Abrir menu principal

Copa do Mundo de Rugby Union de 2019

Copa do Mundo de Rugby Union de 2019
2019 ラグビーワールドカップ
Dados
Sede  Japão
Edição de № 9
Período 20 de setembro2 de novembro
Participantes 20
Partidas Jogadas 45
Premiação
Campeão África do Sul
Vice-campeão  Inglaterra
Terceiro lugar  Nova Zelândia
Estatísticas
Público 1 704 443
Média 37 876,5 pessoas por partida
Maior marcador Japão Yu Tamura (51)
Mais tries País de Gales Josh Adams (6)
Inglaterra 2015
2023 França

A Copa do Mundo de Rugby Union de 2019 (em japonês: 2019 ラグビーワールドカップ) foi a nona edição da Copa do Mundo de Rugby Union, que ocorreu no Japão de 20 de setembro a 2 de novembro.[1] Esta foi a primeira vez que o torneio realizou-se na Ásia, a primeira vez que torneios consecutivos foram realizados no mesmo hemisfério e também a primeira vez que o evento aconteceu fora do coração tradicional do esporte.[2][3]

Hong Kong e Singapura expressaram interesse em sediar alguns dos jogos e foram incluídos como parte da oferta de hospedagem original do JRFU para o World Rugby, mas não estavam entre as quatorze sub-sedes anunciadas pelos organizadores do evento em 5 de novembro de 2014, que formalmente se candidataram ao direito de sediar jogos.

A partida de abertura da Copa do Mundo de Rugby de 2019 foi realizada no Estádio de Tóquio, em Chofu, e a partida final será realizada no Estádio Internacional de Yokohama, em Kanagawa. Estas mudanças em locais de partidas foram anunciadas em setembro de 2015, quando os planos para o torneio foram revisados ​​pelo comité organizador do Japão e aceitos pelo World Rugby. O Estádio Olímpico de Tóquio, em reconstrução para as Olimpíadas de Verão de 2020, foi originalmente a peça central da candidatura da Copa do Mundo de Rúgbi do Japão, mas as revisões dos planos do Estádio Olímpico determinaram mudanças no local da Copa do Mundo.[4][5]

Escolha da sedeEditar

O IRB (Atual World Rugby) solicitou que quem desejasse sediar a Copa do Mundo de Rugby de 2015 ou 2019 deveria indicar sua intenção até 15 de agosto de 2008. Isso seria apenas para indicar interesse; nenhum detalhe teve que ser fornecido neste estágio. Um recorde de dez uniões indicaram interesse em sediar os eventos de 2015 e/ou 2019. O torneio de 2019 recebeu o interesse de nove nações diferentes.

A Jamaica foi a união mais surpreendente a anunciar o interesse em sediar o evento, considerando que eles nunca haviam participado de uma Copa do Mundo anterior, embora tenham se retirado rapidamente. A Rússia também anunciou inicialmente planos para concorrer às Copas do Mundo de 2015 e 2019, mas retirou ambas as propostas em fevereiro de 2009 em favor do que provou ser uma proposta bem-sucedida[6] para a Copa do Mundo de Rugby Sevens de 2013.[7] A Austrália se retirou do processo de candidatura em 6 de maio de 2009.[8]

Os três anfitriões potenciais - Itália, Japão e África do Sul - foram anunciados em 8 de maio de 2009.[9] Em uma reunião especial realizada em Dublin em 28 de julho de 2009, o International Rugby Board (IRB) confirmou que a Inglaterra sediaria a Copa do Mundo de Rugby de 2015 e o Japão sediou o evento de 2019. A IRB votou de 16 a 10 a favor da aprovação da recomendação da Rugby World Cup Ltd (RWCL) de que Inglaterra e Japão deveriam ser nomeados como anfitriões.[2]

SedesEditar

QualificatóriasEditar

As três melhores equipes em cada um dos quatro grupos da Copa do Mundo de Rugby de 2015 se qualificaram automaticamente para o próximo torneio. Em virtude de sediar o torneio, o Japão teve a qualificação garantida para o torneio antes da Copa do Mundo de Rugby de 2015. As oito vagas restantes foram decididas pelas competições regionais existentes, seguidas de alguns playoffs regionais. A vaga final foi decidida por um torneio de repescagem em Marselha, em novembro de 2018, que foi vencido pelo Canadá.

