Cynthia Klitbo

Atriz mexicana

Diana Cynthia Klitbo (Zacatecas, 11 de março de 1967) ou mais conhecida como Cynthia Klitbo, é uma atriz mexicana muito respeitada e reconhecida no México. É mais conhecida no Brasil por sua consagrada personagem Tamara de la Colina em El privilegio de amar.

Cynthia Klitbo
Cynthia em outubro de 2019.
Nome completo Diana Cynthia Klitbo
Nascimento 11 de março de 1967 (53 anos)
Zacatecas, Estado de Zacatecas, México
Nacionalidade mexicana
Cônjuge Jorge Antolín (1987—1989)
Francisco Gattorno (1995—1997)
Rubem Lira (2007—2009)
David Gerstain (2012-presente)
Ocupação
Período de atividade 1985–presente

BiografiaEditar

Cynthia Klitbo tem tido em sua carreira uma grande relevância como vilã. A importância da atriz como antagonista é a variação de vilãs realizadas nos melodramas pois já interpretou 11 vilãs de um total de 21 telenovelas, todas de um alcance de distinto e usando desde o drama policial até o melodrama cômico e a comédia de telenovelas como Palabra de mujer, Atrévete a soñar, respectivamente.

Seus papeis tem sido tão reconhecidos pela crítica de espetáculos do México, que foi nomeada uma das estrelas mais representativas por meio da revista TVyNovelas no ano de 2009.

Apesar de ter atuado somente em telenovelas, o trabalho de Cynthia ultrapassou fronteiras graças aos papeis de Sofía Gastelum(Sua primera antagonista e oportunidade) na telenovela Cadenas de amargura, Laura Castro na telenovela La dueña e a telenovela de grande repercusão, onde atuou com Angélica Rivera e Francisco Gattorno, atuou também em El privilegio de amar como Tamara.

Varias revistas de circulação internacional mencionam em várias ocasiões que as interpretações de Cynthia nestas 3 novelas especialmente são parte da história da telenovela no México. Em Cadenas de amargura se refletia o potencial de uma colegial safada, Sofía Gastelum que faria sofrer sua "amiga" Cecilia interpretada por Daniela Castro. O papel, primeira oportunidade de Cynthia, a levou a ter o primeiro de 3 prêmios TV y Novelas e um referente inegaval de melodramas.

Em 2008, a atriz Altair Jarabo interpreta a personagem que fez famosa Cynthia no remake da história En nombre del amor, fazendo, de vez em quando, detalhes que realizava Cynthia. No que respeito a telenovela La dueña, a história bateu recordes nos Estados Unidos e América Latina, graças ao quadro de atores e as vilãs de Laura Castro, papel que Cynthia refez em vigência. A telenovela foi repetida em diferentes horários e canais no México desde sua emissão.

Na telenovela El privilegio de amar tem menção à parte na carreira de Cynthia Klitbo, pois a antagonista Tamara se convierteu, provavelmente, no papel mais importante da atriz. Para este papel, na segunda metade da história, Cynthia viajou a Europa junto com vários membros da produção e os atores Adela Noriega e René Strickler, protagonistas da história. Neste lugar, Cynthia realizou uma das cenas mais impatantes da história do melodrama mexicano, cortando os cabelos em uma ponte do Rio Sena. O segredo se manteve pois a atriz utilizaba perucas nas entrevistas. Foi até principios de 1999 quando a cena saiu ao ar e valeu Cynthia último troféu TVyNovelas. Por esta interpretação, mas sobre todo a perda do cabelo, a atriz foi entregue várias compensações econômicas.[1]

Graças a estas interpretações e outras como a de Rosaura Ontiveros em Alguna vez tendremos alas, a atriz Cynthia Klitbo já ganhou um reconhecimento, igual aos numerosos prêmios.

