Danny Drinkwater

futebolista britânico

Daniel "Danny" Noel Drinkwater (Manchester, 5 de março de 1990) é um futebolista inglês que atua como volante. Atualmente está sem clube.[1]

Danny Drinkwater
Danny Drinkwater
Drinkwater treinando pelo Chelsea em 2017
Informações pessoais
Nome completo Daniel Noel Drinkwater
Data de nasc. 5 de março de 1990 (32 anos)
Local de nasc. Manchester, Reino Unido
Nacionalidade inglês
Altura 1,78 m
destro
Informações profissionais
Clube atual sem clube
Posição volante
Clubes de juventude
2006–2009 Manchester United
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2009–2012
2009–2010
2010–2011
2011
2011–2012
2012–2017
2017–2022
2019–2020
2020
2021
2021–2022
Manchester United
Huddersfield Town (emp.)
Cardiff City (emp.)
Watford (emp.)
Barnsley (emp.)
Leicester City
Chelsea
Burnley (emp.)
Aston Villa (emp.)
Kasımpaşa (emp.)
Reading (emp.)
00000 0000(0)
00037 0000(2)
00012 0000(0)
00012 0000(0)
00018 0000(1)
00215 000(14)
00023 0000(1)
00002 0000(0)
00004 0000(0)
00011 0000(0)
00034 0000(1)
Seleção nacional3
2007–2008
2008–2009
2016
Inglaterra Sub-18
Inglaterra Sub-19
Inglaterra
00002 0000(1)
00014 0000(1)
00003 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 30 de abril de 2022.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 27 de maio de 2016.

Formado nas categorias de base do Manchester United, não chegou a atuar pelos Diabos Vermelhos e foi emprestado a vários clubes, como: Huddersfield Town, Cardiff City, Watford, Barnsley e Aston Villa. No entanto, foi no Leicester que ganhou destaque, ao fazer parte do time que conquistou a Premier League de 2015–16.[2]

CarreiraEditar

Manchester UnitedEditar

Nascido em Manchester, Danny juntou-se à academia dos Diabos Vermelhos aos 9 anos de idade, progredindo até ganhar um contrato de trainee em julho de 2006. Em sua primeira temporada pelo clube, se tornou um jogador constante no time sub-18, jogando 27 vezes com dois gols marcados.

No fim da temporada, Drinkwater foi chamado para o time principal do United para um jogo contra o Hull City, no dia 24 de maio de 2009. O volante foi relacionado pelo técnico Alex Ferguson e apareceu como opção no banco de reservas, mas acabou não atuando na partida.[3]

EmpréstimosEditar

Para ganhar experiência, foi emprestado ao Huddersfield Town no dia 14 de agosto de 2009, assinando até o final da temporada.[4] Ele estreou no dia seguinte, entrando aos 72 minutos para o lugar de Gary Roberts na vitória de 3 a 1 em casa contra o Southampton.[5] Marcou seu primeiro gol pelo clube três dias depois, na goleada de 7 a 1 em casa sobre o Brighton & Hove Albion, cinco minutos após a sua entrada aos 64 minutos.[6] Sua primeira partida como titular foi na derrota de 1 a 0 para o Bristol Rivers, no dia 22 de agosto.

O volante foi emprestado novamente no dia 8 de julho de 2010, dessa vez ao Cardiff City. Estreou dois dias depois, em um empate em casa por 1 a 1 contra o Sheffield United.[7]

Apesar de seu empréstimo estender por toda a temporada, o Manchester United chamou-o de volta do Cardiff City no dia 25 de janeiro de 2011. Neste ínterim, fizera 12 aparições pelo time galês, incluindo nove na Championship.[8]

Assim que retornou, foi emprestado ao Watford no dia 28 de janeiro de 2011, assinando com os Hornets até o fim da temporada.[9]

Drinkwater acabou sendo emprestado novamente no dia 23 de agosto, dessa vez para o Barnsley. Inicialmente o seu contrato seria até 2 de janeiro de 2012, mas as boas atuações fizeram o vínculo ser estendido até o dia 30 de junho.[10] Ele fez 17 aparições na Championship pelos Tykes, marcando na derrota por 5 a 3 para seu antigo time, o Cardiff, no dia 22 de outubro. [11]

LeicesterEditar

Sem clube após ter deixado o Manchester United, foi contratado em definitivo pelo Leicester no dia 20 de janeiro de 2012.

