Abrir menu principal

Crescimento simpodial

Crescimento simpodial.

Crescimento simpodial (ou basítona) é um termo da botânica que se refere à maneira de brotação das plantas vasculares que crescem lateralmente, de gemas em sua base e não em suas terminações ou ápices. As bananeiras, helicônias e a maioria das orquídeas apresentam este tipo de crescimento[1].[2].

Ver tambémEditar

Referências

  1. Simpson, M. G. 2006. Plant Systematics. Elsevier Academic Press. Pg. 355. (em inglês)
  2. Julius Sachs (1882). Text-book of Botany: Morphological and Physiological. [S.l.]: Clarendon Press. 178 páginas 
  Este artigo sobre Botânica é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.