Em 2010, Cynthia integrou o elenco de Teresa, dividindo créditos com Angelique Boyer, Sebastián Rulli, Aarón Díaz, entre outros. Após esse folhetim, ela foi escalada para viver mais uma vilã em Cachito de cielo, junto com os protagonistas Maite Perroni e Pedro Fernández. Em 2013, co-protagonizou a telenovela De que te quiero, te quiero, produzida por Lucero Suárez. Em 2014, volta como a antagonista de La sombra del pasado junto a Pablo Lyle e Michelle Renaud. Em 2016, obteve mais uma personagem de destaque como a mãe da personagem vivida por Irina Baeva em Vino el amor no período de 2016 e 2017. Está escalada para viver a vilã principal de Hijas de la luna como Leonora.

Vida pessoalEditar

Klitbo foi casada três vezes; seu primeiro casamento foi com o ator Jorge Antolín em 1987 e terminaram em 1989, seu segundo casamento foi com o ator Francisco Gattorno em 1995 e terminou em 1997, e o terceiro foi com o ator Rubem Lira, com quem deu à luz sua única filha Elisa Fernanda Lira, divorciando-se em 2009. Em 2012, Cynthia se casa novamente com o escultor David Gerstain. Também é tia da atriz Christel Klitbo, que interpretou a Valéria na versão mexicana de Carrossel.

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Papel Notas
1985 La pobre señorita Limantur Baby Ostanio
1987 Cómo duele callar Cristina Cisneros
1988 Amor en silencio Aurora
1989 Mi segunda madre Leticia
1990 Yo compro esa mujer Efigenia
Mi pequeña Soledad
1991 Cadenas de amargura Sofía Gastelum Fernández
Papá soltero Episódio: "Tomalo con calma"
Vida robada Leticia Avelar/ Verónica Almeida
1993 Videoteatros: Véngan corriendo que les tengo un muerto Vários personagens
Sueño de amor Ana Luisa
1995 La dueña Laura Castro Villarreal
1996 Mujer, casos de la vida real Episódio: "Si Pudiera Amarte"
María Episódio: "Un Problema para Dos"
1997 Alguna vez tendremos alas Rosaura Ontiveros
1998 ¿Qué nos pasa? Juana
El privilegio de amar Tamara de la Colina
Mujer, casos de la vida real Vida Episódio: "Mariposa Negra"
1999 Episódio: "Bajas pasiones"
2000 La casa en la playa Paulina Villarreal de Rojo
Mi destino eres tú Amara Trujillo
2003 Velo de novia Raquela Villaseñor Del Moral
2004 La hora pico Loida Episódio: "1 de julho de 2004"
2005 Peregrina Abigaíl Osorio
2007 S.O.S.: Sexo y otros Secretos Laura Episódio: "Sexo y más secretos"
Episódio: "Amigas por siempre"
¿Y ahora qué hago? Cynthia Episódio: "Donde está Adal?"
Palabra de mujer Delia Ibarra
2008 La rosa de Guadalupe Elisa Episódio: "A la orilla del cielo"
2009 Atrévete a soñar Bianca Peña Brizzi Vda. de Rincón
2010 Locas de amor Doctora Ayala
Mujeres asesinas Luz Mercedes Episódio: "Luz, Arrolladora"
Teresa Juana Godoy de González
2012 Por ella soy Eva Amante de João Carlos Episódios: "20 de fevereiro-27 de março de 2012"
Cachito de cielo Adela Silva de Salazar (Pachi)
2013 De que te quiero, te quiero Carmen Garcia Pabuena
2014 La sombra del pasado Prudencia Mendoza de Zapata
2016 Vino el amor Marta Estrada Vda. de Muñoz
2018 Hijas de la luna Leonora Ruíz de Oropeza
2019 El dragón Dora Perdomo Vda. de Garza
2020 Médicos, línea de vida Carmen García Episódios: "30 de janeiro-10 de março"
Como tu no hay dos Socorro Barbosa de Orozco

CinemaEditar

  • Desnudos (2004).... Berta
  • Ladies' Night (2003).... Victima
  • La paloma de Marsella (1999)
  • El amor de tu vida S.A. (1996).... Eugenia
  • Morena (1995).... María
  • Asalto (1991).... Elena
  • Ellos trajeron la violencia (1990)