Após ser nomeado o Jogador do Mês da Championship em dezembro de 2013,[12] foi um dos três jogadores que receberam a nomeação de Jogador do Ano.[13] Esse foi o ano em que mais teve sucesso, marcando sete gols e sendo indicado para o time do campeonato junto com seus companheiros Kasper Schmeichel e Wes Morgan, já que as Raposas foram campeãs e promovidas à Premier League. No dia 17 de junho de 2014, renovou seu contrato com o clube por mais quatro anos.

Na campanha do título da Premier League de 2015–16, Drinkwater teve como companhia no meio-campo o francês N'Golo Kanté, o argelino Riyad Mahrez e o inglês Marc Albrighton.[14] O volante inglês marcou dois gols: um na vitória contra o Stoke City, no King Power Stadium, e o outro contra o Chelsea em um chute de média distância, decretando o empate entre as equipes por 1 a 1.

Na temporada 2016–17, marcou um dos gols na vitória por 3 a 1 sobre o Liverpool.[15]

ChelseaEditar

Após longas especulações, Drinkwater foi anunciado como reforço do Chelsea no dia 31 de agosto de 2017. O volante assinou um contrato de cinco anos, por uma taxa de 35 milhões de libras.[16] Por causa de uma lesão séria que o tirou dos gramados por um tempo, estreou pelo clube londrino somente no dia 25 de outubro, nas oitavas de final da Copa ELF, contra o Everton.[17] No dia 30 de dezembro, marcou um gol de voleio na vitória de 5 a 0 sobre o Stoke City.[18] Teve 22 aparições em sua primeira temporada pelo clube londrino, sendo quatro delas na Copa da Inglaterra.[19]

BurnleyEditar

Sem espaço no Chelsea, foi emprestado ao Burnley no dia 8 de agosto de 2019.[20]

Aston VillaEditar

Após ter jogado somente dois jogos enquanto emprestado ao Burnley, Drinkwater foi anunciado pelo Aston Villa no dia 7 de janeiro de 2020, chegando também por empréstimo.[21]

KasımpaşaEditar

Em 18 de janeiro de 2021, foi emprestado mais uma vez, dessa vez para Kasımpaşa, da Turquia, até o final da temporada.[22]

ControvérsiaEditar

No dia 2 de setembro de 2019, Drinkwater se envolveu em uma briga séria, enquanto estava emprestado ao Burnley pelo Chelsea. Drinkwater acabou sendo espancado por um grupo de seis pessoas no Chinawhite club, em um bar da cidade de Manchester. Segundo o jornal The Sun, a confusão ocorreu depois que Danny Drinkwater flertou e tentou sair com a mulher de Kgosi Ntlhe, jogador do modesto Scunthorpe United, que também estava no local, acompanhado de cinco amigos também.[23][24]

Relatos dizem que Drinkwater "tentou insistentemente" sair com a mulher de Ntlhe. "Ele não a ia deixar em paz", afirmou uma fonte ao jornal. Essa mesma fonte afirmou que o jogador teria dito "Eu não me importo, cara. Ela irá para casa comigo".[24] Em imagens divulgadas pelo jornal e também após um vídeo da confusão vazar nas redes sociais, Drinkwater aparece se agarrando com o Ntlhe durante a briga, até o momento em que Drinkwater acerta uma cabeçada nele.[24]

Após a confusão dentro do bar, os seguranças tiraram os envolvidos do local e, na rua, as coisas pioraram. "Acertaram ele com um objeto no rosto e no corpo. Estavam batendo muito nele e pulando em sua perna, tentando quebrá-la", relatou uma testemunha.[24] " Sabiam que ele era uma estrela da Premier League. Foi muito desagradável, tinha sangue para todos os lados", afirmou uma outra fonte ao jornal inglês.[24] Na semana anterior ao fato, após a derrota do Burnley diante do Liverpool por 3 a 0, ambos os times responsáveis por Drinkwater (Chelsea e o próprio Burnley) afirmaram que o jogador havia tido uma "lesão misteriosa" no tornozelo.[25][24] O atleta teve uma lesão séria nos ligamentos do tornozelo, fazendo com que ele fique fora dos gramados por um mês. Além disso, Drinkwater ficou com um olho roxo, testa inchada, ombros e braços machucados e uma bochecha cortada.[25][24] "Danny está absolutamente humilhado agora e sabe que não pode mais se colocar em uma posição que essas coisas acontecem, independentemente de quem é o culpado", afirmou um amigo do jogador do Chelsea ao The Sun.[24]

