Coronha (português brasileiro) ou couce (português europeu) ("gunstock" ou apenas " stock" em inglês) é a designação de uma parte que dá suporte estrutural aos componentes de uma arma longa (cano, e mecanismos de ação e disparo).

Componentes da "armação" de uma arma de fogo longa.

Diferentes nomenclaturasEditar

Mesmo na língua portuguesa, existem diferenças no uso de alguns termos. No Brasil, a estrutura é chamada de "armação" e seus componentes são: Soleira, Coronha, Punho e Guarda-mão.[1] Já em Portugal, a estrutura é chamada de "coronha" e seus componentes são: Soleira, Couce, Delgado e Fuste.[2]

Já na língua inglesa, o termo mais abrangente é "stock" e seus principais componentes são: "butt", "forend", "comb", "heel", "toe", "grip" e "thumbhole".

FinalidadesEditar

Além do já mencionado suporte estrutural aos componentes da arma, a coronha também fornece um meio para que o atirador segure firmemente a arma e mire com facilidade e estabilidade, mantendo-se contra o ombro do usuário ao disparar a arma, e ajuda a combater os efeitos do recuo levantando o cano, transmitindo o recuo diretamente para o corpo do atirador.[3]

Um outro tipo de arma que também faz uso de uma coronha é a besta.[4]

Ver tambémEditar

GaleriaEditar

ReferênciasEditar

  1. Jeferson (23 de novembro de 2017). «O NOME VERDADEIRO DA "CORONHA" E AS SUAS 5 PARTES». Jeferson Atirador. Consultado em 11 de junho de 2020 
  2. «Armas de Projecção de Fogo Ordinárias - Funcionamento - Coronha». Armas de Projecção de Fogo Ordinárias e Revólveres. Universidade do Minho. Consultado em 11 de junho de 2020 
  3. Chuck Hawks. «Rifle Recoil» 
  4. «Online Etymology Dictionary, tiller» 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Coronha
  Este artigo relativo a armas de fogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.