A tabela abaixo mostra as equipes qualificadas:

Times Qualificados
Região Time Método de
qualificação
Aparências
anteriores
Melhor resultado Ranking
Mundial
1
África   África do Sul Automático 6 Campeões (1995, 2007) 4
  Namíbia África 1 5 Fase inicial 23
América do Norte   Estados Unidos Américas 1 7 Fase inicial 13
  Canadá Repescagem 8 Quartas-de-final (1991) 22
América do Sul   Argentina Automático 8 Terceiro lugar (2007) 11
  Uruguai Américas 2 3 Fase de grupos 19
Ásia   Japão País-sede 8 Fase inicial 10
Europa   Inglaterra Automático 8 Campeões (2003) 3
  França Automático 8 Vice-campeões (1987, 1999, 2011) 8
  Geórgia Automático 4 Fase inicial 12
  Irlanda Automático 8 Quartas-de-final (1987, 1991, 1995, 2003, 2011, 2015) 1
  Itália Automático 8 Fase inicial 14
  Rússia Europa 1 1 Fase inicial 20
  Escócia Automático 8 Quarto lugar (1991) 7
  País de Gales Automático 8 Terceiro lugar (1987) 5
Oceania   Austrália Automático 8 Campeões (1991, 1999) 6
  Fiji Oceania 1 7 Quartas-de-final (1987, 2007) 9
  Nova Zelândia Automático 8 Campeões (1987, 2011, 2017) 2
  Samoa Vencedor do Play-off 7 Quartas-de-final (1991, 1995) 16
  Tonga Oceania 2 7 Fase de grupos 15

Sorteio dos gruposEditar

O sorteio dos grupos ocorreu no dia 10 de maio de 2017 em Quioto.[10] Foram alocadas as 12 equipes já qualificadas previamente à respectivos potes de sorteio seguindo a ordem do ranking.

  • Pote 1: Os quatro times mais bem colocados no ranking;
  • Pote 2: Os quatro times seguintes mais bem colocados no ranking;
  • Pote 3: Os quatro times finais mais bem colocados do ranking.

Os dois potes restantes ficarão para os oito times que se classificarem, com alocação para cada pote baseada na força de jogo anterior da Copa do Mundo de Rugby:

  • Pote 4: – Oceania 1, Américas 1, Europa 1, Africa 1;
  • Pote 5: – Oceania 2, Américas 2, Ganhador do Play-Off, Ganhador da repescagem.
Pote 1 Pote 2 Pote 3 Pote 4 Pote 5

Fase de gruposEditar

A fase de grupo consiste em 20 equipes divididas em 4 grupos com 5 seleções cada onde se enfrentam em turno único e no sistema de todos contra todos.A cada vitória o time ganha 4 pontos por uma vitória, 2 por um empate e 0 por uma derrota.Caso um time faça quatro tries em uma partida ganha um ponto bônus,assim também acontece quando uma derrota for com menos de 8 pontos de diferença .[11]

Grupo A Grupo B Grupo C Grupo D

As equipes que terminarem nos dois primeiros lugares de cada grupo avançam para as quartas-de-final. As três melhores equipes de cada grupo ganham uma vaga automática para a Copa do Mundo de Rugby Union de 2023,que acontecerá na França.

Critérios de desempate

Se duas ou mais equipes terminarem empatadas em pontos, os seguintes desempatadores se aplicarão:

  1. O vencedor do jogo entre as duas equipes;
  2. Diferença entre pontos marcados a favor e pontos marcados contra em todas as partidas do grupo;
  3. Diferença entre ensaios marcados a favor e ensaios marcados contra em todas as partidas do grupo;
  4. Pontos marcados em todas as partidas do grupo;
  5. A maioria dos ensaios marcados em todas as partidas do grupo;
  6. Ranking Mundial da World Rugby em 14 de outubro de 2019.

