Abrir menu principal
XIX Copa do Brasil
Copa do Brasil de 2007
Brasil.
Dados
Participantes 64
Organização CBF
Local de disputa  Brasil
Período 14 de fevereiro6 de junho
Gol(o)s 327
Partidas 115
Média 2,84 gol(o)s por partida
Campeão Rio de Janeiro Fluminense (1º título)
Vice-campeão Santa Catarina Figueirense
Melhor marcador 5 gols:
Maiores goleadas
(diferença)
Náutico Pernambuco 6 – 0 Piauí Parnahyba
Estádio dos AflitosRecife
21 de fevereiro, Primeira fase
 
Fluminense Rio de Janeiro 6 – 0 Acre ADESG
MaracanãRio de Janeiro
28 de fevereiro, Primeira fase
 
Vasco da Gama Rio de Janeiro 6 – 0 Amazonas Fast Clube
Estádio de São JanuárioRio de Janeiro
28 de fevereiro, Primeira fase
◄◄ Brasil 2006 Soccerball.svg 2008 Brasil ►►

A Copa do Brasil de 2007 foi disputada por 64 times, classificados através dos campeonatos estaduais (54 vagas) e do Ranking da CBF (10 vagas), tendo sido vencida pelo Fluminense.

Em sua terceira final disputada o Fluminense conquistou a sua primeira Copa do Brasil, e por muito pouco o Clássico Vovô não decidiu a competição, com o Botafogo tendo sido eliminado pelo Figueirense na fase semifinal pela regra do gol fora de casa.[1] Roger Machado, que já havia conquistado três Copas do Brasil pelo Grêmio, fez o gol do título do Fluminense e tornou-se o jogador recordista em conquistas da Copa do Brasil.[2] Em 12 jogos o Fluminense obteve 6 vitórias, 5 empates e 1 derrota, 22 gols a favor e 11 contra. Adriano Magrão foi o artilheiro do time com 4 gols, seguido por Alex Dias e Thiago Silva, com 3 gols cada um, tendo seu ex-jogador Renato Gaúcho como técnico, e o lançamento no time do meia Thiago Neves, então uma promessa.[3][4]

Um mudança importante no regulamento da Copa do Brasil deste ano é que foi invertida a ordem de prioridades entre os campeonatos estaduais e o ranking histórico da CBF. Anteriormente, se uma equipe que estivesse entre os 10 primeiros colocados no ranking se classificasse através do campeonato estadual, a vaga era preenchida por uma equipe do mesmo estado. A partir deste ano, esta vaga será ocupada pela equipe em 11º lugar no ranking.

Os clubes que disputaram a Copa Libertadores da América de 2007 (Flamengo, Grêmio, Internacional, Paraná, Santos e São Paulo) não participaram deste torneio, devido ao conflito de datas com a competição continental.

Índice

ParticipantesEditar

Estaduais e seletivasEditar

 
Taça da Copa do Brasil de 2007.

As 54 vagas destinadas aos clubes mais bem colocados em seus campeonatos estaduais são divididas entre as 27 federações de acordo com os pontos de seus clubes no ranking da CBF.

Os cinco primeiros colocados (São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná) têm direito a três vagas; os estados classificados entre o 6º e 22º lugar têm direito a duas vagas; e os cinco últimos colocados (Acre, Rondônia, Tocantins, Amapá e Roraima) têm direito a apenas uma vaga.

 
O então Presidente, Lula, junto da delegação que havia acabado de ser campeã da Copa do Brasil de 2007.

Normalmente, as equipes mais bem classificas nos campeonatos estaduais ficam com as vagas daquela federação. Porém, algumas federações realizam torneios, como a Taça Minas Gerais, a Copa FPF, em São Paulo,ou a Copa Paraná para classificarem um representante para a Copa do Brasil.

