Abrir menu principal

Culturgest

Culturgest
Culturgest, Lisboa (entrada)
Fundação 1993
Sede Edifício Sede da Caixa Geral de Depósitos, Piso 1, Rua Arco do Cego, 1000-300 Lisboa

Culturgest Porto, Edifício Caixa Geral de Depósitos, Avenida dos Aliados nº104, 4000-065 Porto

Delfim Sardo
Sítio oficial Fundação Caixa Geral de Depósitos – Culturgest

A Fundação Caixa Geral de Depósitos – Culturgest é uma Fundação criada pela Caixa Geral de Depósitos para apoiar as artes. Está sediada no Edifício Sede da Caixa Geral de Depósitos, Lisboa. Organiza e apresenta atividades culturais e científicas como exposições, dança, teatro, música, ópera, novo circo, cinema, conferências e colóquios.[1]

Índice

HistorialEditar

Em 1992 a CGD decidiu criar, no seu edifício sede, um centro cultural gerido por uma sociedade denominada Culturgest – Gestão de Espaços Culturais S.A. O início da sua atividade pública data de outubro de 1993. Em 2008 esta instituição assumiu a forma jurídica de Fundação Caixa Geral de Depósitos – Culturgest, que passou a exercer todas as funções desempenhadas pela anterior sociedade. Sempre financiada pela Caixa e com contribuições de menor vulto de algumas empresas do Grupo, a Culturgest é hoje um instrumento para o apoio e intervenção da CGD na vida cultural portuguesa.[2]

Espaços / AtividadesEditar

 
Culturgest, Av. dos Aliados, Porto

No Edifício Sede da CGD a Culturgest dispõe de dois auditórios, um com 616 lugares e outro com 147, seis salas de reuniões e duas galerias de exposições. Paralelamente à sua atividade principal, a Culturgest acolhe nas suas instalações eventos diversificados como congressos (nacionais e internacionais), colóquios, reuniões de vários tipos, lançamentos de produtos, etc.. A partir de 2002 foi afeto à Culturgest um espaço pertencente à antiga sede da CGD no Porto (Avenida dos Aliados), onde têm sido apresentadas exposições de arte contemporânea e concertos de música.[1]

Coleção CGDEditar

Iniciada em 1983, a Coleção da Caixa Geral de Depósitos conta com mais de 1700 peças de artistas, sobretudo portugueses, mas também brasileiros e africanos de expressão portuguesa. A coleção reúne obras de um conjunto de autores de relevo da história da arte portuguesa desde os anos de 1960. A partir de 2000 a Culturgest assumiu o encargo de fazer propostas de aquisição de obras para a coleção e, em 2006, foi-lhe atribuída a gestão dessa Coleção.[2][3]

Órgãos SociaisEditar

O presente Conselho de Administração da Fundação Caixa Geral de Depósitos – Culturgest tem como Presidente Álvaro José Barrigas do Nascimento e como vogais Miguel Lobo Antunes e Margarida Santos Ferraz.[4]

Referências

  1. a b «Quem Somos». Fundação Caixa Geral de Depósitos – Culturgest. Consultado em 3 de julho de 2014. 
  2. a b «Missão». Caixa Geral de Depósitos. Consultado em 3 de julho de 2014. 
  3. «Sentido em deriva:Obras da Coleção da Caixa Geral de Depósitos». Culturgest. Consultado em 3 de julho de 2014. 
  4. «Órgãos Sociais da Fundação». Fundação Caixa Geral de Depósitos – Culturgest. Consultado em 3 de julho de 2014. 
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.