Abrir menu principal

Wikipédia β

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde agosto de 2010). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cornualha
—  Condado  —
Horizonte de Cornualha
Bandeira de Cornualha
Bandeira
Localização de Cornualha
Região Sudoeste da Inglaterra
Categoria Condado Cerimonial e Não-metropolitano
Sede Administrativa Truro
Distritos 1. Penwith

2. Kerrier
3. Carrick
4. Restormel
5. Caradon
6. North Cornwall
7. Ilhas Sorlingas (Unitário)

Área
 - Total 3 563 km²
População ( (est. 2008)) (39ª posição)
 - Total 534 300
    • Densidade 146 hab./km²
(posição)
 - Etnias 99% brancos
NUTS UKK30
Código ONS 15
Sítio http://www.cornwall.gov.uk

A Cornualha[1] (em córnico: Kernow [ˈkɛrnɔʊ]; em inglês: Cornwall, em latim: Cornubia ou Cornuvia) é um condado que fica no sudoeste de uma península da Inglaterra, Reino Unido, relacionada historicamente com a região homônima da Cornualha, França. Tem fronteiras com o Oceano Atlântico a norte, ao sul com o Canal da Mancha e a leste com o condado de Devon, depois do rio Tamar. Juntamente com as ilhas Sorlingas, a Cornualha tem uma população de 534 300 habitantes, cobrindo uma área de 3563 km². O centro administrativo, e única cidade, é Truro.[2]

O título tradicional do condado é Ducado da Cornualha, sendo "Duque de Cornualha" um dos títulos do herdeiro do trono britânico.

Rough Tor

Índice

HistóriaEditar

Em fins do II milénio a.C., houve uma descontinuidade cultural na região indicando uma possível invasão ou imigração. O estanho existente na região era procurado para adicionar cobre e obter bronze. Os galeses já conheciam o processo de extracção de minério.

A área hoje conhecida como Cornualha foi habitada pela primeira vez pelos povos do neolítico e da idade do Bronze e posteriormente, já na idade do Ferro, pelos celtas. A Cornualha é parte da área britónica (céltica) da Grã-Bretanha, separada de Gales após a batalha de Deorham, que entrava comumente em conflito com o reino inglês em expansão de Wessex. Só em 936 d.C. o rei Athelstan viria a definir a fronteira entre os povos inglês e córnico pelo rio Tamar. Hoje, a economia da Cornualha depara-se com o declínio das atividades mineiras e piscatórias, tendo-se tornado mais dependente do turismo. A área é conhecida pelas suas paisagens selvagens, a sua variada e extensa costa e o seu clima ameno.

A Cornualha é lar do povo córnico e da sua diáspora, sendo considerada uma das seis "Nações Celtas" por muitos residentes e académicos. Por ser historicamente habitada por povos celtas, como sua região francesa vizinha, a Bretanha, a mesma língua era falada nos dois lados do Canal da Mancha, mas acabou desenvolvendo dois dialetos diferentes: a língua córnica na ilha e a língua bretã no continente. No entanto, na França, a Cornualha britânica é chamada de "Les Cornouailles", no plural, para distingüir as duas regiões. O condado mantém a sua identidade distinta com a sua história, língua e cultura próprias. Muitos habitantes[quem?] questionam o atual estatuto constitucional da Cornualha, existindo já um movimento autonomista[quem?] em busca de maior independência para a região no seio do Reino Unido.

LínguaEditar

A língua autóctone é o córnico, falado atualmente por pouco mais de 2000 pessoas.

PersonalidadesEditar

 
As codas de Falmouth.

Referências

  1. Fernandes, Ivo Xavier (1941). Topónimos e Gentílicos. I. Porto: Editora Educação Nacional, Lda. 
  2. «Cornwall». Wikipedia, the Free Encyclopedia. Consultado em 1 de maio de 2013. 
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Cornualha
  Este artigo sobre Geografia da Inglaterra é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.