Coromandel

município brasileiro do estado de Minas Gerais
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Coromandel (desambiguação).

Coromandel é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.

Coromandel
  Município do Brasil  
Centro de Coromandel
Centro de Coromandel
Símbolos
Bandeira de Coromandel
Bandeira
Brasão de armas de Coromandel
Brasão de armas
Hino
Gentílico coromandelense
Localização
Localização de Coromandel em Minas Gerais
Localização de Coromandel em Minas Gerais
Mapa de Coromandel
Coordenadas 18° 28' 22" S 47° 12' O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes N: Guarda-Mor e Catalão; S: Patrocínio; L: Vazante, Lagamar, Patos de Minas e Guimarânia; O: Abadia dos Dourados e Monte Carmelo
Distância até a capital 477 km
História
Fundação 7 de setembro de 1923 (97 anos)
Administração
Prefeito(a) Dione Maria Peres (MDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 3 313,116 km²
População total (Censo IBGE/2010[3]) 27 547 hab.
Densidade 8,3 hab./km²
Clima Tropical semiúmido (4 a 5 meses secos)
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 38550-000 a 38569-999[1]
Indicadores
IDH (PNUD/2000[4]) 0,786 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 466 658,662 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 16 524,74
Cidades gêmeas
Outras informações
Padroeiro(a) Santa'Ana[6]
Sítio www.coromandel.mg.gov.br (Prefeitura)
www.coromandel.mg.leg.br (Câmara)
Centro da cidade visto do bairro Santa Maria

A origem do nome não é um consenso, mas atribui-se relação à Costa de Coromandel na Índia, de onde teriam partido navios carregados com escravos.

Há também, na Nova Zelândia, uma península cujo nome é Coromandel, surgida em 1870 em razão de exploração aurífera (garimpo). Talvez essa última seja a origem mais plausível do nome Coromandel, eis que em tal cidade mineira há ainda o garimpo local. O nome possivelmente teria sido trazido da Nova Zelândia por pessoas que lá conheceram o garimpo e aqui encontraram o garimpo nessas terras das "Geraes".

HistóriaEditar

Coromandel, antigo distrito anexado ao município de Patrocínio e vila (1882—1891) foi elevado à categoria de município pela lei estadual nº843, de 7 de setembro de 1923.[7][8]

GeografiaEditar

O Município de Coromandel está situado na Mesorregião do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba e na Microrregião de Patrocínio, com uma extensão territorial de 3.296,27 Km2 e tendo como Limites: Ao Norte, O Estado de Goiás e o município de Guarda-Mor. A Leste, os municípios de Vazante, Lagamar, Patos de Minas e Guimarânia. A Oeste, Os municípios de Abadia dos Dourados e Monte Carmelo. Ao Sul, o município de Patrocínio. Coromandel possui além da sede, os distritos de Alegre, Santa Rosa dos Dourados, Pântano de Santa Cruz, Lagamar dos Coqueiros e Mateiro estes três últimos recentemente criados.

No relevo de Coromandel, se destacam as serras, e sua estrutura geológica é composta por maciços antigos (ou crátons). Dos mais importantes cursos de água, está o Rio Paranaíba (Bacia do Prata), que corta todo o município. E especialmente importante para a cidade é o Rio Burití, pois são suas águas que abastecem a cidade.

Já a vegetação consiste basicamente de cerrados, onde a sua maior riqueza é a fauna e a flora exuberantes, que atraíram o naturalista francês Augustin François César Prouvençal de Saint-Hilaire (Orleães, 4 de outubro de 1779 — Orleães, 3 de setembro de 1853) no início do século XIX.

EducaçãoEditar

O ensino fundamental é ministrado em 22 estabelecimentos, dos quais 12 são mantidos pelo governo do Estado, 7 pelo governo municipal e 03 de propriedade particular.

O ensino médio é ministrado em 4 estabelecimentos, sendo 2 mantidos pelo governo do Estado e 2 de propriedade particular.

O ensino superior dispõe de uma faculdade particular. A Faculdade Cidade de Coromandel, oferece os seguintes cursos: Administração, Educação Física, Letras, Pedagogia, Enfermagem, Sup. de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS), Engenharia Agronômica, Medicina Veterinária, Psicologia e Ciências Contábeis.