Estado Equipe Como se classificou
  Acre ADESG Campeão estadual 2006
  Alagoas Coruripe Campeão estadual 2006
CSA Vice-campeão estadual 2006
  Amapá São José Campeão estadual 2006
  Amazonas São Raimundo Campeão estadual 2006
Fast Clube Vice-campeão estadual 2006
  Bahia Colo Colo Campeão estadual 2006
Vitória Vice-campeão estadual 2006
  Ceará Ceará Campeão estadual 2006
Fortaleza Vice-campeão estadual 2006
  Distrito Federal Brasiliense Campeão estadual 2006
Gama Vice-campeão estadual 2006
  Espírito Santo Vitória Campeão estadual 2006
Vilavelhense Campeão da Copa ES 2006
  Goiás Goiás Campeão estadual 2006
Atlético-GO Vice-campeão estadual 2006
  Maranhão Moto Club Campeão do 1º turno do estadual 2006
Sampaio Corrêa Campeão do 2º turno do estadual 2006
  Mato Grosso Operário FC Campeão estadual 2006
Barra do Garças Vice-campeão estadual 2006
  Mato Grosso do Sul Coxim Campeão estadual 2006
Chapadão Vice-campeão estadual 2006
  Minas Gerais Cruzeiro Campeão estadual 2006
Ipatinga Vice-campeão estadual 2006
Villa Nova Campeão da Taça Minas Gerais 2006
  Pará Paysandu Campeão estadual 2006
Ananindeua Vice-campeão estadual 2006
  Paraíba[5] Treze Campeão estadual 2006
Campinense 4º colocado no estadual 2006
  Paraná[6] ADAP Vice-campeão estadual 2006
Coritiba 3º colocado no estadual 2006
Rio Branco 4º colocado no estadual 2006
  Pernambuco Sport Campeão estadual 2006
Santa Cruz Vice-campeão estadual 2006
  Piauí Barras Campeão do 1º turno do estadual 2006
Parnahyba Campeão do 2º turno do estadual 2006
  Rio de Janeiro Botafogo Campeão estadual 2006
Madureira Vice-campeão estadual 2006
América 3º colocado no estadual 2006
  Rio Grande do Norte Baraúnas Campeão estadual 2006
América Campeão da Copa RN 2006
  Rio Grande do Sul[7] Juventude 3º colocado do Estadual 2006
Caxias 4º colocado do estadual 2006
Veranópolis 5º colocado do estadual 2006
  Rondônia Ulbra Campeão estadual 2006
  Roraima Baré Campeão estadual 2006
  São Paulo[8] Palmeiras 3º colocado do estadual 2006
Noroeste 4º colocado do estadual 2006
Ferroviária Campeã da Copa FPF 2006
  Santa Catarina Figueirense Campeão estadual 2006
Avaí Campeão do Torneio Seletivo
  Sergipe Pirambu Campeão estadual 2006
Itabaiana Campeão da Copa Governo do Estado de Sergipe 2006
  Tocantins Araguaína Campeão estadual 2006

RankingEditar

Com a definição dos 54 representantes das federações estaduais, os 10 clubes classificados pelo ranking da CBF, são:

Posição Equipe Estado Pontos
Corinthians SP 1.891
Vasco da Gama RJ 1.875
Atlético Mineiro MG 1.810
11º Fluminense RJ 1.474
13º Guarani SP 1.407
17º Portuguesa SP 1.244
18º Bahia BA 1.233
19º Atlético Paranaense PR 1.167
22º Náutico PE 1.033
24º Ponte Preta SP 916
Grêmio-RS (1º), Flamengo-RJ (4º), São Paulo-SP (5º), Internacional-RS (8º), Santos-SP (10º) e Paraná-PR (23º) se classificaram à Copa Libertadores de 2007.
Palmeiras-SP (7º), Cruzeiro-MG (9º), Botafogo-RJ (12º), Coritiba-PR (14º), Goiás-GO (15º), Sport-PE (16º), Vitória-BA (20º) e Santa Cruz-PE (21º) se classificaram através dos torneios estaduais (veja acima).

