Cultura da Escócia

Dirigindo-se ao haggis, durante o Burns supper :
Fair fa' your honest, sonsie face,. Great chieftain o' the puddin-race!
Banda tradicional escocesa, durante o Garden Festival de 1988, em Glasgow.

A cultura da Escócia refere-se aos padrões de atividade humana e simbolismo associadas com a Escócia e os escoceses. Alguns elementos da cultura escocesa, como sua igreja nacional, bem como outros instrumentos, são protegidos por lei, tal como estabelecido pelo Tratado da União (Treaty of Union),

Direito escocêsEditar

 Ver artigo principal: Direito escocês

A Escócia manteve o seu direito escocês, um sistema legal único baseado no direito romano que combina características tanto do sistema romano-germânico quanto do common law anglo-saxão. Os termos da união do país com a Inglaterra especificaram a manutenção de sistemas separados. Os advogados são conhecidos como advocates, e os juízes das supremas cortes para casos civis também são os juízes das supremas cortes para casos criminais.

Anteriormente existiram diversos sistemas legais regionais na Escócia, um dos quais era a Udal Law (também chamada de allodail ou odal law), em Shetland e nas Órcades, um descendente directo do antigo direito nórdico, abolida em 1611 (apesar disto os tribunais escoceses reconheceram a supremacia da udal law em certos casos envolvendo propriedade até a década de 1990). Existe um movimento para restaurar este sistema legal[1] nestas ilhas, como parte de um processo de devolução de poder de Edimburgo.

EconomiaEditar

 Ver artigo principal: Economia da Escócia

Os bancos na Escócia apresentam características únicas; embora o Banco da Inglaterra continue sendo o banco central do governo do Reino Unido, três bancos escoceses imprimem seu próprio dinheiro: o Bank of Scotland, o Royal Bank of Scotland e o Clydesdale Bank; estas notas impressas por eles, no entanto, não tem status de curso legal.

EsportesEditar

 Ver artigo principal: Esporte na Escócia

Embora participe de eventos esportivos como a Copa do Mundo de Futebol, a Escócia não pode competir de maneira independente nos Jogos Olímpicos. No atletismo, o país participou da Celtic Cup, contra equipes do País de Gales e da Irlanda, desde a primeira edição do evento, em 2006.[2]

Dentre esses outros esportes, a Escócia prioriza o Rugby, tendo uma das melhores equipes entre as mais medianas do mundo, sempre se destacando com vitórias contra os gigantes da modalidade, como a Inglaterra, País de Gales, Austrália e Nova Zelândia. No Ranking mundial ocupa a nona colocação geral, atrás da Argentina e está à frente de Samoa. Compete também pelo 6 Nações, porém sem muito brilho mas com atuações muito boas.

 
Clássico real entre Escócia e Irlanda, válido pelo torneio antecessor ao 6 Nações, o Five Nations.

A Escócia também é considerada o "Lar do Golfe",[3] e é bem conhecida por seus campos. Assim como as competições atléticas conhecidas internacionalmente, os Highland Games, também é a célebre pela prática do curling e do shinty, um jogo que utiliza bastões, semelhante ao hurling irlandês. O cricket escocês é um considerado um jogo de elite.

MídiaEditar

A Escócia tem uma mídia distinta do resto do Reino Unido. Produz, por exemplo, diversos jornais de circulação nacional e internacional, como o Daily Record (principal tabloide do país), o The Herald (broadsheet), com sede em Glasgow, e o The Scotsman, de Edimburgo.

Entre os jornais publicados especialmente no domingo estão o Sunday Mail (publicado pela Trinity Mirror, que publica o Daily Record) e o Sunday Post, enquanto o Sunday Herald e o Scotland on Sunday estão associados, respetivamente, com o Herald e o Scotsman.

Entre os diários regionais pode-se incluir o The Courier and Advertiser, de Dundee, no leste do país, e o The Press and Journal, que circula em Aberdeen e no norte.

