Abrir menu principal

Dúzia é uma coleção de doze. Há várias explicações para agrupamentos em doze, como a contagem sumérica, a conveniência de múltiplos e divisores e a observação da natureza. São doze os ciclos lunares durante um ano solar. Dúzia na linguagem popular também pode ser usada como expressão para uma quantidade indeterminada.

HistóriaEditar

Dúzia era uma das bases numéricas da civilização sumérica, que possuía as bases doze e sessenta. Os sumérios, embora não tivessem um sistema numérico baseado em como os algarismos arábicos (sistema de base decimal), faziam a contagem dos seres utilizando-se dos dedos das mãos. Embora sejam dez os dedos das mãos, o polegar não era utilizado na contagem, mas sim para a contagem: Cada vez que um contador avistava uma posse, ele marcava sua quantidade com o polegar avançando por cada falange de cada dedo da mão, alcançando então doze quando completasse a contagem com uma mão; sempre que a mão direita completasse doze, o contador usava o polegar da mão esquerda para contar quantas vezes a mão direita havia sido preenchida. Os cinco dedos da mão esquerda mais as doze falanges da mão direita significavam então sessenta seres contados.

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre matemática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.