Abrir menu principal
Crefisa
Crefisa.png
Razão social Crefisa S/A Crédito Financiamento e Investimentos
Empresa de capital fechado
Slogan Simplifica, vem pra Crefisa
Crédito fácil
Nos momentos que você mais precisa
Crédito para negativado
Atividade Serviços financeiros
Gênero Sociedade Anônima
Fundação 1964
Fundador(es) José Roberto Lamacchia
Sede São Paulo, SP,  Brasil
Presidente Leila Mejdalani Pereira
Pessoas-chave José Roberto Lamacchia, Leila Mejdalani Pereira
Empregados 5.000 (em 2015)
Produtos Crédito Pessoal
Ativos Aumento R$ 4,813 bilhões (Dez/2017)[1]
Lucro Baixa R$ 1,02 bilhão (Dez/2017)[2]
Website oficial crefisa.com.br

A Crefisa é uma empresa de crédito pessoal fundada em 1964. Opera com recursos próprios, contando com mais de 1000 pontos de atendimento e 1 milhão de clientes. Foi das pioneiras no segmento de crédito pessoal se destacando nas décadas de 60 e 70 com seu processo de expansão para todo centro da cidade de São Paulo[3].

A Crefisa concede empréstimos ao servidor público sem consulta ao SPC/Serasa e sem depender de uma margem consignável - sendo muito usado por pessoas que já possuem outros empréstimos ou restrições no nome. A empresa também tem como cliente os aposentados e pensionistas do INSS[4].

InvestimentosEditar

Em 2005, a Crefisa investiu 25 mil reais na terceirização da gestão de documentos, o que reduziu em 75% os gastos com papel e viabilizou a digitalização de 60 mil contratos por mês. Antes do projeto, as lojas prestadoras de serviço precisavam fazer cópia de todos os documentos do cliente e encaminhá-las a sede da Crefisa [5]

Referências

  1. Estadão (Julho de 2018). «Finanças Mais - julho 2018» (PDF). Estado de S. Paulo. Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  2. Karin Salomão (26 de Novembro de 2018). «A bilionária empresa por trás do bicampeonato brasileiro do Palmeiras». Exame. Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  3. «Crefisa - Código de Ética». Crefisa. Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  4. «Crédito para negativado faz da Crefisa gigante das financeiras». Confederação Nacional das Instituições Financeiras. Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  5. [1]

Ligações externasEditar