Sistema de disputaEditar

 Ver artigo principal: Copa do Brasil

ConfrontosEditar

Na 1ª e 2ª fases, o time melhor qualificado no Ranking da CBF jogaria a primeira partida com o mando de campo do adversário. Caso este time vencesse a partida por 2 ou mais gols de diferença, estaria automaticamente classificado para a fase seguinte.

Nas fases seguintes, a ordem dos jogos foi definida por sorteio e a partida de volta era obrigatoriamente realizada.

(*) Jogaram a partida de ida em casa.

  1ª fase 2ª fase Oitavas-de-final Quartas-de-final Semifinais Finais
                                                         
  Palmeiras 5 -  
  Operário (*) 0 -  
    Palmeiras 0 2(3)  
    Ipatinga (*) 2 0(4)  
  Ipatinga 0 3
  Vitória-ES (*) 1 1  
    Ipatinga (*) 1 1(4)  
    Sport 1 1(2)  
  Sport 1 3  
  Campinense (*) 1 0  
    Sport 5 -
    Ananindeua (*) 0 -  
  São Raimundo-AM 0 1
  Ananindeua (*) 2 0  
    Ipatinga 2 0  
    Brasiliense (*) 2 1  
  Cruzeiro 0 1  
  Veranópolis (*) 0 0  
    Cruzeiro 0 2
    Portuguesa (*) 0 1  
  Portuguesa 2 -
  Chapadão (*) 0 -  
    Cruzeiro (*) 0 1
    Brasiliense 1 1  
  Juventude 1 2  
  Ferroviária (*) 3 0  
    Juventude 0 2
    Brasiliense (*) 0 3  
  Brasiliense 4 -
  Barra do Garças (*) 1 -  
    Brasiliense 2 1  
    Fluminense (*) 4 1  
  Atlético Paranaense 5 -  
  Coxim (*) 2 -  
    Atlético Paranaense 1 3  
    Vitória (*) 4 0  
  Vitória 1 1(3)
  Baraúnas (*)[9] 1 1(5)  
    Atlético Paranaense 1 2  
    Atlético Goianiense (*) 3 0  
  Guarani 1 0  
  Atlético Goianiense (*) 2 0  
    Atlético Goianiense (*) 2 3(5)
    Fortaleza 3 2(3)  
  Fortaleza 3 -
  Sampaio Corrêa (*) 1 -  
    Atlético Paranaense 1 0
    Fluminense (*) 1 1  
  Fluminense 2 6  
  ADESG (*) 1 0  
    Fluminense 2 0
    América de Natal (*) 1 1  
  América de Natal 0 2
  Baré (*) 1 0  
    Fluminense (*) 1 2
    Bahia 1 2  
  Goiás 3 -  
  Moto Club (*) 1 -  
    Goiás 1 3
    Bahia (*) 1 3  
  Bahia 2 0
  Itabaiana (*) 1 1  
    Fluminense (*) 1 1
      Figueirense 1 0
  Corinthians 1 3
  Pirambu (*) 1 0  
    Corinthians 2 -  
    Treze (*) 0 -  
  Treze 0 3
  Vilavelhense (*) 1 1  
    Corinthians 2 0  
    Náutico (*) 2 2  
  Náutico 2 6  
  Parnahyba (*) 1 0  
    Náutico 0 5
    Paysandu (*) 1 0  
  Paysandu 1 2
  São José-AP (*) 0 2  
    Náutico (*) 2 0  
    Figueirense 2 1  
  Vasco da Gama 2 6  
  Fast Clube (*) 1 0  
    Vasco da Gama 2 1
    Gama (*) 2 2  
  Gama 3 -
  Araguaína (*) 1 -  
    Gama (*) 2 1
    Figueirense 4 2  
  Figueirense 3 2  
  Madureira (*) 2 0  
    Figueirense 0 4
    Noroeste (*) 0 1  
  Noroeste 4 -
  ADAP (*) 1 -  
    Figueirense (*) 2 1
  Botafogo 0 3  
  Atlético Mineiro 3 -  
  Colo Colo (*) 1 -  
    Atlético Mineiro 1 2  
    América (*) 1 1  
  América 1 3
  Coruripe (*) 1 1  
    Atlético Mineiro 2 1  
    Avaí (*) 0 0  
  Ponte Preta 0 2  
  Villa Nova (*) 1 3  
    Villa Nova (*) 0 2
    Avaí 0 3  
  Avaí 1 0
  Rio Branco-PR (*)[10] 1 1  
    Atlético Mineiro (*) 0 1
    Botafogo 0 2  
  Botafogo 1 5  
  CSA (*) 1 2  
    Botafogo 2 2
    Ceará (*) 1 0  
  Ceará 0 2
  Barras (*) 1 0  
    Botafogo 1 3
    Coritiba (*) 0 3  
  Coritiba 1 4  
  Caxias (*) 2 1  
    Coritiba 2 1
    Ulbra-RO (*) 2 0  
  Santa Cruz 0 1
  Ulbra-RO (*) 2 2  