Se três equipes terminassem empatadas em pontos, os critérios acima serão usados para decidir o posicionamento final de cada seleção dentro do grupo.

Chave para cores na fase de grupos
Se classifica para as quartas-de-final e já está classificado Copa do Mundo de Rugby Union de 2023.
Eliminado,mas também se classifica automaticamente para a Copa do Mundo de Rugby Union de 2023.

J = Número de partidas disputadas; V = Quantidade de vitórias; E = Quantidade de empates; D = Quantidade de derrotas; TF = Quantidade de tries (ensaios) feitos; PF = Quantidade de pontos a favor; PC = Quantidade de pontos contra; +/– = A diferença, PF – PC; PB = Pontos bónus ; Pts = Número total de pontos.

Grupo AEditar

Equipe J V E D TF PF PS +/− PB Pts
  Japão 4 4 0 0 13 115 62 +53 3 19
  Irlanda 4 3 0 1 18 121 27 +94 4 16
  Escócia 4 2 0 2 16 119 55 +64 3 11
  Samoa 4 1 0 3 8 58 128 –70 1 5
  Rússia 4 0 0 4 1 19 160 –141 0 0
20 de Setembro
19:45 (UTC+9)
Japão   30 – 10   Rússia Tokyo Stadium, Chofu
22 de Setembro
16:45 (UTC+9)
Irlanda   27 – 3   Escócia Estádio Internacional de Yokohama, Yokohama
24 de Setembro
19:15 (UTC+9)
Rússia   9 – 34   Samoa Kumagaya Rugby Ground, Kumagaya
28 de Setembro
16:15 (UTC+9)
Japão   19 – 12   Irlanda Shizuoka Stadium Ecopa, Fukuroi
30 de Setembro
19:15 (UTC+9)
Escócia   34 – 0   Samoa Estádio Kobe Wing, Kobe
3 de Outubro
19:15 (UTC+9)
Irlanda   35 – 0   Rússia Estádio Kobe Wing, Kobe
5 de Outubro
19:30 (UTC+9)
Japão   38 – 19   Samoa Estádio de Toyota, Toyota
9 de Outubro
16:15 (UTC+9)
Escócia   61 – 0   Rússia Shizuoka Stadium, Fukuroi
12 de Outubro
19:45 (UTC+9)
Irlanda   47 – 5   Samoa Estádio Fukuoka Hakatanomori, Fukuoka
13 de Outubro
19:45 (UTC+9)
Japão   28 – 21   Escócia Estádio Internacional de Yokohama, Yokohama

Grupo BEditar

Equipe J V E D TF PF PS +/− PB Pts
  Nova Zelândia 4 3 1 0 22 157 22 +135 2 16
  África do Sul 4 3 0 1 27 185 36 +149 3 15
  Itália 4 2 1 1 14 98 78 +20 2 12
  Namíbia 4 0 1 3 3 34 175 –141 0 2
  Canadá 4 0 1 3 2 14 177 –163 0 2
21 de Setembro
18:45 (UTC+9)
Nova Zelândia   23 – 13   África do Sul Estádio Internacional de Yokohama, Yokohama
22 de Setembro
14:15 (UTC+9)
Itália   47 – 22   Namíbia Estádio de Rugby de Hanazono, Higashiosaka
26 de Setembro
16:45 (UTC+9)
Itália   48 – 7   Canadá Estádio Fukuoka Hakatanomori, Fukuoka
28 de Setembro
18:45 (UTC+9)
África do Sul   57 – 3   Namíbia Estádio de Toyota, Toyota
2 de Outubro
19:15 (UTC+9)
Nova Zelândia   63 – 0   Canadá Estádio de Oita, Oita
4 de Outubro
18:45 (UTC+9)
África do Sul   49 – 3   Itália Shizuoka Stadium Ecopa, Fukuroi
6 de Outubro
13:45 (UTC+9)
Nova Zelândia   71 – 9   Namíbia Tokyo Stadium, Chofu
8 de Outubro
19:15 (UTC+9)
África do Sul   66 – 7   Canadá Estádio Kobe Wing, Kobe
12 de Outubro
13:45 (UTC+9)
Nova Zelândia   0 – 0   Itália Estádio de Toyota, Toyota
13 de Outubro
12:15 (UTC+9)
Namíbia   0 – 0   Canadá Kamaishi Recovery Memorial Stadium, Kamaishi