TeatroEditar

  • Los Monólogos de la Vagina (2001)
  • Rosa de Dos Aromas (2000)
  • Entre Pancho Villa y Una Mujer Desnuda (2000)
  • Ellos trajeron violencia (1998)
  • El viejo de la condesa (1995)
  • Jucio suspendido (1994)
  • La desconfianza (1992)
  • Cirano de Bergerac (1991)
  • Don Juan Tenorio (1990)
  • Romeo y Julieta (1988)
  • Aladino y la lampara maravillosa (1988)
  • Tamara (1987)

Prêmios e IndicaçõesEditar

Ano Festival Categoria Nomeações Resultado
1988 Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Juvenil
Como duele callar
Indicada
1990 Prêmio las Palmas de Oro Melhor Atriz Revelação
La desconfianza
Venceu
1991 Troféu Estrellas de Plata melhor atriz vilã
Cadenas de amargura
Venceu
1992 Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Antagônica Venceu
Troféu Estrella de Plata Melhor atriz coadjuvante
La desconfianza
Venceu
1993 UCCT Award Melhor atriz coadjuvante Venceu
1995 Premio de la Agrupación de Periodistas Teatrales de México (APT) Melhor atriz nova
Juicio suspendido
Venceu
Prêmio El Heraldo de México Melhor atriz nova em filme
El amor de tu vida, S.A.
Venceu
Prêmio Las Palmas de Oro Melhor atriz vilã
La dueña
Venceu
Troféu Estrella de Plata Melhor atriz vilã Venceu
Amistad Award Melhor atriz Venceu
1996 Prêmio ACE de Nova York Melhor Co-Atuação Feminina Venceu
Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Antagônica Indicada
Framingo Award Melhor Atriz Venceu
Troféu ACCA Award Atriz Favorita Venceu
1998 Prêmio TVyNovelas Melhor Vilã
Alguna vez tendremos alas
Indicada
Prêmio ACE de Nova York [2] Melhor Atriz de Televisão Venceu
1999 Prêmio TVyNovelas Colômbia Melhor Atriz Venceu
Prêmio ACE de Nova York Melhor atriz de filme
El amor de tu vida, S.A.
Venceu
Prêmio Gran Águila Melhor atriz
El privilegio de amar
Venceu
Prêmio El Heraldo de México Melhor Atriz Antagonista Venceu
Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Antagônica Venceu
Estrella Awards Melhor atriz Venceu
Mara Awards Melhor atriz Venceu
Prêmios Bravo Melhor atriz vilã Venceu
Troféu Quetzal Awards Melhor atriz vilã Venceu
Prêmio El Sol de Oro Melhor atriz Venceu
Prêmio Las Palmas de Oro Melhor antagonista Venceu
2000 Prêmios ACE de Nova York Melhor Atriz em Telenovela
La casa en la playa
Venceu
Troféu El Sol de Oro Melhor Atriz
Rosa de dos aromas
Venceu
Las Palmas de Oro Melhor Atriz Venceu
2004 Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Antagônica
Velo de novia
Indicada
2006 Prêmio TVyNovelas Melhor Vilã
Peregrina
Indicada
2009 Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Antagônica
Palabra de mujer
Indicada
2010 Prêmio TVyNovelas Melhor Vilã
Atrévete a soñar
Indicada
2014 Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Co-Estelar
De que te quiero, te quiero
Venceu
Melhor Primeira Atriz Indicada
2016 Prêmio TVyNovelas Melhor Primeira Atriz
La sombra del pasado
Indicada
Prêmios TV Adicto Golden Awards 2016[3] Melhor Atriz em Papel Secundário
Vino el amor
Venceu
2017 Prêmio TVyNovelas Melhor Primeira Atriz Indicada
2019 Prêmio TVyNovelas Melhor Primeira Atriz
Hijas de la luna
Indicada
Prêmios TV Adicto Golden Awards 2018[4] Melhor Atriz em Papel Secundário Venceu

Referências

Ligações externasEditar