FinalEditar

30 de maio de 2007
Fluminense   1–1   Figueirense Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
Público: 64.669 (63.557 pags.)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme   SP

Adriano Magrão   88'   83' Henrique

6 de junho de 2007
Figueirense   0–1   Fluminense Estádio Orlando Scarpelli, Florianópolis
Público: 18.185 (17.415 pags.)
Árbitro: Héber Roberto Lopes   PR

  3' Roger

CampeãoEditar

Copa do Brasil 2007
 
FLUMINENSE
Campeão
(1º título)

Classificação geralEditar

Equipe Pts J V E D EJ GP GC SG
1   Fluminense 23 12 6 5 1 0 22 11 11
2   Figueirense 24 12 7 3 2 0 22 13 9
3   Botafogo 21 10 6 3 1 0 19 11 8
4   Brasiliense 16 9 4 4 1 1 15 11 4
5   Atlético Mineiro 14 7 4 2 1 1 10 4 6
6   Náutico 14 8 4 2 2 0 19 7 12
7   Atlético Paranaense 10 7 3 1 3 1 13 11 2
8   Ipatinga 9 8 2 3 3 0 9 9 0
9   Atlético Goianiense 10 6 3 1 2 0 8 9 -1
10   Sport 9 5 2 3 0 1 11 3 8
11   Gama 7 5 2 1 2 1 10 10 0
12   Corinthians 8 5 2 2 1 1 8 5 3
13   Coritiba 8 6 2 2 2 0 11 9 2
14   Cruzeiro 9 6 2 3 1 0 4 3 1
15   Bahia 7 6 1 4 1 0 9 9 0
16   Avaí 5 6 1 2 3 0 4 7 -3
17   Fortaleza 6 3 2 0 1 1 8 6 2
18   Palmeiras 6 3 2 0 1 1 7 2 5
19   Vasco da Gama 7 4 2 1 1 0 11 5 6
20   Ulbra Ji-Paraná 7 4 2 1 1 0 6 4 2
21   Villa Nova 7 4 2 1 1 0 6 5 1
22   Paysandu 7 4 2 1 1 0 4 7 -3
23   América de Natal 6 4 2 0 2 0 4 3 -1
24   Goiás 5 3 1 2 0 1 7 5 2
25   Noroeste 4 3 1 1 1 1 5 5 0
26   Portuguesa 4 3 1 1 1 1 3 2 1
27   Treze 3 3 1 0 2 1 3 4 -1
28   Ananindeua 3 3 1 0 2 1 2 6 -4
29   América-RJ 5 4 1 2 1 0 6 5 1
30   Vitória 5 4 1 2 1 0 6 6 0
31   Juventude 4 4 1 1 2 0 5 6 -1
32   Ceará 3 4 1 0 3 0 3 5 -2
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
EJ - eliminação de jogos (vencer por mais de 2 gols de saldo nas primeiras fases);
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
Campeão
Vice-campeão
Eliminados nas semifinais
Eliminados nas quartas-de-finais
Eliminados nas oitavas-de-finais
Eliminados na 2ª fase