Grupo CEditar

Equipe J V E D TF PF PS +/− PB Pts
  Inglaterra 4 3 1 0 17 119 20 +99 3 17
  França 4 3 1 0 9 79 51 +28 1 15
  Argentina 4 2 0 2 14 106 91 +15 3 11
  Tonga 4 1 0 3 9 67 105 −38 2 6
  Estados Unidos 4 0 0 4 7 52 156 −104 0 0
21 de Setembro
16:15 (UTC+9)
França   23 – 21   Argentina Tokyo Stadium, Chofu
22 de Setembro
19:15 (UTC+9)
Inglaterra   35 – 3   Tonga Sapporo Dome, Sapporo
26 de Setembro
19:45 (UTC+9)
Inglaterra   45 – 7   Estados Unidos Estádio Kobe Wing, Kobe
28 de Setembro
13:45 (UTC+9)
Argentina   28 – 12   Tonga Estádio de Rugby de Hanazono, Higashiosaka
2 de Outubro
16:45 (UTC+9)
França   33 – 9   Estados Unidos Estádio Fukuoka Hakatanomori, Fukuoka
5 de Outubro
17:00 (UTC+9)
Inglaterra   39 – 10   Argentina Tokyo Stadium, Chofu
6 de Outubro
16:45 (UTC+9)
França   23 – 21   Tonga Estádio de Kumamoto, Kumamoto
9 de Outubro
13:45 (UTC+9)
Argentina   47 – 17   Estados Unidos Kumagaya Rugby Ground, Kumagaya
12 de Outubro
17:15 (UTC+9)
Inglaterra   0 – 0   França Estádio Internacional de Yokohama, Yokohama
13 de Outubro
14:45 (UTC+9)
Estados Unidos   19 – 31   Tonga Estádio de Rugby de Hanazono, Higashiosaka

Grupo DEditar

Equipe J V E D TF PF PS +/− PB Pts
  País de Gales 4 4 0 0 17 136 69 +67 3 19
  Austrália 4 3 0 1 20 136 68 +68 4 16
  Fiji 4 1 0 3 17 110 108 +2 3 7
  Geórgia 4 1 0 3 9 65 122 −57 1 5
  Uruguai 4 1 0 3 6 60 140 −80 0 4
21 de Setembro
13:45 (UTC+9)
Austrália   39 – 21   Fiji Sapporo Dome, Sapporo
23 de Setembro
19:15 (UTC+9)
País de Gales   43 – 14   Geórgia Estádio de Toyota, Toyota
25 de Setembro
14:15 (UTC+9)
Fiji   27 – 30   Uruguai Kamaishi Recovery Memorial Stadium, Kamaishi
29 de Setembro
14:15 (UTC+9)
Geórgia   33 – 7   Uruguai Kumagaya Rugby Ground, Kumagaya
29 de Setembro
16:45 (UTC+9)
Austrália   25 – 29   País de Gales Tokyo Stadium, Chofu
3 de Outubro
14:15 (UTC+9)
Geórgia   10 – 45   Fiji Estádio de Rugby de Hanazono, Higashiosaka
5 de Outubro
14:15 (UTC+9)
Austrália   45 – 10   Uruguai Estádio de Oita, Oita
9 de Outubro
18:45 (UTC+9)
País de Gales   29 – 17   Fiji Estádio de Oita, Oita
11 de Outubro
19:15 (UTC+9)
Austrália   27 – 8   Geórgia Shizuoka Stadium Ecopa, Fukuroi
13 de Outubro
17:45 (UTC+9)
País de Gales   35 – 13   Uruguai Estádio de Kumamoto, Kumamoto

