Cuauhtémoc Blanco

futebolista mexicano
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Cuauhtémoc, veja Cuauhtémoc (desambiguação).

Cuauhtémoc "Temo" Blanco Bravo (Cidade do México, 17 de janeiro de 1973) é um político e ex-futebolista mexicano que atuava como atacante e meia. É o atual governador do estado de Morelos.

Cuauhtémoc Blanco
Cuauhtémoc Blanco
Blanco atuando pelo Dorados de Sinaloa
Informações pessoais
Nome completo Cuauhtémoc Blanco Bravo
Data de nasc. 17 de janeiro de 1973 (49 anos)
Local de nasc. Cidade do México, México
Altura 1,77 m[1]
destro
Apelido Temo
Informações profissionais
Clube atual aposentado
Número 10
Posição atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes
1992–2007
1997]–1998
2000–2002
2004
2007–2008
2008
2010
2010–2011
2011–2013
2013-2014
2014-2015
América
Necaxa (emp.)
Real Valladolid (emp.)
Veracruz (emp.)
Chicago Fire
Santos Laguna (emp.)
Veracruz
Club Irapuato
Dorados de Sinaloa
Lobos de la BUAP
Puebla
Seleção nacional
1995–2014 Seleção Mexicana de Futebol

Blanco é amplamente considerado um dos maiores jogadores mexicanos de todos os tempos.[2][3][4] Um estudo do site Barça Numbers listou Blanco como o melhor batedor de penaltis de todos os tempos, tendo ele convertido 71 dos 73 pênaltis em sua carreira.[5][6] É o maior artilheiro da Copa das Confederações (9 gols), dividindo a marca com Ronaldinho Gaúcho.[7]

JuventudeEditar

Blanco nasceu na Cidade do México, no distrito de Tlatilco.[8] Filho de Faustino Blanco e Hortensia Bravo, ele recebeu seu nome em homenagem ao último imperador asteca Cuauhtémoc.[9][10]

CarreiraEditar

Club AméricaEditar

Iniciou sua carreira profissional aos dezessete anos no América em 1990. Por esse clube, venceu a Copa dos Campeões da CONCACAF, o Campeonato Mexicano (Clausura) e a copa Campeão dos Campeões, todas em 2005.

Teve passagens pelas equipes do Necaxa, Veracruz e pela equipe espanhola Valladolid. Pela Seleção do México conquistou a Copa Ouro em 1996 e 1998 e a Copa das Confederações em 1999, pela qual também foi o artilheiro. Jogou pela seleção de seu país as Copas do Mundo de 1998, 2002 e Copa do Mundo de 2010. Por causa de sua personalidade forte, não jogou a Copa do Mundo de 2006, pois brigou com o técnico argentino Ricardo La Volpe que, então, dirigia a seleção mexicana.

Chicago FireEditar

Em 1 de abril de 2007, assinou contrato com a equipe estadunidense de futebol Chicago Fire, com estréia em 22 de julho desse mesmo ano na MLS, a liga estadunidense de futebol. Em sua estreia, marcou um gol no empate em 1 a 1 contra o Glasgow Celtic. Em 19 de agosto, marcou mais um gol na vitória do Fire sobre o Real Salt Lake por 2 a 0. Voltou a marcar e dar uma assistência na vitória do Fire sobre o Kansas City Wizards também por 2 a 0. Chegou até as finais da MLS Cup, porém sua equipe foi eliminada pelo New England Revolution. Em seu primeiro ano no Chicago Fire marcou 4 gols e fez 7 assistências.

A 10 de Setembro de 2008, antes do jogo pertencente à terceira fase das Eliminatórias da América do Norte, Central e Caribe para a Copa do Mundo FIFA de 2010, anunciou o fim da sua carreira na Seleção Mexicana. Entretanto, em meados de 2009 foi chamado de volta à seleção, que se encontrava em dificuldades para se classificar para a Copa do Mundo de 2010. Fez excelentes partidas e conseguiu ajudar o México a se classificar para mais uma Copa. Com o Chicago Fire, obteve o vicecampeonato da Superliga em 2009.