Principais artilheirosEditar

5 gols
André Lima (Botafogo)
Dênis Marques (Atlético Paranaense)
Dimba (Brasiliense)
Victor Simões (Figueirense)
4 gols
Dodô (Botafogo)
Magrão (Corinthians)
Fernandes (Figueirense)
Adriano Magrão (Fluminense)
Felipe (Náutico)
Kuki (Náutico)
3 gols
Rômulo (Atlético Goianiense)
Fábio Saci (Bahia)
Moré (Bahia)
Allan Dellon (Brasiliense)
Leandro (Coritiba)
Ramón (Figueirense)
Alex Dias (Fluminense)
Thiago Silva (Fluminense)
Neto Potiguar (Gama)
Ferreira (Ipatinga)
Florentín (Palmeiras)
Renato (Vasco)

Maiores públicosEditar

Exceto os jogos onde constam as informações dos públicos presente e pagante, todos os outros referem-se aos públicos pagantes.[11]

  1. Fluminense 1–1 Figueirense, 64.669 (63.557 pagantes), 30 de maio de 2007, Maracanã.
  2. Cruzeiro 1–0 Palmeiras, 61.814, 26 de maio de 2007, Mineirão.
  3. Botafogo 3–1 Figueirense, 52.227 (64.114 pagantes), 23 de maio de 2007, Maracanã. (*)

(*) O público presente foi menor do que o pagante, ingressos promocionais (renda de R$ 107.791,00).[12]

BibliografiaEditar

Epopeia Tricolor - A Conquista do Brasil e a Volta à América, por João Marcelo Garcez (2008).
12º Passageiro - O diário de bordo de um assessor de imprensa, por Alexandre Bittencourt (2008).

Referências

  1. Site Terra - Goleiro falha e Botafogo eliminado pelo Figueirense, página editada em 23 de maio de 2007 e disponível em 1 de novembro de 2016.
  2. UOL ESPORTE - Destino transforma Roger no herói do título do Flu e recordista, página editada em 6 de junho de 2007 e disponível em 1 de novembro de 2016.
  3. FLUMEMÓRIA - Departamento oficial do Fluminense Football Club, Copa do Brasil 2007, página disponível em 1 de novembro de 2016.
  4. Esquadrão Imortal – Fluminense 2007-2012
  5. Na Paraíba, o campeão e o vice do estadual se classificam para a disputa da Série C, enquanto que o campeão e o 3º colocado se classificam para a Copa do Brasil, mas como o 3º colocado desistiu da competição, entrou em seu lugar o 4º colocado.
  6. O Paraná, campeão estadual 2006, não disputou o torneio por estar classificado à Copa Libertadores 2007.
  7. Grêmio e Internacional, respectivamente campeão e vice-campeão estadual, não disputaram o torneio por estarem classificados à Copa Libertadores 2007.
  8. Santos e São Paulo, respectivamente campeão e vice-campeão estadual não disputaram o torneio por estarem classificados à Copa Libertadores 2007.
  9. O Baraúnas foi eliminado da competição por utilizar um jogador irregular [1].
  10. O Rio Branco foi eliminado da competição por utilizar um jogador irregular. O jogo 3 a 0 contra o Vila Nova na 2ª fase foi anulado e o Avaí, prejudicado com a irregularidade do clube paranaense, retornou a competição sendo o primeiro jogo com o Vila Nova no dia 04/04[2].
  11. RSSSF Brasil - Maiores públicos da Copa do Brasil, página editada em 12 de julho de 2011 e disponível em 2 de novembro de 2016.
  12. Jornal NOTÍCIAS DO DIA (Florianópolis-SC), página editada em 24 de julho de 2013 e disponível em 2 de novembro de 2016.

Ligações externasEditar