brasil   3 – 0   Espanha Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
19:00
Fred   2',   47'
Neymar   44'
Relatório Público: 73 531
Árbitro:  NED Björn Kuipers
     
 
 
Brasil[8]
     
 
 
Espanha[8]
 
BRASIL:
GR 12 Júlio César
LD 2 Daniel Alves
ZA 3 Thiago Silva  
ZA 4 David Luiz
LE 6 Marcelo
VL 18 Paulinho   88'
VL 17 Luiz Gustavo
MC 11 Oscar
AT 19 Hulk   73'
AT 10 Neymar
AT 9 Fred   80'
Suplentes:
MC 23 Jádson   73'
AT 21   80'
VL 8 Hernanes   88'
Treinador:
Luiz Felipe Scolari
 
 
ESPANHA:
GR 1 Iker Casillas  
LD 17 Álvaro Arbeloa   14'   45+1'
ZA 15 Sergio Ramos   27'
ZA 3 Gerard Piqué   68'
LE 18 Jordi Alba
VL 16 Sergio Busquets
MC 8 Xavi
MC 6 Andrés Iniesta
AT 11 Pedro Rodríguez
AT 13 Juan Mata   52'
AT 9 Fernando Torres   59'
Suplentes:
ZA 5 César Azpilicueta   45+1'
MC 22 Jesús Navas   52'
AT 7 David Villa   59'
Treinador:
Vicente del Bosque

Melhor em campo:
Neymar (Brasil)[9]

Bandeirinhas:
  Sander van Roekel
  Erwin Zeinstra
Quarto árbitro:
  Felix Brych
Quinto árbitro:
  Mark Borsch

Referências

  1. «Match Schedule – FIFA Confederations Cup Brazil 2013» (PDF) (em inglês). FIFA. Consultado em 20 de junho de 2013 
  2. a b «Formação Tática – Semifinais – Brasil-Uruguai» (PDF). FIFA. 26 de junho de 2013. Consultado em 26 de junho 2013 
  3. «Brasil v Uruguai – Homem do Jogo». FIFA. 26 de junho de 2013. Consultado em 26 de junho de 2013 
  4. a b «Formação Tática – Semifinais – Espanha-Itália» (PDF). FIFA. 27 de junho de 2013. Consultado em 27 de junho 2013 
  5. «Espanha v Itália – Homem do Jogo». FIFA. 27 de junho de 2013. Consultado em 27 de junho de 2013 
  6. a b «Formação Tática – Terceiro lugar – Uruguai-Itália» (PDF). FIFA. 30 de junho de 2013. Consultado em 30 de junho 2013 
  7. «Uruguai v Itália – Homem do Jogo». FIFA. 30 de junho de 2013. Consultado em 30 de junho de 2013 
  8. a b «Formação Tática – Final – Brasil-Espanha» (PDF). FIFA. 30 de junho de 2013. Consultado em 1 de julho de 2013 
  9. «Brasil v Espanha – Homem do Jogo» (em inglês). FIFA.com. 30 de junho de 2013. Consultado em 30 de junho de 2013 

Ligações externasEditar