Santos LagunaEditar

Em 19 de novembro de 2008, foi anunciado que o Santos Laguna contratou Blanco por empréstimo. Blanco foi formalmente apresentado à imprensa no dia seguinte, vestindo a camisa 9.[11]

Ainda em 2009, anunciou oficialmente que não renovaria seu contrato com o Chicago Fire assinando em seguida com a equipe mexicana Veracruz, onde permaneceu por uma temporada. Na sequência assinou com o Irapuato.[12]

Em dezembro de 2011, Blanco ingressou no Dorados de Sinaloa da Liga de Ascenso.[13]

PueblaEditar

Depois de considerar a aposentadoria, Blanco assinou com o Puebla para jogar uma última temporada na Liga MX em maio de 2014.[14] Em abril de 2015, Blanco anunciou sua aposentadoria dos gramados após a conquista da Copa do México pelo Puebla, aos 42 anos.[15]

Carreira internacionalEditar

Blanco representou a seleção mexicana de futebol de 1995 a 2010. Jogou duas Copas do Mundo, duas Copas das Confederações, no qual ganhou uma em 1999, sobre o Brasil, e recebeu a Chuteira de Ouro, pela artilharia, e a Bola de Prata, por suas atuações e venceu Liga dos Campeões da Concacaf.[16] Foi convocado pela seleção Méxicana para disptar a Copa do Mundo de 2010, recebendo o número 10.[17][18]

Blanco é o terceiro maior artilheiro da história da seleção, com 38 gols.[19]

Carreira políticaEditar

Em 2015, Blanco foi eleito Prefeito de Cuernavaca, cidade mexicana com cerca de 350 mil habitantes no estado de Morelos. Candidato do Partido Social-Democrata (PSD), Blanco recebeu 39.861 votos.[15]

Em junho de 2016, Blanco desfiliou-se do PSD, ingressando no Partido do Encontro Social (PES) em março de 2017.[20][21]

Em 1 de julho de 2018, ele ganhou as eleições para governador de 2018 de Morelos com uma vitória expressiva, tornando-se o primeiro ex-jogador de futebol a vencer uma eleição para governador estadual no México.[22][23] Seu mandato teve início em 1 de outubro.[24]

Vida pessoalEditar

Blanco foi casado com Marisela Santoyo de 1996 a 2003, com quem tem um filho, Cuauhtémoc Jr.[25] O casal se separou em 2000 e Blanco teve um caso com Liliana Lago, com quem teve uma filha, Bárbara, nascida em 2002.[26] Desde 2015, é casado com a modelo brasileira Natalia Rezende.[27]

TítulosEditar

  Seleção Mexicana

  América

ArtilhariaEditar

  Seleção Mexicana

  América

Campanhas de destaqueEditar

  Chicago Fire

NotasEditar

 
Blanco nos tempos de América
  • Blanco foi eleito o melhor jogador do México em 2004 e 2005.
  • O técnico que deu a primeira oportunidade para o então jovem Blanco jogar no time principal do América foi o brasileiro Paulo Roberto Falcão.
  • O primeiro nome de Blanco, Cuauhtémoc, vem do dialeto asteca Nahuatl e significa águia que cai. Cuauhtémoc foi o último imperador asteca.
  • O gol que marcou contra o Real Salt Lake em 19 de agosto de 2007, foi eleito O Gol do Ano.
  • No jogo MLS All-Star 2008, realizado em 24 de julho, além de um gol e uma assistência na vitória da seleção da MLS contra a equipe inglesa West Ham por 3x2, Blanco ainda foi eleito o melhor jogador da partida.