Coromandel conta com a escola municipal que se sobressai a muitas do estado de Minas Gerais sendo ela a Escola Municipal Antônio Matias Pereira.

O ensino profissionalizante é ministrado em uma escola do SENAC, onde são ministrados vários cursos de formação e aperfeiçoamento profissional.

O ensino especial é feito pela APAE (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais).

Há também a UAB (Universidade Aberta do Brasil), que oferece os cursos de Pedagogia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF),o curso de Administração Pública pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), também o curso de Sistemas da Internet pelo Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) e ainda o curso de Educação Física pela Universidade de Brasília (UNB).

CulturaEditar

  • Personalidades: Gerson Coutinho da Silva, o Goiá, cantor e compositor de músicas sertanejas, dentre as composições mais conhecidas destacam-se: Saudade da Minha Terra, Saudade de Coromandel e Última Esperança. O músico Abel Ferreira possui contribuição de destaque como artista da terra. O jornalista Álvaro Pereira é também natural do município.
  • Expo-Coró: tradicional festa da cidade, mostra agropecuária realizada anualmente no mês de julho, realizando de grandes negócios e calorosas confraternizações.
  • Carná Coró; e a festa do carnaval da cidade vem crescendo cada vez mais no decorer dos anos
  • Canta Coró: festival de música regional que tem o intuito de manter viva a semente plantada por Abel Ferreira e Goiá, celebridades artísticas de Coromandel e do Brasil.
  • Festa do coromandelense ausente: festa realizada com certa regularidade, normalmente nos aniversários da cidade onde centenas de conterrâneos de todo país vêm participar. Uma festa que fortalece os vínculos dos moradores e de quem um dia teve que se mudar da cidade.
  • As Folias de Reis e as festas de capelas são bastante cultivadas pelas comunidades do município.
  • A Casa da Cultura: a estrutura abriga a Biblioteca Municipal, várias salas para cursos de arte e música, têm espaço de qualidade para exposições, palestras, seminários, congressos, cursos e reuniões, além de um anfiteatro de 280 lugares.E também é sede da UAB (Universidade Aberta do Brasil) que oferece os cursos de Pedagogia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF),o curso de Administração Pública pela Universidade Federal de Ouro Preto (que no momento possui duas turmas) (UFOP,também o curso de Sistemas da Internet pela Universidade Federal do Mato grosso (CEFET)e ainda o curso de Educação Física pela Universidade de Brasília (UNB)contando com salas totalmente equipadas e apoio de tutores presenciais.

EconomiaEditar

Coromandel conta com laticínios, postos de resfriamento e moinhos de calcário. A agroindústria é uma das grandes demandas do município, já que a produção agrícola é o grande potencial da economia. Beneficiado pela grande extensão da bacia leiteira, os laticínios têm uma produção que é inclusive exportada para outros estados, principalmente o de São Paulo. Além do leite pasteurizado, há fabricação de requeijão, queijos, iogurte, que na sua grande maioria é comercializada em outros centros.

A indústria de calcário vem processando seus produtos por várias décadas e as jazidas encontram-se localizadas no município de onde poderá contar com reservas de matéria prima.

O diamante é outra fonte de riqueza do município. Nos garimpos de Coromandel foram encontrados 15 entre os 20 maiores diamantes brasileiros, razão de a cidade ser conhecida, mundialmente, como a "Terra do Diamante". A exploração de diamante é a atividade mais antiga do município e atualmente emprega, informalmente, cerca de 3 mil garimpeiros. Foi nesta cidade encontrado o maior diamante bruto do Brasil, em 13 de agosto de 1938. O garimpeiro Joaquim Venâncio Tiago encontrou no rio Santo Antônio do Bonito uma pedra de 726 quilates, o maior diamante brasileiro bruto até hoje. A pedra foi chamada de Presidente Vargas (segundo o site Portal das Joias, batizada pelos “bajuladores de plantão”[9]). Depois de lapidada, a pedra foi dividida em 29 pedras, a maior com 44 quilates.

