Abrir menu principal

Wikipédia β

Darío Letona

Darío Letona Vera[4], mais conhecido como Darío Letona (Arequipa, 11 de outubro de 1903Dados relativos à data e local de falecimento indisponíveis), foi um treinador peruano.

Darío Letona
Informações pessoais
Nome completo Darío Letona Vera
Data de nasc. 11 de outubro de 1903
Local de nasc. Arequipa,  Peru
Nacionalidade  Peruano
Falecido em Dados indisponíveis
Local da morte Dados indisponíveis, Flag of None.svg Dados indisponíveis
Informações profissionais
Posição ex-Treinador
Times/Equipas que treinou
1940–1941

1943
1943
1943
1944
1946
1947
1948
1954



Brasil Santos
Brasil Portuguesa Santista (boxe)
Brasil Coritiba
Brasil Guarani[1]
Brasil Figueirense
Brasil Internacional
Brasil Internacional
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Vitória[2]
Brasil Noroeste[3]
Brasil Comercial de Criciúma
Brasil Força e Luz-RS
Brasil Operário-PR
Brasil Pelotas

CarreiraEditar

Darío Letona surgiu em Santos na década de 1930, apresentando-se como professor de ginástica e preparador físico, formado pela Escola Militar de Chorrillos, em Lima, no Peru.

Foi contratado por diversos clubes da cidade. No Tênis Clube de Santos, organizou o primeiro campeonato permanente de natação e ministrou aulas para associados até 1941.

Na Associação Atlética dos Portuários de Santos e na Portuguesa Santista, trabalhou na preparação e treinamento de pugilistas amadores. No Santos, chegou a ser treinador de futebol de 1940 a 1941.

Em 1942, formou-se na Escola Superior de Educação Física de São Paulo (atual USP) com o Curso Especializado de Futebol e Tênis, sendo já formado pela Escola Militar de Chorrillos com o Curso de Esportes e Massagens. Além de tudo isso e de ter sido treinador, Darío Letona foi também professor de esgrima, tênis, natação e boxe. Exerceu também o cargo de professor de Educação Física do Ginásio Municipal de Barretos, no Interior de São Paulo.

Também treinou diversos times de futebol pelo Brasil: Guarani, Internacional, Atlético Mineiro e Vitória, dentre várias outras equipes de menor expressão.

Escreveu um livro sobre técnicas e táticas do futebol[5], mostrando, por exemplo, o arremesso lateral direto para o gol, e defendia ter sido o criador do esquema 4-2-4. Em Porto Alegre, foi também técnico de natação do Grêmio Náutico União, tendo uma academia de cultura física na capital gaúcha.

Referências

  1. «Guarani Futebol Clube: Técnicos». JogosDoGuarani.com. Consultado em 17 de março de 2015 
  2. COSTA, Jorge (15 de janeiro de 2010) A Súmula do Internauta (em português). SóSúmulas.com (blog). Visitado em 17 de março de 2015.
  3. DE BRITO, Leonardo (23 de março de 2010). «Em Confiança». JCNet.com. Consultado em 2 de dezembro de 2014‎  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. «Ruy Carlos Ostermann: Engenharia de viagem». ZeroHora.com. 20 de setembro de 2008. Consultado em 7 de outubro de 2013 
  5. Letona, Darío (1960). Técnica e Tática de Foot - Ball. [S.l.: s.n.] 68 páginas. Consultado em 8 de outubro de 2013 

Ligações externasEditar

  • DARIO LETONA Vera (em português). OCantoDoGalo.com (blog). Visitado em 1 de fevereiro de 2014.
  • Técnico peruano dirigiu o Figueirense (em português). BlogDoRobertoLuizDosSantosVieira.com (blog). Visitado em 1 de fevereiro de 2014.
Precedido por
Bilu
Técnico do Santos
1940–1941
Sucedido por
José Castelli
Precedido por
Técnico do Coritiba
1943
Sucedido por
Precedido por
Irajá Gomide
Técnico do Figueirense
1943
Sucedido por
Carlos Ariza
Precedido por
Orlando Cavedini
Abelard Jacques Noronha
Técnico do Internacional
1944
1946
Sucedido por
Orlando Cavedini
Carlos Volante
Precedido por
Rui Carneiro
Técnico do Vitória
1948
Sucedido por
Dante Bianchi
  Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.