A Escócia tem seus próprios serviços da BBC (BBC Scotland), que incluem as rádios nacionais, BBC Radio Scotland, em inglês, e a BBC Radio nan Gaidheal, em gaélico escocês. Existem também diversas estações de rádio locais, da BBC e independentes, espalhadas por todo o país. A BBC Scotland também tem duas estações de televisão; boa parte das produções da BBC Scotland Television, como notícias e programas da atualidades, além da soap opera, River City, que se passa em Glasgow, são feitos para o público interno, enquanto outros, como séries dramáticas e de comédia, têm como algo públicos de todo o Reino Unido e até internacional.

Duas estações pertencentes à ITV (Independent Television), a STV e a ITV1, também transmitem na Escócia. A maior parte das produções televisivas independentes do país são equivalentes ao que é transmitido para o resto do Reino Unido, com exceção de programas jornalísticos e esportivos locais, além de programas sobre assuntos culturais locais e da programação em gaélico escocês.

Existem dois canais que transmitem exclusivamente em gaélico, Tele-G e BBC Alba, que também transmitem para todo o Reino Unido em certos períodos do dia.

Como uma das nações célticas, a Escócia é representada no Festival de Mídia Céltica (conhecido anteriormente como Festival Internacional Céltico de Cinema), e diversos participantes escoceses conquistaram prêmios desde que a primeira edição do festival, em 1980. Entre os participantes e sócios escoceses do evento estão Highlands and Islands Enterprise, BBC Scotland, MG Alba, Scottish Screen, STV e Bòrd na Gàidhlig.[4][5]

A Escócia também é palco de diversas histórias em quadrinhos, principalmente pela Disney com o personagem Tio Patinhas (no original Uncle Scrooge McDuck), quando contada a sua história na série A Saga do Tio Patinhas.

GastronomiaEditar

 Ver artigo principal: Culinária da Escócia

Embora a barra de Mars frita seja citada, humoristicamente, como exemplo da dieta escocesa moderna, a culinária escocesa tem pratos tradicionais, como o haggis, o Arbroath Smokie, o salmão, a carne de cervo, o cranachan, o bannock, o Scotch Broth e o shortbread.

O país também é muito conhecido pelo seu uísque e por suas distilarias, bem como pela sua cerveja.

O refrigerante Irn-Bru é citado pelo seu fabricante, A.G. Barr, como a "outra bebida nacional" da Escócia, devido à grande parcela do mercado do país dominado pela bebida.

IdiomasEditar

Na Escócia falam-se três línguas: o inglês da Escócia, o Scots (que por vezes não é considerado como um idioma separado) e o gaélico escocês

TeatroEditar

A cidade de Edimburgo recebe, no verão, aquele que é considerado o mais importante festival de teatro do Reino Unido. é chamado de Endcity,é muito conhecido em toda a cidade, a maioria dos escoceses vão assistir todo o verão.

Cultura popularEditar

KiltEditar

O kilt surgiu no século XVI, no norte da Escócia. Cada clã ou família tinha um tipo de quadriculado no kilt, que identificava os seus integrantes.

LendasEditar

Há séculos os habitantes da região dizem que um monstro pré-histórico, de nome Nessie, vive no fundo do Lago Ness. Muitas expedições foram feitas no local e até hoje nada foi encontrado. mas essa lenda é bem famosa, praticamente o mundo inteiro conhece o monstro do Lago Ness,E poucos sabem sua origem.

Referências

  1. [1]
  2. Scottish athletics and Wales competing in two leagues, the top four teams from each league qualifying for a final knockout cup competition.
  3. Ford, Donald. Scotland Home of Golf, 31ª edição, Pastime Pubns Ltd, 2001. ISBN 1873163703, 9781873163702.
  4. «About Us::Celtic Media Festival». Celtic Media Festival website. Celtic Media Festival. 2009. Consultado em 7 de junho de 2010. Arquivado do original em 31 de julho de 2012  |accessdate= e |acessodata= redundantes (ajuda)
  5. «Sponsors & Partners::Celtic Media Festival». Celtic Media Festival website. Celtic Media Festival. 2009. Consultado em 26 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 26 de janeiro de 2010 
  Este artigo sobre Cultura é um esboço relacionado ao Projeto Cultura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.