Após mais de uma década de interrupção, foi anunciada em junho de 2017 a a liberação de uma área de 700 hectares, na região de Douradinho, para a retomada da atividade de garimpo. A área poderia ser explorada por cerca de 400 garimpeiros filiados à Cooperativa de Pequenos e Médios Garimpeiros de Coromandel (Coopemg).[10] Em 12 de maio de 2018, O superintendente do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) em Minas Gerais declarou que iria criar uma força tarefa no órgão para liberar autorizações para garimpos em Coromandel.[11]

Na área de serviços, Coromandel conta com dois hotéis com oferta de 110 acomodações, entre quartos e apartamentos, empresas de transporte rodoviário, oficinas, diversos restaurantes e outros mais.

O município é servido pelos Bancos: Brasil, Caixa Econômica, Itaú, Sicoob e Bradesco.

 
Represa ao lado do Anel Viário de Coromandel

TurismoEditar

Coromandel tem um grande potencial turístico, inclusive reconhecido pela EMBRATUR desde 1997, quando foi emitido o selo que oficializou esta potencialidade. É uma boa alternativa econômica para o município, que tem belíssimas quedas d'água, ideais para a prática de esportes radicais como canoagem, trilhas e enduros.

TransporteEditar

As principais rodovias que passam por Coromandel são a BR-352 e MG-188. A malha viária municipal é de 5.100 km de estradas municipais. A cidade conta com um aeroporto de 1.600 metros de pista asfaltada. O município conta com mais sete campos de pouso.

A distância entre a sede e as principais capitais e cidades é:

  • Belo Horizonte.......................................... 477 km
  • Brasília................................................ 420 km
  • São Paulo............................................... 710 km
  • Rio de Janeiro.......................................... 915 km
  • Vitória.......................................... 917 km
  • Patos de Minas.......................................... 122 km
  • Uberlândia.............................................. 170 km
  • Uberaba................................................. 220 km
  • Patrocínio.............................................. 75 km
  • Monte Carmelo........................................... 58 km
  • Araguari................................................ 108 km

Esporte e LazerEditar

Coromandel tem três ginásios cobertos, dois campos de futebol, várias quadras esportivas, clubes, lagoas, cachoeiras e diversos ranchos de pesca na beira de seus rios. Possuem sedes recreativas na cidade a AABB Clube Campestre Boa Vista e o famoso clube de aeromodelismo de coromandel.

SegurançaEditar

A polícia judiciária funciona com uma Delegacia da polícia Civil, que está vinculada à 2ª Delegacia Regional de Patrocínio e ao 10ª Departamento de Patos de Minas.

A polícia ostensiva está a cargo da 98ª Companhia Especial da Polícia Militar, vinculada ao 46º Batalhão da Polícia Militar de Patrocínio e à 10ª Região da Polícia Militar de Patos de Minas. Também atua no município um grupamento de polícia ambiental e outro de polícia de trânsito rodoviário, subordinados à 10ª Companhia de Meio Ambiente e Trânsito de Patos de Minas. A Polícia Ambiental atua no combate a degradação do meio ambiente em conjunto com a Secretaria de Meio Ambiente, AARPAA (Associação dos Amigos do Rio Paranaíba e seus Afluentes), IMA, IEF, CODEMA, Ministério Público e demais órgãos ambientais do município.

Existe em funcionamento no município um CONSEP (Conselho de Segurança Pública), que promove reuniões mensais nas quais a comunidade tem a possibilidade de tratar das questões de segurança juntamente com representantes da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Poder Judiciário e do Ministério Público.

Referências

  1. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  2. IBGE (2018). «Área da unidade territorial». Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018. Consultado em 8 de agosto de 2018 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 8 de agosto de 2018 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 6. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  7. «Coromandel - Histórico» (PDF). biblioteca.ibge.gov.br. Consultado em 13 de junho de 2012 
  8. «Histórico do município de Coromandel». compucenternet.com.br. Consultado em 13 de junho de 2012. Cópia arquivada em 13 de junho de 2012 
  9. «Cópia arquivada». Consultado em 8 de setembro de 2012. Arquivado do original em 11 de novembro de 2012 
  10. Área de 700 hectares é liberada para garimpo em Douradinho
  11. Superintendente do DNPM promete força tarefa para liberar garimpos em Coromandel

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.