Cratera secundária

Crateras secundárias são crateras de impacto formado pelo material que foi ejetado por uma cratera maior, depois de ter caido no solo em altas velocidades. Elas às vezes forma uma cadeia de crateras circular.[1]

O Mare Imbrium (primeiro plano) é cercado de crateras de impacto secundário que formou a cratera Copernicus (centro superior).

Referências

  1. «secondary crater». daviddarling.info. Consultado em 30 de setembro de 2010 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma cratera é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.