TítulosEditar

Leicester
Chelsea

Prêmios individuaisEditar

  • Equipe do ano da Championship: 2013–14[26]
  • Jogador do mês da Championship: dezembro de 2013[27]
  • Jogador da temporada do Leicester: 2013–14[28]
  • Gol mais bonito da temporada do Leicester: 2013–14

Referências

  1. Felipe Portes (28 de maio de 2022). «Drinkwater deixa o Chelsea e faz o sincerão em texto de despedida do clube». Trivela. Consultado em 5 de novembro de 2022 
  2. Leonardo Ferreira (2 de maio de 2018). «Leicester fez 'conto de fadas' virar realidade e foi campeão inglês há exatos 2 anos; sabe onde estão os jogadores?». ESPN Brasil. Consultado em 5 de novembro de 2022 
  3. «Hull 0-1 Man Utd». BBC. 24 de maio de 2009 
  4. «Drinkwater moves to Huddersfield». BBC. 14 de agosto de 2009 
  5. «Huddersfield 3-1 Southampton». BBC. 15 de agosto de 2009 
  6. «Huddersfield 7-1 Brighton». BBC. 18 de agosto de 2009 
  7. «Cardiff City 1-1 Sheffield United». BBC. 8 de agosto de 2010 
  8. «Drinkwater ends Cardiff loan stay». BBC. 25 de janeiro de 2011 
  9. «Watford sign Manchester United midfielder Drinkwater» (em inglês). BBC Sport. 28 de janeiro de 2011. Consultado em 5 de novembro de 2022 
  10. «Drinkwater joins Barnsley on loan - Official Manchester United Website». www.manutd.com. Consultado em 8 de julho de 2016 
  11. «Cardiff 5-3 Barnsley». BBC Sport. Consultado em 8 de julho de 2016 
  12. «Drinkwater Wins Player Of The Month». www.lcfc.com. Consultado em 8 de julho de 2016 
  13. «Football League Awards: Danny Ings named Player of the Year». BBC Sport. Consultado em 8 de julho de 2016 
  14. André Donke e Henrique Munhos (3 de maio de 2016). «Quem é quem: 11 personagens que marcaram o título histórico e improvável do Leicester». ESPN Brasil. Consultado em 5 de novembro de 2022 
  15. «Daniel Drinkwater | Football Stats | Leicester City | Season 2016/2017 | Soccer Base». www.soccerbase.com. Consultado em 17 de junho de 2017 
  16. «Drinkwater deixa o Leicester e assina por cinco temporadas com o Chelsea». GloboEsporte.com. 31 de agosto de 2017. Consultado em 5 de novembro de 2022 
  17. «Chelsea analisa a estreia de drinkwater». Evening Standard. 26 de outubro de 2017 
  18. «Willian shines as Chelsea crush Stoke». SBS News (em inglês) 
  19. Deniran-Alleyne, Tashan (19 de maio de 2018). «Ampadu, Drinkwater, Luiz - latest Chelsea injury news and return dates». footballlondon 
  20. «OFICIAL: Chelsea empresta Drinkwater ao Burnley». Maisfutebol. 8 de agosto de 2019. Consultado em 5 de novembro de 2022 
  21. «Chelsea empresta meia Drinkwater ao Aston Villa». UOL. 7 de janeiro de 2020. Consultado em 5 de novembro de 2022 
  22. «Danny Drinkwater é emprestado ao Kasimpasa da Turquia». OneFootball. 18 de janeiro de 2021. Consultado em 5 de novembro de 2022 
  23. Blade, Archie (8 de setembro de 2019). «Danny Drinkwater beaten by 6 thugs after trying to bed the girlfriend of Kgosi Ntlhe». The SportsRush (em inglês). Consultado em 29 de março de 2021 
  24. a b c d e f g h «England ace Drinkwater battered after trying to bed fellow player's girl». The Sun (em inglês). 10 de setembro de 2019. Consultado em 29 de março de 2021 
  25. a b «Vídeo mostra jogador do Chelsea dando cabeçada antes de ser espancado em bar». iG. 20 de setembro de 2019. Consultado em 5 de novembro de 2022 
  26. «Leicester City trio make the PFA Championship Team of the Year». 27 de abril de 2014. Consultado em 8 de julho de 2016. Arquivado do original em 30 de abril de 2014 
  27. «Latest Sky Bet Championship News». www.football-league.co.uk. Consultado em 8 de julho de 2016. Arquivado do original em 10 de janeiro de 2014 
  28. «Drinkwater Named Player of the Year». www.lcfc.com. Consultado em 8 de julho de 2016 

Ligações externasEditar