Abrir menu principal

António José da Rocha Couto

(Redirecionado de D. António da Rocha Couto)
António José da Rocha Couto
Bispo da Igreja Católica
Bispo de Lamego
Hierarquia
Papa Francisco
Arcebispo metropolita Jorge Ferreira da Costa Ortiga
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Lamego
Nomeação 19 de novembro de 2011
Entrada solene 29 de janeiro de 2012
(7 anos e 293 dias)
Predecessor Jacinto Tomás de Carvalho Botelho
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 3 de dezembro de 1980
Nomeação episcopal 6 de julho de 2007
Ordenação episcopal 23 de setembro de 2007
Cucujães
por Jorge Ferreira da Costa Ortiga
Lema episcopal Vejo um ramo de amendoeira
Brasão episcopal
Coat of arms of Antonio Jose da Rocha Couto.svg
Dados pessoais
Nascimento Vila Boa do Bispo
18 de abril de 1952 (67 anos)
Nacionalidade português
Habilitação académica - Licenciatura em Teologia Bíblica (1986) e Doutoramento em Teologia Bíblica (1989) pela Pontifícia Universidade Urbaniana
Funções exercidas Bispo-auxiliar de Braga (2007-2011)
Títulos anteriores Bispo Titular de Azura (2007-2011)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

António José da Rocha Couto, S.M.P. (Vila Boa do Bispo, Marco de Canaveses, 18 de Abril de 1952) é um bispo português, actualmente bispo da Diocese de Lamego.

BiografiaEditar

Natural da Diocese do Porto, entrou no Seminário de Tomar a 2 de Outubro de 1963, da Sociedade Portuguesa das Missões Ultramarinas, hoje Sociedade Missionária da Boa Nova. Foi ordenado em Cucujães, em 3 de Dezembro de 1980.

Os primeiros anos de sacerdócio foram vividos no Seminário de Tomar, acompanhando os alunos do 11.º e 12.º anos. No ano lectivo de 1981-1982 foi Professor de Religião e Moral Católica na Escola de Santa Maria do Olival, em Tomar. Em 1982 fez o curso de Capelães Militares, na Academia Militar, e foi nomeado capelão militar do Batalhão de Serviço de Material, do Entroncamento, e, pouco depois, também da Escola Prática de Engenharia, de Tancos.

Transferiu-se depois para Roma, para a Pontifícia Universidade Urbaniana, onde, em 1986, obteve a licenciatura canónica em Teologia Bíblica. Na mesma Universidade obteve, em 1989, o respectivo Doutoramento, depois da permanência de cerca de um ano em Jerusalém, no Studium Biblicum Franciscanum.

No ano lectivo de 1989-1990 foi professor de Sagrada Escritura no Seminário Maior de Luanda. Regressou então a Portugal, e foi colocado no Seminário da Boa Nova, de Valadares, com o encargo da formação dos estudantes de teologia. É professor da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, núcleo do Porto, desde o ano lectivo de 1990-1991.

De 1996 a 2002 foi Reitor do Seminário do Seminário da Boa Nova, de Valadares. Foi também Vigário Geral da Sociedade Missionária da Boa Nova de 1999 a 2002, ano em que foi eleito Superior Geral da mesma Sociedade Missionária da Boa Nova. Em 2004, foi nomeado pelo Papa João Paulo II membro da Congregação para a Evangelização dos Povos.

Recebeu a nomeação episcopal a 6 de Julho de 2007. A ordenação episcopal decorreu a 23 de Setembro de 2007 em Cucujães e foi realizada por D. Jorge Ortiga, D. Manuel Clemente e D. António Marto. Para além de bispo-auxiliar da Arquidiocese de Braga, também foi nomeado bispo-titular da Diocese de Azura.[1] O seu lema episcopal é: "Vejo um ramo de amendoeira" (Jer 1,11)

D. António Couto é colaborador do Programa Ecclesia (RTP2), da Igreja Católica, tendo colaborado regularmente desde 2003, na sua qualidade de biblista. É autor de vários livros e autor de inúmeros artigos em enciclopédias, colectâneas e revistas.

Foi nomeado Bispo de Lamego a 19 de Novembro de 2011 pelo Papa Bento XVI, substituindo D. Jacinto Botelho no governo da diocese, por este ter atingido o limite de idade imposto pelo Código de Direito Canónico.

Entrou solenemente nesta diocese a 29 de Janeiro de 2012 como D. António (VI) José da Rocha Couto.


Precedido por
Edward Dajczak
 
Bispo-titular de Azura

20072011
Sucedido por
Gaétan Proulx
Precedido por
Jacinto Tomás de Carvalho Botelho
 
Bispo de Lamego

2011presente
Sucedido por
(incumbente)

Ligações ExternasEditar

Referências

  Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.