Cosme I de Médici, Grão-Duque da Toscana

Cosme I de Médici, (em italiano: Cosimo I de' Medici; 12 de junho 151921 de abril de 1574), foi o segundo duque de Florença (1537-1569) e primeiro grão-duque da Toscana (1569-1574). Era um membro da família Médici. Sua gestão foi pontuada pela intenção de expandir a influência de Florença a toda a Toscana conquistando a vizinha República de Siena, constituindo, assim, o Grão-Ducado da Toscana. Construiu um novo porto em Livorno com o projeto de Giorgio Vasari para que concorresse com o porto de Pisa.

Cosme I de Médici
Duque de Florença
Reinado 6 de janeiro de 1537
a 21 de agosto de 1569
Antecessor(a) Alexandre
Grão-Duque da Toscana
Reinado 21 de agosto de 1569
a 21 de abril de 1574
Sucessor Francisco I
 
Nascimento 12 de maio de 1519
  Florença, República Florentina
Morte 21 de abril de 1574 (54 anos)
  Florença, Grão-Ducado da Toscana
Sepultado em Capela dos Médici, Basílica de
São Lourenço
, Florença, Itália
Esposas Leonor de Toledo
Camila Martelli (morganática)
Descendência Bianca de Médici
Maria de Médici
Francisco I de Médici
Isabel de Médici
João de Médici
Lucrécia de Médici
Pedro de Médici
Garcia de Médici
Fernando I de Médici
Ana de Médici
Pedro de Médici
Virgínia de Médici
Casa Médici
Pai João de Médici
Mãe Maria Salviati
Religião Catolicismo

DescendênciaEditar

Em 1539, Cosme casou-se com a nobre espanhola Leonor de Toledo (1522-1562), filha de Dom Pedro Álvarez de Toledo, vice-rei espanhol de Nápoles e primo, em terceiro grau, do próprio imperador Carlos V. O casal teve uma vida conjugal longa e pacífica. Surpreendentemente para a época, Cosme foi fiel à esposa durante toda a vida de casados. O exemplo de um casal tradicional serviu para fortalecer suas várias reformas e separar sua associação com o ex-duque. Leonor era consultora política do marido e muitas vezes governava Florença na sua ausência. Ela forneceu aos Médici o Palácio Pitti e foi patrona da nova Ordem Jesuíta. A duquesa morreu com seus filhos João e Garcia em 1562, quando ela tinha apenas quarenta anos; todos os três foram atingidos pela malária enquanto viajavam para Pisa.

Com Leonor, Cosme teve onze filhos:[1]

Antes de seu primeiro casamento, Cosme teve uma filha ilegítima com uma mulher desconhecida:

Após a morte de Leonor em 1562, Cosme teve dois filhos com sua amante Leonor degli Albizzi:

Em 1570, Cosme casou-se morganaticamente com Camila Martelli (morta em 1590) de quem teve uma filha:

Referências


Precedido por
Alexandre de Médici
 
Duque de Florença

1537 - 1569
Sucedido por
título extinto
Precedido por
novo título
 
Grão-Duque da Toscana

1569 - 1574
Sucedido por
Francisco I de Médici
  Este artigo sobre um nobre é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.