Fase finalEditar

Quartas de final Semifinais Final
                   
Estádio de Oita        
   Inglaterra  40
Estádio Internacional de Yokohama
   Austrália  16  
   Inglaterra  19
Tokyo Stadium
     Nova Zelândia  7  
   Nova Zelândia  46
Estádio Internacional de Yokohama
   Irlanda  14  
   Inglaterra  12
Estádio de Oita
     África do Sul  32
   País de Gales  20
Estádio Internacional de Yokohama
   França  19  
   País de Gales  16 Terceiro lugar
Tokyo Stadium
     África do Sul  19  
   Japão  3    Nova Zelândia  40
   África do Sul  26      País de Gales  17
Tokyo Stadium

Quartas de finalEditar

19 de Outubro
16:15 (UTC+9)
Inglaterra   40–16   Austrália Estádio de Oita, Oita
Público: 36.954
Árbitro: Jérôme Garcès (França)
Tries: May (2) 18' c, 21' c
Sinckler 46' c
Watson 76' c
Conv.: Farrell (4/4) 19', 23', 47', 77'
Penais: Farrell (4/4) 30', 51', 66', 73'
Report Tries: Koroibete 43' c
Conv.: Lealiifano (1/1) 44'
Penais: Lealiifano (3/3) 12', 26', 41'



19 de Outubro
19:15 (UTC+9)
Nova Zelândia   46–14   Irlanda Tokyo Stadium, Chofu
Público: 46.686
Árbitro: Nigel Owens (Gales)
Tries: A. Smith (2) 14' c, 20' c
B. Barrett 32' m
Taylor 48' c
Todd 61' m
Bridge 73' c
J. Barrett 79' m
Conv.: Mo'unga (3/5) 15', 22', 49'
B. Barrett (1/2) 74'
Penais: Mo'unga (1/1) 6'
Report Tries: Henshaw 69' c
Penalty try 76'
Conv.: Carbery (1/1) 69'



20 de Outubro
16:15 (UTC+9)
País de Gales   20–19   França Estádio de Oita, Oita
Público: 34.426
Árbitro: Jaco Peyper (África do Sul)
Tries: Wainwright 12' c
Moriarty 74' c
Conv.: Biggar (2/2) 13', 75'
Penais: Biggar (2/2) 20', 54'
Report Tries: Vahaamahina 5' m
Ollivon 8' c
Vakatawa 31' c
Conv.: Ntamack (2/3) 9', 32'



20 de Outubro
19:15 (UTC+9)
Japão   3–26   África do Sul Tokyo Stadium, Chofu
Público: 48.831
Árbitro: Wayne Barnes (Inglaterra)
Penais: Tamura (1/1) 20'
Report Tries: Mapimpi (2) 4' m, 70' m
de Klerk 66' c
Conv.: Pollard (1/3) 66'
Penais: Pollard (3/4) 44', 49', 64'


Semi-finaisEditar

26 de Outubro
17:00 (UTC+9)
Inglaterra   19–7   Nova Zelândia Estádio Internacional de Yokohama, Yokohama
Público: 68.843
Árbitro: Nigel Owens (Gales)
Tries: Tuilagi 2' c
Conv.: Farrell (1/1) 3'
Penais: Ford (4/5) 40', 50', 63', 69'
Report Tries: Savea 57' c
Conv.: Mo'unga (1/1) 58'



27 de Outubro
18:00 (UTC+9)
País de Gales   16–19   África do Sul Estádio Internacional de Yokohama, Yokohama
Público: 67.750
Árbitro: Jérôme Garcès (França)
Tries: Adams 65' c
Conv.: Halfpenny (1/1) 66'
Penais: Biggar (3/3) 18', 39', 46'
Report Tries: de Allende 57' c
Conv.: Pollard (1/1) 58'
Penais: Pollard (4/4) 15', 20', 35', 76'


