Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas de mesmo nome, veja Dalmácio.
Flávio Dalmácio
Nacionalidade
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Império Romano
Ocupação Oficial

Flávio Dalmácio (em latim: Flavius Dalmatius; m. maio de 337), também chamado Dalmácio, o Censor, foi um oficial romano do século III, ativo no reinado do imperador Constantino (r. 306–337).

Índice

VidaEditar

Dalmácio era filho de Constâncio Cloro e Flávia Maximiana Teodora e o mais velho meio-irmão do Constantino;[1] os outros irmãos eram Júlio Constâncio e Hanibaliano. Casou-se com uma mulher incerta e com ela teve 2 filhos, Dalmácio que torna-se césar e Hanibaliano que torna-se rei e desposou a filha mais velha de Constantino, Constantina.[2][3] Viveu algum tempo em Tolosa, na Gália,[4] onde talvez seus filhos nasceram. Em 321, foi destinatário da lei XII.17.1 preservada no Código de Teodósio (uma lei sobre isenções do tributo pessoal).[5]

Em 333, foi feito censor e cônsul anterior com Domício Zenófilo.[5] Em Antioquia, quando talvez era comandante no Oriente, investigou acusação de assassinato contra Atanásio de Alexandria. Em 333/334, derrotou a revolta do usurpador Calócero no Chipre, tendo executado-o em Tarso, na Cilícia[6] Em 335, utilizando de seu exército, salvou Atanásio de seus inimigos no Concílio de Tiro. Em 337, ele ou seu filho recebeu a lei V.17.7 do Código de Justiniano (sobre recasamento de mulheres de soldados).[3] Foi assassinado em maio nos expurgos imperiais ocorridos em Constantinopla.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Seeck 1901, p. 2455.
  2. a b DiMario 1997.
  3. a b Martindale 1971, p. 240.
  4. Ausônio século IV, p. XVII.8-11.
  5. a b Drijvers 1992, p. 53.
  6. DiMaio 1996.

BibliografiaEditar

  • Drijvers, Jan Willem (1992). Helena Augusta: The Mother of Constantine the Great and the Legend of Her Finding of the True Cross. Leida: BRILL. ISBN 9789004094352 
  • Martindale, J. R.; Jones, Arnold Hugh Martin; Morris, John (1971). «Fl. Dalmatius 6». The prosopography of the later Roman Empire - Vol. I AD 260-395. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press 
  • Seeck, Otto (1901). Paulys Realencyclopädie der classischen Altertumswissenschaft. Estugarda: Metzler