Daniel Felipe Martínez

ciclista colombiano


Daniel Felipe Martínez Poveda (Bogotá, Cundinamarca, 25 de abril de 1996) é um ciclista profissional colombiano que compete na modalidade de estrada. Atualmente corre para a equipa britânica Ineos Grenadiers de categoria UCI WorldTeam.

Daniel Martínez
Informação pessoal
Nome nativo Daniel Felipe Martínez Poveda
Nascimento 25 de abril de 1996 (27 anos)
Bogotá, Cundinamarca
Estatura 174 cm
Cidadania  Colômbia
Ocupação ciclista desportivo (en)
Informação equipa
Equipa atual Ineos Grenadiers
Desporto ciclismo
Disciplina estrada
Tipo de corredor escalador e contrarrelógio
Equipas amador
2012-2013
2014
Cundinamarca
Centro Mundial de Ciclismo da UCI
Equipas profissionais
2015
2016-2017
2018-2020
2021-
Team Colômbia
Wilier Selle Italia
EF Education First
Ineos Grenadiers
Maiores vitórias
GV - Maillots complementares e etapas:

Tour de France:
1 etapa
Voltas de uma semana:
Critério do Dauphiné (2020)
Campeonatos nacionais:
Campeonato da Colômbia Contrarrelógio Ouro x2 (2019 e 2020)

Estatísticas
Daniel Felipe Martínez no ProCyclingStats

Biografia editar

Nasceu em Bogotá, Cundinamarca, a 25 de abril de 1996 e cresceu no município de Soacha uma zona difícil, complicada, com muita droga, uma desestabilização social à que lhe fez o tire, graças, diz ele, às bases que cimentaram seus pais na família, desde muito jovem trabalhou como ajudante numa loja de Soacha.[1]

Foi muito bom estudante, sempre ocupava os primeiros lugares do curso, o futebol foi seu primeiro amor, mas queria montar em bicicleta, ser um campeão. Desde pequeno sábia que queria ser ciclista. O seu irmão Jeison foi chave para que Daniel chegasse ao ciclismo. Foi quem prestou-lhe a bicicleta para que montasse. Foi uma monareta com a que começou tudo.[2]

Corrida editar

Colômbia (2015) editar

Martínez abandonou na Volta à Catalunha, sua primeira corrida no WorldTour. Terminou 84.º na Volta à Turquia.

Wilier Selle Italia (2016-2017) editar

Participou pela primeira vez numa das Grandes Voltas no ano 2016, participando no Giro d'Italia. Também terminou 57.º no Giro de Lombardia de 2016. Participou no Giro d'Italia uma vez mais no ano 2017, mas abandonou a corrida. Ao final da temporada, terminou quarto no Volta à Turquia de 2017.

EF Education First – Drapac (2018-2020) editar

Iniciou a temporada no Campeonato da Colômbia de Ciclismo em Estrada, onde terminou segundo na contrarrelógio, por trás de Egan Bernal. Passou a terminar quinto na nova corrida colombiana, a Colômbia Oro e Paz. O seu primeiro resultado entre os 10 primeiros em Europa foi na Volta à Catalunha, onde se situou na sétima posição da geral. Participou nas clássicas belgas pela primeira vez em sua carreira, terminando 44.º na Flecha Valona e 61.º na Liège-Bastogne-Liège. Depois correu a Volta à Romandia de 2018 e terminou 12.º. Em julho de 2018 foi nomeado para participar o Tour de France. Em agosto de 2019 foi incluído na equipa para participar na Volta a Espanha.

Em agosto de 2020, em preparação para o Tour de France, ganhou o Critérium Dauphiné.[3] a 11 de setembro do mesmo ano ganhou a sua primeira etapa no Tour.

Ineos Grenadiers (2021-presente) editar

Depois de um 2020 fulgurante, o ciclista colombiano muda de equipa ao Ineos Grenadiers.

Palmarés editar

Resultados em Grandes Voltas e Campeonatos do Mundo editar

Durante sua carreira desportiva tem conseguido os seguintes postos nas Grandes Voltas e nos Campeonatos do Mundo:

Corrida 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021
Giro d'Italia 89.º Ab. 5.º
Tour de France 36.º 28.º
Volta a Espanha 41.º Ab.
  Mundial em Estrada Ab. 29.º 31.º
  Mundial Contrarrelógio 30.º 18.º

—: não participa
Ab.: abandono

Equipas editar

Referências

Ligações externas editar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Daniel Felipe Martínez