Referências

  1. «Perfil de Cuauhtémoc Blanco Bravo». Consultado em 15 de Fevereiro de 2012 
  2. «Cuauhtémoc Blanco - Los 10 mejores futbolistas mexicanos de la historia». MARCA Claro México (em espanhol). Consultado em 6 de julho de 2021 
  3. Gama, Karla Villegas. «Ranking the Best 20 Mexican Players of All Time». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 6 de julho de 2021 
  4. «Best Mexican Soccer Players of All Time». Cleats (em inglês). Consultado em 6 de julho de 2021 
  5. «The best penalty takers of all time». BARÇA NÚMEROS (em inglês). 27 de março de 2018. Consultado em 6 de julho de 2021 
  6. «Cuauhtémoc Blanco, el mejor cobrador de penales de todos los tiempos | Goal.com». www.goal.com. Consultado em 6 de julho de 2021 
  7. Lucas, Adriano S. «Top 10 maiores artilheiros da Copa das Confederações». top10mais.org. Consultado em 29 de julho de 2021 
  8. «Cuauhtémoc Blanco cumple 46 años de vida». El Universal (em espanhol). 17 de janeiro de 2019. Consultado em 6 de julho de 2021 
  9. «La última 'Cuauhteminha'». www.reforma.com (em espanhol). Consultado em 6 de julho de 2021 
  10. Elzaurdia, Paco (29 de setembro de 2014). Cuauhtémoc Blanco (em espanhol). [S.l.]: Simon and Schuster 
  11. «Chicago Fire: News: Article». web.archive.org. 2 de janeiro de 2009. Consultado em 6 de julho de 2021 
  12. «Cuauhtémoc Blanco confirma su pase al club Irapuato - Deportes - CNNMéxico.com». web.archive.org. 27 de janeiro de 2012. Consultado em 6 de julho de 2021 
  13. «Cuauhtémoc Blanco es nuevo jugador de los Dorados de Sinaloa». www.mediotiempo.com (em espanhol). Consultado em 6 de julho de 2021 
  14. «Blanco enfim pendurou as chuteiras, mas teve tempo para mais um título no México». Trivela. 22 de abril de 2015. Consultado em 6 de julho de 2021 
  15. a b Janeiro, Por GloboEsporte comRio de. «Recém-aposentado, Blanco é eleito prefeito em cidade mexicana». globoesporte.com. Consultado em 6 de julho de 2021 
  16. «Biografias - UOL Copa do Mundo 2010». copadomundo.uol.com.br. Consultado em 6 de julho de 2021 
  17. «'@' JOGADORES CONVOCADOS DA SELEÇÃO DO MÉXICO NA COPA DO MUNDO 2010 ÁFRICA DO SUL - MÉXICO NA COPA DO MUNDO 2010 ÁFRICA DO SUL | COPA DO MUNDO DE FUTEBOL DA FIFA». www.quadrodemedalhas.com. Consultado em 6 de julho de 2021 
  18. «México completa lista de pré-convocados para Copa de 2010». Virgula. Consultado em 6 de julho de 2021 
  19. Janeiro, Por GloboEsporte comRio de. «Recém-aposentado, Blanco é eleito prefeito em cidade mexicana». globoesporte.com. Consultado em 6 de julho de 2021 
  20. «'Cuau' va por el gobierno de Morelos y con el apoyo de AMLO». Nación321 (em espanhol). Consultado em 6 de julho de 2021 
  21. Notimex. «Cuauhtémoc Blanco, nuevo militante de Encuentro Social». El Economista. Consultado em 6 de julho de 2021 
  22. «Cuauhtémoc Blanco gana las elecciones en Morelos». López-Dóriga Digital (em espanhol). 2 de julho de 2018. Consultado em 6 de julho de 2021 
  23. publimetro. «Cuauhtémoc Blanco, el primer ex futbolista que será gobernador en México». Publimetro Test (em inglês). Consultado em 6 de julho de 2021 
  24. «Cuauhtémoc Blanco recibirá mañana constancia de mayoría en Cuernavaca». El Universal (em espanhol). 7 de julho de 2018. Consultado em 6 de julho de 2021 
  25. «Cuauhtémoc Blanco le responde a su esposa». El Siglo (em espanhol). Consultado em 6 de julho de 2021 
  26. UNIÓN PUEBLA, Redes de Información y Educación del Siglo XXI de EL UNIVERSAL y UNO TV (13 de maio de 2021). «UN1ÓN | PUEBLA: Noticias de Puebla en tiempo real». www.unionpuebla.mx (em inglês). Consultado em 6 de julho de 2021 
  27. «Se casa Cuauhtémoc Blanco con modelo brasileña». La Opción de Chihuahua (em espanhol). Consultado em 6 de julho de 2021 
  28. Lucas, Adriano S. «Top 10 maiores artilheiros da Copa das Confederações». Consultado em 6 de julho de 2021 

Ligações externasEditar