Cronologia da Guerra Civil Espanhola

Esta é uma cronologia da Guerra Civil Espanhola.

1936Editar

1937Editar

  • 9 de janeiro: Os Estados Unidos decretam embargo de armas aos dois lados.
  • Fevereiro: Os nacionalistas tomam Málaga e Antequera; ganham também a batalha de Jarama.
  • 31 de março: Aviões alemães bombardeiam Durango e Ochandiano.
  • 26 de abril: Aviões alemães bombardeiam Guernica.
  • Maio: Grande ofensiva nacionalista no norte da Espanha (encerrada em outubro, com vitória dos nacionalistas).
  • 1 de outubro: O governo republicano se transfere para Valência.
  • Novembro: Estabelecidas relações comerciais entre a Espanha nacionalista e a Grã-Bretanha.
  • Dezembro: Bombardeio nacionalista de Barcelona. Republicanos bombardeiam Palma de Mallorca e investem contra Teruel.

1938Editar

  • 2 de março: Decreto, na área nacionalista, abolindo a liberdade de expressão e de reunião.
  • Junho: A França fecha a fronteira com a Espanha. Nacionalistas bombardeiam Alicante.
  • Setembro: Pesado bombardeio aéreo do porto de Barcelona. Negrín anuncia, à Sociedade das Nações, a retirada dos voluntários internacionais republicanos.
  • Novembro: Nacionalistas derrubam a resistência republicana no Ebro.
  • Dezembro: Início da ofensiva sobre a Catalunha. O frente republicano é rompido em vários pontos.

1939Editar

  • Janeiro: Prossegue o avanço nacionalista na Catalunha (conquista de Artesa de Segre e Borjas Blancas). As tropas de Modesto, núcleo fundamental do exército republicano, estão praticamente destruídas.
  • 21 de fevereiro: Franco preside o desfile da Vitória, em Barcelona.
  • 28 de março: Tropas nacionalistas entram em Madrid.
  • 1 de abril: Tropas nacionalistas alcançam seus derradeiros objetivos militares. Fim da guerra.

Ligações externasEditar