Final do bronzeEditar

1 de Novembro
18:00 (UTC+9)
Nova Zelândia   40–17   País de Gales Tokyo Stadium, Chofu
Público: 48.842
Árbitro: Wayne Barnes (Inglaterra)
Tries: Moody 5' c
B. Barrett 13' c
B. Smith (2) 33' c, 40+1' c
Crotty 42' c
Mo'unga 76' m
Conv.: Mo'unga (5/6) 7', 14', 34', 40+2', 44'
Report Tries: Amos 19' c
Adams 59' c
Conv.: Patchell (1/1) 21'
Biggar (1/1) 61'
Penais: Patchell (1/1) 27'


FinalEditar

2 de Novembro
18:00 (UTC+9)
Inglaterra   12–32   África do Sul Estádio Internacional de Yokohama, Yokohama
Público: 70.103
Árbitro: Jérôme Garcès (França)
Penais: Farrell (4/5) 23', 35', 52', 60'
Report Tries: Mapimpi 66' c
Kolbe 74' c
Conv.: Pollard (2/2) 67', 75'
Penais: Pollard (6/8) 10', 26', 39', 43', 46', 58'


PatrocinadoresEditar

Parceiros Mundiais Emirates, Heineken, Land Rover, Société Générale, DHL, MasterCard
Patrocinadores Oficiais Canon, Secom, Taisho Pharmaceutical, Toto, Mitsubishi Estate, NEC
Fornecedores de Equipamentos Gilbert, Tudor—Rolex, Toppan, Canterbury

CoberturaEditar

Referências

  1. TAKAHATA, Elaine (22 de março de 2018). «Copa do Mundo de Rugby em 2019 no Japão fornecerá benefício econômico de 430 bilhões de ienes ao país». Consultado em 29 de junho de 2018 
  2. a b «England will host 2015 World Cup». BBC. 28 de julho de 2009. Consultado em 28 de julho de 2009 
  3. MADEIRA, Eduardo (2 de março de 2015). «Copa do Mundo de Rugby 2019 acontece no Japão». Consultado em 29 de junho de 2018 
  4. FONTES, Mário (2 de novembro de 2017). «Japão Anuncia as 12 Cidades-Sede da Copa do Mundo de Rugby 2019». Consultado em 29 de junho de 2018 
  5. RAMALHO, Victor (2 de novembro de 2017). «Anunciada a Tabela de Jogos da Copa do Mundo de 2019!». Consultado em 29 de junho de 2018 
  6. «Russia to host Rugby World Cup Sevens 2013» (Nota de imprensa). International Rugby Board. 12 de maio de 2010. Consultado em 1 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 15 de outubro de 2013 
  7. «Russia keen to bid for RWC Sevens 2013». International Rugby Board. 13 de fevereiro de 2009. Consultado em 15 de fevereiro de 2009. Arquivado do original em 27 de maio de 2011 
  8. «Australia withdraws 2019 Cup bid». BBC Sport. 6 de maio de 2009. Consultado em 6 de maio de 2009. Cópia arquivada em 9 de maio de 2009 
  9. International Rugby Board (8 de maio de 2009). «IRB confirms record RWC bid response». Consultado em 9 de maio de 2009. Arquivado do original em 11 de maio de 2009 
  10. rugbybworldcup.com. «Date confirmed Rugby World Cup 2019 pool draw» (em inglês) 
  11. https://web.archive.org/web/20150928072157/https://www.rugbyworldcup.com/tournament-rules
  12. rugbyworldcup.com. «TF1 a acquis les droits exclusifs selon son président». Consultado em 22 de outubro de 2017 
  13. «Blow for free-to-air viewers as eirSport secure 2019 Rugby World Cup» (em inglês) 
  14. rugbyworldcup.com. «IGBS appointed Rugby World Cup 2019 host broadcaster». Consultado em 28 de outubro de 2017 
  15. World Rugby (15 de abril de 2018). «World Rugby awards New Zealand broadcast rights for the men's and women's Rugby World Cups to Spark». Consultado em 19 de abril de 2018 
  16. rugbyworldcup.com. «ITV appointed UK rights holder for men's and women's Rugby World Cup events» (em inglês). Consultado em 30 de março de 2017 
  17. rugbyworldcup.com. «NBC Sports Group acquires exclusive US media rights to biggest events». Consultado em 24 de maio de 2017 

Ligações externasEditar